Shakes de proteína: funcionam? Para que servem?

· 17 de julho de 2018
É comum ver pessoas que frequentam a academia tomarem shakes de proteína após o treinamento. Hoje veremos a real eficácia desse hábito nutricional.

Nossa falta de conhecimento sobre os shakes de proteína pode nos levar rapidamente a relacioná-los a bodybuilders profissionais. A verdade é que sim, eles tomam shakes de proteína, mas não ganham massa muscular só por esse motivo. Este suplemento alimentar serve para muitas coisas!

O que são os shakes de proteína e para que servem?

Os shakes de proteína são suplementos alimentares, ou seja, alimentos em pó, mas que se destacam por seu alto teor de proteína e baixos níveis de gordura. Ao praticar exercícios, o músculo sofre uma série de rupturas e precisa se regenerar. Isso é feito através da proteína.

E quando ele deve ser usado? O que pode nos levar a precisar de shakes de proteína é a ingestão insuficiente de proteínas pela alimentação. Muitas vezes, combinamos exercícios com uma dieta hipocalórica que não atende a nossa necessidade de calorias diárias. Isso pode fazer com que o músculo não se desenvolva ou pode nos levar até a perder músculos.

Shake de proteína puro e já preparado

Estima-se que devemos ingerir cerca de 0,8 gramas de proteína por quilo de peso corporal, mas essa quantidade pode ser pequena se praticarmos esportes e quisermos ganhar massa muscular. Não falamos apenas dos homens que querem definir os músculos, mas também das mulheres que buscam tonificá-los.

Os shakes são excelentes para suprir a ingestão de proteínas que nossa dieta não fornece. Foi demonstrado, além disso, que as bebidas proteicas são muito bem recebidas pelo nosso corpo e se digerem muito mais rápido.

Isso significa que você deva substituir sua alimentação por esses shakes? Longe disso. Eles são apenas um suplemento que irão ajudá-lo a ter a quantidade de proteína que seu corpo requer se você não ingeri-la pela alimentação.

Quando tomar shakes de proteína

Existem dois momentos do dia em que o nosso organismo necessitará de uma dose maior de proteína: ao se levantar-se e após o treino. De manhã, depois de várias horas de descanso e sem comer, o corpo amanhece carente de energia. Obviamente, se você tem uma alimentação saudável, fará a primeira refeição da manhã utilizando pouca gordura e nenhum açúcar, mas uma boa quantidade de proteínas.

Se você é um dos que não tem problemas para tomar o café da manhã e ingerir proteínas como peru, queijo, ovos ou atum, os shakes não serão necessários, mas eles podem ser de grande ajuda para tomar um café da manhã completo para os que têm dificuldade em fazê-lo. Você pode fazer um shake do suplemento com banana, aveia ou ambos.

O outro momento do dia é logo após o treino. Como dissemos anteriormente, os músculos pedirão uma maior quantidade de proteína para se regenerar, de modo que os shakes a fornecerão. Além disso, se você quer perder peso, essas bebidas proteicas também têm efeito saciante e eliminam sua fome após o treinamento.

Se você treina à noite e, portanto, toma o shake à noite, não o tome de manhã, porque a dose será suficiente. Se em algum momento do dia você não tiver muito apetite, pode substituir uma refeição por um desses shakes que lhe darão a energia necessária. Mas isso deve ser feito de maneira pontual e não como uma norma. Não brinque com a sua saúde!

Quais shakes de proteína escolher?

No mercado existem diversas marcas, formas e sabores de shakes. Tudo dependerá dos seus gostos, necessidades e do seu bolso. O mais importante a ter em mente é a quantidade de proteína que lhe fornecerá por dose. Os shakes provenientes do whey são os mais completos, porque podem chegar a 90% de proteína.

Shake de proteína do lado de uma mochila com um tênis de academia

Tenha em mente que você deve tomar um cuidado especial com as gorduras, pois ao fornecer as proteínas basicamente do soro do leite, é possível que os shakes possuam mais gordura do que sua alimentação necessita. Assim como os carboidratos, elas não devem ser superiores a 5%.

Sim, o shakes de proteína podem ajudar, mas não são milagrosos. Não devem ser usados de maneira equivocada, como para fazer uma refeição rápida. Os resultados de tomá-los aparecerão a longo prazo junto aos exercícios físicos e descanso adequados.

Ter um estilo de vida saudável para estar bem por fora, mas especialmente por dentro, é uma questão de frequência, esforço e empenho.