Praticar esporte depois dos 60 anos: qual o melhor exercício?

· 29 de abril de 2019
Depois dos 60 anos não podemos nos dar ao luxo de deixar de fazer exercícios. No nosso ritmo e de acordo com nossas possibilidades, devemos continuar ou até começar alguma atividade física

Quem fez exercício a vida inteira sabe que depois dos 60 anos é possível continuar os movimentos, ainda que com menos intensidade. Nesse artigo, vamos falar sobre qual é o melhor exercício para praticar esporte depois dos 60 anos.

Quem nunca praticou esportes com certeza já levou uma bronca dos médicos ou dos familiares para se tornar um pouco mais ativo. Use essas dicas para começar a praticar algum esporte!

Esporte depois dos 60 anos?

Talvez para alguns seja impensável que depois dos 60 anos ainda seja possível fazer exercício… Para outros, essa é uma maneira de manter-se ativo após uma vida inteira de esportes.

Exercitar-se faz bem para a saúde em qualquer idade. E não é diferente para quem já passou das seis décadas de vida. Alguns benefícios de praticar esporte depois dos 60 anos são os seguintes:

  1. Previne doenças

A osteoporose, a hipertensão arterial, a incontinência urinária e o diabetes tipo 2 são doenças muito comuns após os 60 anos. Graças ao esporte podemos atrasar seu aparecimento ou até evitá-las por completo.

  1. Melhora a função cognitiva

Sim, o esporte é uma excelente maneira de melhorar o estado mental. Primeiro, porque reduz o estresse e nos faz ficar mais felizes graças à liberação de endorfinas (entre outros hormônios).

E não é só isso, já que prestar atenção em um exercício nos ajuda a ficar mais alertas com o que acontece ao nosso redor e também nos acostuma a responder mais rápido aos estímulos. E precisamos lembrar de muitas coisas das aulas!

  1. Fortalece os ossos

Depois dos 60 anos a flacidez aparece, mas não só a nível estético, e sim também biológico. Além disso, não podemos deixar de lado o fato de que os ossos não são tão fortes como antes. O exercício evita fraturas graves em possíveis quedas.

Mulher alongando: esporte para idosos

Conselhos para praticar esporte depois dos 60 anos

Se conseguimos te convencer com os benefícios do esporte, ou se você já recebeu broncas de seus filhos, netos ou médicos, então é hora de começar a se exercitar. Antes de começar qualquer atividade, siga esses conselhos: 

  • Faça exames de rotina, principalmente um exame de esforço e um eletrocardiograma.
  • Mova-se pouco a pouco. Ao sentir-se cansado, pare. Se achar que está fácil, aumente o ritmo.
  • Não esqueça de beber água. Dois litros por dia, no mínimo.
  • Aumente o ritmo com o tempo. Se sentir-se capacitado, aumente a intensidade dos exercícios.
  • Escolha ambientes fechados. Assim o clima não será uma desculpa para deixar de fazer exercício.

Praticar esporte depois dos 60 anos: qual escolher?

Caso você tenha sido muito sedentário nos últimos tempos, recomendamos que você teste várias modalidades até encontrar uma que te motive. Se, por outro lado, sua vida foi mais ativa, você pode continuar com o mesmo esporte, mas baixando a intensidade. Também é possível escolher outro esporte novo.

Você pode pensar que depois dos 60 as possibilidades de fazer exercício diminuem, mas isso é só um preconceito. Há muito mais opções para praticar esporte depois dos 60 anos do que você imagina. Entre elas estão:

  1. Caminhar

O que todos os médicos recomendam. É simples. Basta colocar uma roupa e um calçado cômodo e dar voltas no parque. Se você ficar entediado, pode aproveitar para levar o cachorro para passear, escutar música ou até procurar pessoas de sua idade para lhe acompanhar. Existem grupos de caminhada!

  1. Nadar

É tão bom quanto qualquer outra atividade dentro da água. Isso porque o impacto articular é menor que em outros ambientes. Você pode optar por fazer hidroginástica ou simplesmente dar umas braçadas na piscina. É possível fazer exercícios até sem largar a borda da piscina.

Mulher fazendo hidroginástica

  1. Pilates

Não é uma atividade só para mulheres. Muitos homens escolhem fazer Pilates porque tem movimentos suaves e lentos. É parecido com o Yoga ou o Tai Chi, modalidades orientais pensadas para exercitar o corpo e a mente.

  1. Dançar

Se você é uma pessoa muito ativa, recomendamos que você faça aulas de zumba ou salsa. Existem aulas para todas as idades e você pode fazer no seu próprio ritmo.

De fato, fazer exercício depois dos 60 anos é fundamental para manter um bom estado físico, sentir-se bem e reduzir as doenças. Nunca é tarde demais para começar a se movimentar!

  • Ávila-Funes, J. A., & García-Mayo, E. J. (2004). Beneficios de la práctica del ejercicio en los ancianos. Gaceta Médica de Mexico.