Ganhe músculo de forma saudável com estes suplementos de proteína

27 de fevereiro de 2019
Um ganho muscular saudável é mais simples do que parece; você só tem que colocar todo o seu esforço em obtê-lo através de treinamento e boa dieta

Os músculos torneados, grandes e fortes são construídos com exercícios. No entanto, podemos ajudar com suplementos de proteína. Desta forma, a melhor escolha são os suplementos de proteína que não causam danos ao corpo, para que dessa forma possamos ganhar músculo de forma saudável e sem inconvenientes.

As proteínas são basicamente moléculas de aminoácidos que nutrem o corpo, elas devem ser ingeridas através dos alimentos, já que nosso corpo não é capaz de produzi-las sozinho.

Elas podem ser obtidas em carnes de origem animal e vegetais como brócolis, espinafre e abacate. Este é um nutriente essencial para as fibras musculares, ligamentos, tendões e órgãos do ser humano.

Atletas consideram a proteína como um elemento muito precioso para manter seu corpo em boas condições para o exercício. E também um grande aliado para ganhar músculo.

Com o tempo, suplementos e proteína em pó foram desenvolvidos para promover o crescimento da massa muscular. No entanto, alguns deles têm efeitos prejudiciais à saúde. Portanto, neste artigo, mostraremos as opções para ganhar músculos de maneira saudável. Continue lendo!

Suplementos de proteína

Pois bem, um suplemento de proteína para o mundo dos esportes é apenas um complemento para a proteína que você já consome diariamente em suas refeições do dia. Isso significa que os suplementos geralmente são ingeridos em momentos estratégicos que beneficiam o treinamento do dia ou da semana.

Homem preparando sua proteína

Existe uma grande variedade de suplementos proteicos: creatina, caseinato, glutamina, entre outros. Não tem problema se você decidir experimentar qualquer um desses suplementos de proteína.

No entanto, a longo prazo, é melhor escolher aqueles que são saudáveis ​​e ao mesmo tempo eficazes. Desta forma, vamos compartilhar as melhores alternativas para aumentar sua massa muscular!

Proteína natural

A primeira opção para aumentar o músculo de forma saudável é consumir proteína natural. Ou seja, aquela que encontramos em alimentos não processados.

A vantagem disso é que você pode ingeri-lo de maneiras diferentes; ao contrário da proteína em pó que só pode ser tomada em líquidos. Além disso, os alimentos ricos em proteínas costumam ter outros nutrientes, como ferro, fibras e várias vitaminas.

Entre os alimentos com alto teor de proteína estão:

  • Abacate
  • Brócolis
  • Espinafre
  • Ovos
  • Amêndoas
  • Sementes de Chia
  • Atum
  • Queijo
  • Iogurte

Estes são alguns dos alimentos mais convenientes para os atletas. Além disso, você pode comê-los facilmente antes de se exercitar e também variar a maneira como você os consome.

Por exemplo, um dia você pode comer chia, iogurte e smoothie de frutas; e no próximo fazer um lanche de abacate com atum. Você é livre para combinar os alimentos como quiser!

Vitaminas

Em qualquer farmácia você pode encontrar suplementos vitamínicos. Eles geralmente são carregados com diferentes vitaminas. Então, o que você deve fazer é obter um que tenha vários nutrientes, incluindo proteína.

Esta é uma das alternativas mais práticas, já que é apenas uma questão de ingerir um comprimido por dia e pronto. Inclusive, é possível nivelar as outras vitaminas que às vezes não podemos consumir nos alimentos, e também fornecer energia para treinar.

Ácidos graxos essenciais

Os ácidos graxos essenciais são necessários para o corpo cumprir e sintetizar as funções básicas do organismo. Eles também são fontes de energia e alguns deles trazem benefícios para o sistema cardiovascular e nervoso.

Agora, existem vários ácidos graxos essenciais que estão incluídos na dieta, no entanto, só alguns são relevantes neste caso:

  • Ômega 3: o ômega 3 melhora a saúde do coração e ajuda a equilibrar os níveis de açúcar no sangue. Além disso, tem ácido eicosapentaenoico, que reduz a inflamação após o exercício, ajuda a manter e fortalecer o músculo de forma saudável.
  • Ômega 6: esse ácido graxo aumenta a queima de gordura, reduz o colesterol e fortalece o sistema imunológico. Também ajuda a desenvolver a membrana muscular e eleva a segregação do hormônio do crescimento.

Ômega 3 e 6 podem ser obtidos em apresentações de pílula ou em xaropes, como óleo de peixe. E da mesma forma em alimentos como nozes, peixe, pistache, sementes de girassol, entre outros. Consumir ômega 3 e 6 também ajudará o desempenho do cérebro, assim você terá melhor concentração e coordenação para se exercitar.

Creatina

A creatina é um suplemento muito eficaz sem repercussões negativas. É uma substância química produzida pelo corpo através de aminoácidos; e basicamente dá energia para os músculos trabalharem.

O uso de creatina é maravilhoso porque também aumenta a força e retarda a produção de ácido lático, para que você possa treinar mais e com menos dor.

Mulher preparando proteína

Existem diferentes maneiras de aumentar a creatina em seu sistema, seja através de alimentos como carne, peixe ou leite ou a partir da sua versão em pó – você pode fazer shakes com ela.

Se você decidir consumir pó de creatina, é necessário que, quando comprá-lo, certifique-se de que ele não contenha outros tipos de suplementos que possam danificar seu corpo.

Ingerir suplementos de proteína saudáveis, além de exercício, garante o crescimento de seus músculos sem qualquer problema. Portanto, não espere mais, escolha a opção que a melhor opção e comece a aumentar seu músculo!

  • Weiss, C. A., & Powers, M. E. (2006). Creatine supplementation does not impair the thermoregulatory response during a bout of exercise in the heat. Journal of Sports Medicine and Physical Fitness46(4), 555–563.
  • Phillips, S. M., & van Loon, L. J. C. (2011). Dietary protein for athletes: From requirements to optimum adaptation. Journal of Sports Sciences29(SUPPL. 1). https://doi.org/10.1080/02640414.2011.619204
  • Atherton, P. J., & Smith, K. (2012, February). Muscle protein synthesis in response to nutrition and exercise. Journal of Physiology. https://doi.org/10.1113/jphysiol.2011.225003
  • Listrat, A., Lebret, B., Louveau, I., Astruc, T., Bonnet, M., Lefaucheur, L., … Bugeon, J. (2016). How muscle structure and composition influence meat and flesh quality. Scientific World Journal. Hindawi Limited. https://doi.org/10.1155/2016/3182746
  • Simopoulos, A. P. (2002, October). The importance of the ratio of omega-6/omega-3 essential fatty acids. Biomedicine and Pharmacotherapy. https://doi.org/10.1016/S0753-3322(02)00253-6
  • Jeromson, S., Gallagher, I. J., Galloway, S. D. R., & Hamilton, D. L. (2015, November 1). Omega-3 fatty acids and skeletal muscle health. Marine Drugs. MDPI AG. https://doi.org/10.3390/md13116977