Exercícios com a bola Power Ball para os ombros

· 2 de maio de 2019
Se você precisa fortalecer a musculatura dos ombros, a Power Ball pode ser o acessório ideal para você. Neste artigo mostramos alguns exercícios com estas esferas, ideais para você reabilitar lesões e ganhar resistência nessa área.

A Power Ball ainda é um instrumento pouco conhecido, mas um grande aliado da fisioterapia. Esta bola, do tamanho de uma bola de tênis, baseia-se em princípios físicos elementares para exercitar e recuperar várias partes do corpo. Neste artigo falamos sobre alguns exercícios com Power Ball para os ombros.

Se você está se perguntando o que é uma Power Ball, começaremos com uma pequena introdução sobre este acessório peculiar. Basicamente, é uma esfera de tamanho médio, como uma bola de tênis.

Possui em seu interior um giroscópio; isto é, um elemento interno que gira sobre seu próprio eixo e que opõe-se à força feita pelo usuário.

Funciona assim: quem segura a bola deve girá-la em um mesmo sentido com uma velocidade crescente. Isso fará com que aumente o número de rotações e produzirá um chiado cada vez mais agudo.

Na página de um de seus fabricantes, eles comparam seu funcionamento com cubos de gelo dentro de um copo. Eles esclarecem, no entanto, que a Power Ball quando girada pode exercer até 16 quilos de força.

Para que serve a Power Ball?

Ela é vendida, principalmente, com o objetivo de exercitar os músculos de todo o corpo de forma simples e prática. Sua praticidade é indiscutível: podemos levá-la para qualquer lugar, inclusive para o trabalho.

Os grupos musculares que podemos trabalhar graças a este elemento são:

  • Mãos (pulsos e dedos)
  • Antebraços
  • Bíceps
  • Tríceps
  • Ombros

Outros benefícios oferecidos são uma maior resistência em todas essas partes, assim como maior força e definição. Embora durante seus primeiros usos possa causar incômodo e até mesmo algum desconforto, com seu uso regular o corpo se acostumará à sua exigência e será um exercício excepcional.

Tudo isso, além de beneficiar a prática esportiva em determinadas disciplinas, desempenha um papel fundamental na prevenção de lesões. Entre as mais frequentes que podem ser evitadas estão a síndrome do túnel do carpo e o cotovelo de tenista.

Para que serve a Power Ball?

Exercícios com a Power Ball para os ombros

É possível realizar treinos para os ombros muito eficazes com a Power Ball. A seguir, revisaremos os principais:

Exercício N° 1

Você deve esticar o braço para o lado enquanto começa a ativar a bola. Faça um círculo pequeno ou médio com a Power Ball na mão.

Este exercício, além trabalhar os ombros, também é benéfico para a área cervical e para toda a área da cintura escapular.

É claro que, assim como no resto dos exercícios que descreveremos aqui, o aumento na velocidade de rotação – e, portanto, da exigência – deve ser progressivo.

Cada indivíduo deve perceber o esforço realizado pelo seu corpo ao trabalhar e regulá-lo. Por isso, é dito que os exercícios com a Power Ball para os ombros, assim como para outros músculos, são também uma maneira de estimular a autopercepção.

Exercício N° 2

O segundo exercício com a Power Ball para os ombros que descreveremos é benéfico para trabalhar os extensores do ombro. Por este motivo, será extremamente útil para esportes que precisam do revés, como o tênis ou o pádel.

O exercício é simples: você deve começar a girar a bola com o braço relaxado, como se estivesse parado, com as mãos na altura dos quadris. A medida que a bola pega velocidade, é preciso trazer o braço levemente para trás pouco a pouco. Você deve sentir como o ombro trabalha à medida que o faz.

A exigência não deve ser máxima. Para que você tenha uma ideia de até que ponto levar seu braço, tente fazer com que seu pulso vá além da linha dos seus glúteos. Isso, é claro, não deve ser feito de uma vez: é preciso ser paciente e constante.

Exercício N° 3

Este exercício tem como objetivo fortalecer os rotadores externos e os deltoides. Para realizá-lo, comece a girar a bola com o braço flexionado a 90°; sua mão deve estar voltada para a frente.

Então, à medida que a exigência aumenta, leve o braço para fora sem mover o cotovelo. Você deve sentir o esforço dos músculos ao realizá-lo.

Exercícios com a Power Ball para os ombros

Exercício N° 4

O último exercício da lista consiste em iniciar com o braço em uma posição relaxada. À medida que você começa a girar a Power Ball, e sempre com o braço estendido, leve-a para cima.

A ideia é finalizar o movimento com o braço estendido e a bola girando sobre a cabeça. Depois de alguns segundos nessa posição, retome lentamente a posição inicial.

Por último, em relação à duração dos exercícios no primeiro mês, comece com 3 séries de 30 segundos com 1 minuto de descanso em dias alternados. Na semana seguinte faça o mesmo, mas todos os dias.

Na terceira semana, mude para 3 séries de 60 segundos com 1 minuto de descanso em dias alternados. Na última, volte a fazer diariamente. Desta forma, com aumentos graduais de carga, é possível evitar lesões e favorecer a aquisição da técnica e resistência apropriadas.

  • Salillas, L. G., Vela, A. M. L., & Medina, J. Á. (2014). Preventión de las tendinopatías en el deporte. Archivos de Medicina Del Deporte. Archivos de Medicina del Deporte. https://doi.org/http://dx.doi.org/10.1016/j.electacta.2015.05.023