Praticar esportes pode ser prejudicial?

9 de maio de 2019
Como muitasComo muitas outras atividades, o esporte exige responsabilidade da parte do indivíduo para que ele cuide da sua própria saúde. Caso contrário, pode até mesmo haver efeitos negativos para o corpo.trário, pode até mesmo haver efeitos negativos para a saúde.

O esporte é uma excelente maneira de passar o tempo, visto que ele é um caminho para o bem-estar físico e mental. Entretanto, praticar esportes de maneira excessiva ou inadequada pode ser prejudicial. Continue lendo para saber mais sobre esses riscos!

A atividade física é necessária para a saúde do corpo humano. Um estilo de vida sedentário pode trazer muitas consequências, tais como obesidade, hipertensão, diabetes e outras doenças perigosas. Portanto, o esporte se torna um grande aliado para manter o organismo em boas condições.

Praticar esportes realmente pode ser prejudicial?

A alimentação, o trabalho, os hobbies… Tudo na vida tem vantagens e desvantagens, e o esporte não é uma exceção. Fazer exercício é tão bom que muito pouco é dito sobre o seu lado negativo. No entanto, o fato desse lado não ser mencionado com frequência não significa que ele não exista.

O esporte não tem nada de ruim em primeira instância, mas existem inúmeros fatores que influenciam de maneira prejudicial ao longo do tempo e fazem do exercício uma atividade nociva ao organismo.

É muito importante conhecer esses fatores para evitar que praticar esportes se torne uma atividade prejudicial para o corpo. Por isso, listamos a seguir as situações ou elementos que você deve evitar:

1. Má execução

Uma pessoa pode ser queixar de não ver resultados, ou então de constantemente sofrer com dores, cãibras ou lesões durante a prática esportiva. Isso pode ser atribuído à má execução dos exercícios.

Todos os esportes têm uma estrutura, uma ordem e um padrão. Portanto, todas as orientações devem ser cumpridas a fim de evitar qualquer tipo de lesão ou traumatismo que possa causar danos.

Os detalhes mais simples em exercícios tais como o agachamento ou as flexões são fundamentais para não sofrer nenhum tipo de problema. Então, em todos os momentos, você deve se certificar de aprender, lembrar e executar os exercícios corretamente.

Praticar esportes realmente pode ser prejudicial

2. Omitir passos necessários

Pular passos como, por exemplo, o aquecimento, a hidratação, a alimentação e o descanso, entre outros, influencia significativamente a forma como o corpo lida com o esporte. Ou seja, se você negligenciar itens que são necessários, é muito provável que você acabe se prejudicando ao invés de se beneficiar.

Não fazer um aquecimento antes do exercício pode causar lesões, não ter uma boa dieta enfraquece os músculos, a má hidratação produz cãibras… Por esses motivos, não é concebível que você ignore elementos que podem comprometer a sua saúde física.

3. Desgaste

O esporte fortalece músculos, ligamentos, articulações e ossos. No entanto, ao longo do tempo e com a prática constante, ele pode deteriorar as partes do corpo que são mais utilizadas. Por exemplo, no caso dos ciclistas, eles tendem a sofrer danos nas panturrilhas, da mesma forma que os corredores nos joelhos.

Até mesmo os atletas podem sofrer lesões simplesmente pelo desgaste. É algo que, em certos casos, não pode ser evitado, pois é uma lesão que decorre do uso constante do músculo ou articulação.

4. Prática excessiva

O esporte ajuda a liberar endorfinas; portanto, elimina o estresse e faz você se sentir feliz, além de colocar o seu corpo em forma. No entanto, algumas pessoas mergulham tanto no mundo dos esportes que acabam abusando dele.

Praticar esportes mais do que se deve é negativo para o bem-estar físico e mental; tudo tem um limite e ele deve ser respeitado para evitar danos. A atividade física excessiva pode causar, por exemplo, lesões, desgaste muscular e mental, fadiga, problemas cardíacos e respiratórios, entre outros.

5. Vigorexia

A vigorexia é uma condição patológica ancorada no exercício e na aparência. É um transtorno dismórfico corporal no qual a pessoa fica obcecada em ter um corpo musculoso e definido. Ela se submete aos treinos com uma frequência acima do normal.

A vigorexia é uma condição patológica

Praticar esportes constantemente não é uma coisa ruim, mas quando isso se torna uma obsessão, passa a ser um problema psicológico que também pode trazer problemas físicos.

Por esta razão, o esporte deve ser encarado como uma forma de alcançar o objetivo de ser saudável e não como um meio para ter um corpo que siga os padrões de beleza impostos pela sociedade.

Tudo está nas suas mãos; você tem o controle sobre o que faz. Portanto, é sua responsabilidade não tornar o esporte uma atividade prejudicial. Seu corpo é muito valioso, então você deve fazer tudo com moderação e da melhor maneira possível.