10 dicas para superar o medo de se exercitar

22 de fevereiro de 2020
Muitas vezes, as preocupações desaparecem quando as ideias se transformam em ações. Para superar o medo de se exercitar, basta seguir algumas recomendações para eliminar as barreiras mentais em torno das atividades esportivas.

Para levar uma vida saudável tanto fisicamente quanto mentalmente, é essencial fazer atividade física. Superar o medo de se exercitar deve ser uma meta diária. Essas dicas vão te ajudar a focar nos benefícios do treinamento ao invés dos medos que, na maioria das vezes, são infundados.

Supere o medo de se exercitar com essas recomendações

No momento em que entendemos que o exercício físico é um excelente aliado para o bem-estar, começamos a eliminar as barreiras.

A prática esportiva melhora o humor e eleva a autoestimaAo mesmo tempo, este é um dos melhores tratamentos para diversos tipos de doenças. Todas essas são razões convincentes para superar o medo de se exercitar.

1. Controlar o tempo

A primeira recomendação é desafiar o tempo e colocá-lo a seu favorFaça um bom plano diário de exercícios que se estenda até um máximo de 60 minutos.

Essa organização fará com que você sinta que está investindo bem o seu tempo, sem desperdiçá-lo. Além disso, as endorfinas geradas pelo exercício vão afastar a depressão e elevar a sua autoestima.

2. Objetivos reais

É bom estabelecer metas reais a curto, médio e longo prazo. Sem dúvida, queremos eliminar os incômodos quilos a mais, porém é necessário que sejamos realistas, já que nada acontecerá da noite para o dia.

Portanto, é aconselhável estabelecer períodos para cada aspiração e, assim, evitar decepções. Com isso, melhores resultados serão alcançados e você permanecerá motivado.

3. Sentir-se jovem, outra consequência de superar o medo de se exercitar 

Devemos ajudar o nosso corpo a parecer e a se sentir jovem. Talvez, para muitas pessoas, ter uma boa aparência não seja tão importante quanto se sentir ativo.

No entanto, se você conseguir fazer as duas coisas e afastar as doenças causadas pelo estilo de vida sedentário ao mesmo tempo, as vantagens serão consideráveis. A obesidade ou o diabetes tipo 2 são patologias que podemos afastar por meio do treinamento.

dicas para superar o medo de se exercitar

4. Ter um treinador é uma grande vantagem

Um conselho sábio é procurar um bom personal trainer. O personal trainer te ajudará a planejar, controlar e supervisionar os exercícios personalizados. Ao mesmo tempo, ele também vai te motivar a mudar certos hábitos que são prejudiciais para a sua saúde e a sua forma. 

5. Treinamento divertido para deixar o medo de se exercitar para trás

A prática de exercícios pode ser algo divertido. As pessoas geralmente abandonam os treinos porque ficam entediadas. Felizmente, existem muitos exercícios e atividades físicas que garantem variedade. Ferramentas como bicicletas, pranchas de snowboard, pesos ou cordas estão sempre ao nosso alcance. 

6. Vá para a academia

Inscreva-se em uma academia se você fica entediado se exercitando em casa, descendo e subindo escadas ou não treina ao ficar cercado de distrações. A fadiga inicial será apenas uma sensação que vai desaparecer com o tempo. Além disso, é motivador conviver com outras pessoas que possuem objetivos semelhantes.

7. Cuide do coração

O bem-estar do coração é outra vantagem de fazer exercícios. As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo.

Diante disso, um bom plano de exercícios protege esse órgão tão importante, ao mesmo tempo em que reduz o risco de um infarto. Um treino baseado em exercícios aeróbicos, tais como caminhar, saltar ou nadar, trará benefícios incalculáveis.

8. Alimentação saudável

É necessário comer bem e de forma saudável. A massa óssea e a massa muscular se enfraquecem ao longo dos anos. Assim, surgem danos como a osteoporose ou a flacidez e a perda de nutrientes devido a uma dieta desequilibrada.

dicas para superar o medo de se exercitar

Como um hábito saudável, devemos acostumar o nosso corpo aos alimentos ricos em fibras. Acompanhados de exercícios de resistência ou com pesos, eles aumentam a massa muscular e evitam os problemas nos ossos.

9. Exercícios e rotina diária

O melhor a fazer é incorporar diferentes exercícios à sua rotina diária. Por exemplo, a prática esportiva pode ser uma atividade que envolva toda a família.

Os exercícios também podem fazer parte da rotina. Desde sair da cama, cozinhar ou fazer as tarefas domésticas, tudo pode ser acompanhado pelo treinamento. Monte atividades compartilhadas e se comunique com todos em casa.

10. O sedentarismo, motivo suficiente para superar o medo de se exercitar

É importante eliminar das nossas vidas tudo o que contribui para o sedentarismo. Há pessoas que se esquecem de mexer o corpo já que o telefone e as novas tecnologias ajudam a resolver muitas coisas no conforto de uma cadeira.

Precisamos nos lembrar de que o confinamento se transforma em sedentarismo e isso é algo muito prejudicial para a saúde. Algumas pessoas até mesmo deixam de dançar e conviver com os amigos para evitar sair de casa por causa da ansiedade e do estresse.

Em suma, essas dicas para superar o medo de se exercitar vão te ajudar a ser uma pessoa mais feliz e saudável. Agilidade, segurança, dinamismo e saúde serão alguns dos benefícios do treinamento. Então, não hesite em colocá-los em prática!

  • Gobierno vasco. 2002. Ansiedad, cómo controlarla. Extraído de: https://www.osakidetza.euskadi.eus/contenidos/informacion/salud_mental/es_4050/adjuntos/ansiedadComoControlarla_c.pdf
  • Revista de Psicología del Deporte. 2004. Motivación y ejercicio físico. Extraído de: https://core.ac.uk/download/pdf/13296214.pdf