Como devo usar a fita cinesiológica?

8 de maio de 2019
A fita cinesiológica é uma das ferramentas mais eficazes para tratar lesões e aliviar o desconforto ao fazer um esporte. Você já sabe do que se trata e quais são as suas vantagens?

Talvez você já tenha visto atletas olímpicos ou profissionais usarem uma espécie de fita colorida em diferentes partes do corpo durante as competições. É a chamada fita cinesiológica ou bandagem neuromuscular, e ela tem muitos benefícios. Saiba mais sobre ela neste artigo!

O que é a fita cinesiológica

Também conhecido como ‘kinesio tape’, este é um método que proporciona estabilidade às articulações ou músculos lesionados ou vulneráveis a dores e contraturas. A fita cinesiológica geralmente é utilizada na manutenção preventiva de lesões, bem como para o tratamento de doenças e para reduzir dores e edemas.

O kinesio tape é um método que vem sendo utilizado há vários anos no campo esportivo profissional. No entanto, só se tornou famoso durante as Olimpíadas de Pequim em 2008, quando vários atletas apareceram com fitas coloridas nos braços, ombros, joelhos ou pulsos.

A bandagem deve ser colocada por um médico especializado em cinesiologia. Muitas vezes este é o mesmo profissional que cuida do atleta, além de fisioterapeutas ou quiropraxistas.

Onde é colocada

A fita cinesiológica é aplicada às áreas afetadas do corpo, começando em um extremo do músculo e sendo levada até a posição mais distante através de uma tensão.

Esse tipo de fita é colocada sobre a pele e cria um pequeno espaço entre a derme e o músculo, o que permite que o fluxo sanguíneo melhore, promovendo assim o processo de cicatrização de uma lesão.

A bandagem neuromuscular chama a atenção por suas cores marcantes, escolhidas apenas por estética. O restante da fita é igual às outras: ela é feita com fibras de algodão, permite a transpiração e possui adesivo acrílico para se prender à pele, que é ativado pelo calor do corpo.

Uma das principais características da fita cinesiológica é que ela pode ser esticada até 140% do seu comprimento normal.

benefícios da fita cinesiológica

Fundamentos

Este método é baseado em antigas técnicas de bandagem neuromuscular, através das quais se afirma que os tecidos funcionam melhor quando há menos fadiga ou tensão na área. Portanto maior fluidez e menor pressão trazem como resultado menos desconforto e melhores movimentos.

Não se trata, embora seja possível acreditar nisso, de um método ilegal para ter uma vantagem sobre os adversários. Por esta razão, o seu uso é permitido em competições nacionais e internacionais, incluindo os Jogos Olímpicos ou as copas do mundo das diferentes modalidades.

A maioria dos atletas que usa fitas cinesiológicas faz isso para evitar lesões repetitivas, para não sentir dor em uma contratura antiga ou então para se recuperar mais rapidamente. Portanto, ela não é usada quando não há um motivo, apenas para criar uma movimentação melhor da articulação.

Quais são os benefícios da fita cinesiológica?

Por levar em conta a capacidade regenerativa do corpo humano, a fita cinesiológica está sendo cada vez mais utilizada pelos atletas profissionais. Além disso, esse tipo de bandagem permite a ativação dos sistemas neurológico e circulatório.

Os músculos podem controlar muitos processos, não apenas os movimentos simples do corpo humano. Eles também cuidam da circulação dos fluxos venosos e linfáticos, do equilíbrio da temperatura e muito mais.

Outro benefício da fita cinesiológica é o de tratar a dor muscular, porque ela alivia a pressão sobre os nervos. Quando eles estão muito comprimidos, os impulsos que são enviados para o cérebro são de dor e desconforto. É assim que a sobrecarga é aliviada!

a fita cinesiológica

Como uma fita cinesiológica é colocada?

O kinesio tape está disponível em três formas básicas: I para áreas pequenas ou lineares, Y para músculos grandes e X para músculos grandes e longos.

Primeiramente, elas devem ser um pouco esticadas e a etiqueta deve ser removida. A ideia é que uma das extremidades seja colocada onde o músculo começa e que ela seja esticada até onde se queira relaxar.

A regra afirma que não se deve colocar a fita de um extremo ao outro do músculo, pois isso pode gerar fisgadas ou cãibras.

Uma vez colocada, dura aproximadamente quatro dias e não descola nem com a água nem com o suor. Para remover a fita, ela deve ser retirada no sentido do crescimento dos pelos (previamente raspados), sem puxar.

Como conclusão, podemos dizer que é bom usar a fita cinesiológica quando você está lesionado ou com dores musculares. Ao fazer isso, você verá como você pode treinar sem problemas e ainda acelerar a sua recuperação.