Benefícios do consumo diário de vitamina B

· 15 de março de 2019
No mundo do fitness, este complemento é um nutriente do mais alto nível e vai além da simples manutenção muscular; saiba tudo sobre ele a seguir

A maioria dos atletas certamente já ouviu falar das maravilhas da vitamina B. Qualquer treinador nos recomendará tomá-la em comprimidos ou por via intravenosa, mas… Sabemos realmente qual a contribuição dela para a nossa saúde?

O que são as vitaminas do grupo B?

Basicamente, todas as vitaminas são substâncias orgânicas que intervêm nos processos metabólicos dos seres vivos. Mas as do grupo B são especialmente essenciais na nossa alimentação, energia e constituição muscular.

Estes nutrientes geralmente podem ser obtidos através da alimentação. O problema é que, sendo solúvel em água, boa parte das vitaminas se perde nos processos de cozimento dos alimentos. Isso acontece especialmente quando abusamos de alimentos cozidos.

O que são as vitaminas do grupo B?

Para compensar, é sempre recomendável o consumo complementar de vitaminas do grupo B.

Especialmente quando realizamos atividades físicas exigentes, nosso organismo está propenso a perder tanto as substâncias vitamínicas quanto seus minerais. E, como veremos a seguir, o grupo B é essencial para a nossa saúde.

Uma breve revisão das funções das vitaminas do grupo B

  • Vitamina B1, B2 e B3: A B1 transforma o açúcar do corpo e, portanto, tem importância no funcionamento do sistema nervoso e do cérebro. Por outro lado, a B2 permite a absorção de proteínas, carboidratos e gorduras; a B3 promove o processo de eliminação de toxinas.
  • Vitamina B5, B6 e B7: A B5 é essencial para formar a coenzima A, importante no metabolismo e na síntese dos nutrientes. Enquanto isso, a B6 é importante para a conservação das células e a B7 intervém no metabolismo de aminoácidos. Esta última também ajuda a sintetizar carboidratos, purinas e gordura.
  • Vitamina B9: esta substância orgânica é essencial na regeneração das células e previne doenças tão graves como o câncer, por exemplo. Também desempenha um papel fundamental para prevenir condições neurodegenerativas.

Vitamina B12: um elixir muscular que todo atleta deve usar

Também chamada de Cianocobalamina, a vitamina B12 influencia positivamente em um grande número de funções do metabolismo. Primeiramente, a sua ingestão ajuda a manter a energia nos músculos; desta forma, nosso desempenho na academia ou em qualquer modalidade esportiva aumentará.

Outro benefício é a sua participação na sintetização dos ácidos graxos que consumimos. Graças à vitamina B12, transformamos esses elementos em energia e então estimulamos a produção de material genético.

Esses benefícios se traduzem em um maior desempenho muscular, menos fadiga e bom funcionamento do sistema nervoso. Essa é a razão pela qual os treinadores recomendam sua ingestão como um complemento à nossa alimentação.

Vitamina B12: um elixir muscular que todo atleta deve usar

Podemos tomar vitamina B12 diariamente sem consultar o médico?

Na verdade, tanto as pílulas quanto a fórmula injetável são recomendadas para quase todos os tipos de pessoas. O produto químico é bastante estável e não há uma dose que possa ser considerada tóxica. No entanto, o consumo excessivo também não é recomendado.

A apresentação de vitaminas do grupo B em comprimidos é vendida na maioria das farmácias, sem nenhum tipo de prescrição médica. O produto é muito estável ao calor, por isso pode ser guardado por muito tempo sem ser danificado.

Todos os dias qualquer pessoa pode consumir uma apresentação que vá dos 25 aos 100 mcg. Poderíamos até mesmo tomar dois comprimidos por dia, desde que cumpramos essas doses. Uma seria durante o dia e a outra durante a noite.

Algumas considerações sobre tomar vitamina B diariamente

Na prática, os diferentes tipos de vitamina B são encontrados nos alimentos que comemos todos os dias. Por exemplo, a B2 é encontrada no queijo roquefort e nas amêndoas. O peixe também é uma excelente fonte de todas as variações deste grupo.

Outro ponto importante a ser considerado é que não precisamos tomar todas as opções do grupo B para melhorar o desempenho muscular. Por exemplo, com a vitamina B12, cobrimos a demanda do corpo.

Claro, isso vai mudar se o que queremos é tratar uma doença ou situação específica. Nesse caso, o médico nos dirá o que devemos fazer.