Propriedades da aveia e benefícios de consumi-la

· 16 de julho de 2018
Existem poucos alimentos tão completos quanto a aveia e que também são tão versáteis no momento do consumo. Adicione essa comida à sua rotina no mingau, no yogurte ou mesmo batida em sucos funcionais.

A aveia é um alimento com muitas propriedades e muito fácil de ser incorporado ao nosso dia a dia. Como você vai ver, alimentos como este são fundamentais para manter uma saúde correta. Em seguida, analisamos as principais propriedades da aveia.

Quais as propriedades da aveia?

Rica em vitaminas do grupo B

Uma das múltiplas propriedades da aveia é que ela contém vitaminas do grupo B. Especificamente, as vitaminas que ela contém são do tipo B1 B2 B5 e B6. Então a seguir vamos dizer quais são os benefícios de cada uma dessas vitaminas e suas principais características:

  • B1 Também chamado de tiamina é essencial para o bom funcionamento do sistema ósseo e muscular. Além disso, a vitamina B1 é responsável pela assimilação da glicose no organismo.
  • B2 A principal função da vitamina B2 é decompor as gorduras, proteínas e carboidratos. Também é responsável por fornecer energia ao corpo.
  • B5 Mantém a saúde do cabelo perfeita e também ajuda a controlar os níveis de estresse. É comum que pessoas com artrite ou osteoartrite tomem suplementos alimentares de vitamina B5 porque alivia a dor.
  • B6 Previne doenças cardíacas e contribui para uma melhor conservação da memória. Outra propriedade desta vitamina é que ela regula os hormônios e reduz a dor menstrual.
Tigela de aveia em flocos

Contém aminoácidos essenciais

Os aminoácidos essenciais são fundamentais na dieta de qualquer pessoa. Isso ocorre porque o corpo não os produz de forma natural e, portanto, a única maneira de obtê-los é através da comida. No total, existem dez tipos diferentes de aminoácidos essenciais. De todos eles, os mais conhecidos e talvez você já tenha ouvido falar são leucina, licina e treonina.

O consumo de alimentos com aminoácidos essenciais  é muito importante e deve ser feito em pequenas quantidades e diariamente, sendo essa uma das importantes propriedades da aveia. Caso contrário, a sensação de cansaço, fraqueza muscular e maior tendência a doenças aparecem. Junto com a aveia, o ovo, o leite e os legumes também são ricos em aminoácidos essenciais.

Altos níveis de fibra

Uma das principais propriedades da aveia é seu alto teor de fibras. Para cada 100 gramas de produto há 10 deste poderoso nutriente. A fibra é essencial para o bom funcionamento do organismo e, especificamente, do sistema digestivo.

A fibra é adequada para aqueles que sofrem de constipação ocasional. É uma maneira natural e simples de acabar com esses problemas desconfortáveis. Além disso, a fibra é essencial para manter a flora intestinal em boas condições e facilitar a digestão.

Teor de ferro e cálcio

Você sabia que uma xícara de farinha de aveia fornece 36% da quantidade diária recomendada de cálcio? E a melhor parte é que o leite de aveia não contém lactose, por isso é ideal para pessoas intolerantes. O cálcio deve ser um alimento fundamental em nossa dieta porque contribui para o estado correto do sistema ósseo.

Copos com leite de amêndoa

Além disso, a aveia é rica em ferro e, portanto, previne doenças como a anemia. Alimentos com ferro também são importantes para o bom funcionamento do sistema circulatório. Sem ferro, o corpo não produz hemoglobina e, portanto, a capacidade de transportar oxigênio e distribuí-lo por todo o corpo diminui.

Rica em gorduras insaturadas

Gorduras insaturadas também são conhecidas como gorduras boas. Para conseguir uma nutrição adequada, é aconselhável substituir tanto quanto possível as gorduras saturadas por gorduras deste tipo. Isso gera uma diminuição nos níveis de colesterol e ao mesmo tempo aumenta o colesterol comumente conhecido como bom.

Além de aveia, existem outros grupos alimentares ricos em gorduras insaturadas. Alguns deles são as frutas secas, os pescados ou o óleo de girassol. Todos esses alimentos são exemplos de que nem todas as gorduras são ruins e que o corpo precisa delas para funcionar adequadamente.