Consumir cafeína traz benefícios para a prática esportiva?

25 de agosto de 2019
Você costuma beber café, chá ou outra bebida com cafeína? As informações a seguir ajudarão você a aprender mais sobre esse elemento e, se necessário, reduzir seu consumo.

A cafeína está geralmente presente em bebidas como café, mate ou bebidas energéticas. Muitos atletas consomem cafeína para melhorar a prática esportiva. No entanto, eles não estão inteiramente cientes dos prós e contras desse comportamento. Descubra quais são neste artigo!

O corpo aproveita-se de diversos elementos da cafeína, mas também tem prejuízos que podem afetar seu corpo. Apesar de ser um grande estimulante e também saboroso para o paladar, é necessário conhecer a sua influência na prática esportiva.

O que é a cafeína?

A cafeína é uma substância psicoativa encontrada em mais de 60 plantas, incluindo folhas de chá, grãos de café, vagens de cacau, nozes de cola e o fruto do guaraná. Basicamente, a cafeína estimula o sistema nervoso central, diminui o nível de sonolência e estimula a ativação do estado de alerta.

Muitos alimentos e bebidas contêm cafeína, mas há também a cafeína sintética. Essa é amplamente utilizada para bebidas energéticas e está medicamentos para a gripe, entre outros. Todos esses produtos aumentam a energia.

A cafeína no corpo

Entre os prós da cafeína para o corpo, destacamos o aumento da energia e do metabolismo, a presença de antioxidantes e a estimulação de reflexos e memória. Além disso, tem efeito anti-inflamátorio.

Por outro lado, quanto a suas desvantagens, consumir cafeína em excesso pode causar dores de cabeça, ansiedade, tontura, insônia, tremores, ritmo cardíaco acelerado ou desidratação. Por essas razões, recomenda-se não consumir mais de 400 miligramas por dia.

A cafeína é boa para a prática esportiva?

Por um lado, consumir cafeína pode ser um grande benefício para os exercícios esportivos pelas seguintes razões:

  • Melhora a concentração: a cafeína aumenta sua capacidade de ficar alerta, resultando em melhor foco durante o treinamento.
  • Acelera a perda de gordura: tomar cafeína acelera o metabolismo, tornando mais fácil emagrecer e aumentando a perda de calorias.
Homem tomando café

  • Diminui a dor muscular: comparado com pessoas que não a consomem, os consumidores de cafeína tendem a sentir menos dor quando treinam, o que melhora e aumenta o seu desempenho atlético.
  • Previne doenças: graças a sua quantidade de antioxidantes, a cafeína pode prevenir doenças como a doença de Alzheimer, Parkinson e diabetes.

É realmente benéfica?

No entanto, consumir cafeína pode não ser totalmente benéfico. Há muitos elementos que podem fazer você pensar duas vezes antes de consumi-la para a prática esportiva:

  • Pode produzir dependência: não é adequado para os atletas serem dependentes de qualquer produto. Dependência de bebidas, analgésicos ou alimentos cafeinados trazem efeitos colaterais negativos para o atleta.
  • Ansiedade: a ansiedade no esporte é um tema delicado e pesado. A cafeína poderia conduzir à ansiedade e aos comportamentos anormais, tais como o pulso acelerado e o nervosismo.
  • Sonolência: sendo um psicotrópico, contribui para a perda do sono. Isso é prejudicial para o descanso dos atletas.
  • Taquicardia: o aumento da frequência cardíaca é uma desvantagem para atividades físicas saudáveis e adequadas.
  • Dores de estômago: em pessoas não acostumadas a consumir cafeína, podem ocorrer desconfortos na digestão, uma vez que a cafeína aumenta a produção de ácido no estômago. Além disso, os atletas que sofrem de gastrite devem evitá-la a todo custo.

Devo consumir cafeína?

Como você pode notar, a cafeína tem propriedades boas e ruins. A pergunta que você provavelmente está se perguntando é: é conveniente consumir cafeína na prática esportiva? A resposta é sim, mas com moderação.

Você pode tirar proveito de todos os benefícios que a cafeína tem para o esporte e seu corpo se consumi-la ocasionalmente. Lembre-se que o consumo excessivo pode causar inconvenientes a longo prazo.

Mulher tomando um café

Além disso, a cafeína não está apenas presente no café, mas em uma grande variedade de bebidas energéticas que os atletas consomem regularmente devido à quantidade de eletrólitos necessários para treinar.

No entanto, você deve estar ciente do fato de que bebidas que contêm cafeína muitas vezes têm outros componentes que também podem ser prejudiciais para o corpo. Assim, o melhor é procurar pelas opções naturais de cafeína, tais como o chá ou o café.

Conclusão: a cafeína pode ser um grande aliado para a prática esportiva ou o seu pior inimigo. Tudo depende de como e quantas vezes você a consome. Seja cauteloso!

  • Caffeine and sports performance. (2009). Indian Journal of Natural Products and Resources. National Institute of Science Communication and Information Resources (NISCAIR). https://doi.org/10.1139/H08-130
  • Ganio, M. S., Klau, J. F., Casa, D. J., Armstrong, L. E., & Maresh, C. M. (2009, January). Effect of caffeine on sport-specific endurance performance: A systematic review. Journal of Strength and Conditioning Research. https://doi.org/10.1519/JSC.0b013e31818b979a
  • Smith, A. (2002, September). Effects of caffeine on human behavior. Food and Chemical Toxicology. https://doi.org/10.1016/S0278-6915(02)00096-0
  • Lara, D. R. (2010). Caffeine, mental health, and psychiatric disorders. In Journal of Alzheimer’s Disease (Vol. 20). IOS Press. https://doi.org/10.3233/JAD-2010-1378