O que os atletas devem saber sobre a hiponatremia

· 6 de junho de 2019
Se você ainda não sabe o que é a hiponatremia mas você se exercita regularmente, é do seu interesse saber em que consiste esta condição comum em atletas.

A hiponatremia é uma condição que geralmente afeta os atletas com bastante frequência. O principal problema é que, muitas vezes, é difícil fazer um diagnóstico e nomear os incômodos sintomas que os atletas sentem.

É por isso que é essencial conhecer esse problema de saúde profundamente. Esta é a melhor maneira de saber o que está acontecendo conosco e assim tomar as medidas necessárias para voltar a ter uma boa saúde.

A seguir, vamos explicar em que consiste a hiponatremia e quais são as suas principais causas. Além disso, também vamos analisar os seus principais sintomas e explicar qual é a melhor maneira de acabar com esse problema desagradável.

O que é a hiponatremia?

Apesar de ter um nome tão complicado, a hiponatremia é algo simples de entender. Trata-se de uma condição que ocorre quando a concentração de sódio no sangue é muito baixa. O sódio é essencial para manter a saúde, uma vez que ele regula o nível de água contido nas células.

A hiponatremia é bastante desconhecida. O seu diagnóstico é, em muitos casos, complicado e, portanto, vale a pena conhecer um pouco mais sobre ela. Desta forma, se você sentir os sintomas que vamos explicar a seguir, você será capaz de intuir que pode se tratar desse inconveniente.

O mais aconselhável é que, se os desconfortos forem constantes e impedirem que você leve uma vida normal, você visite o seu médico. Este profissional fará os exames relevantes para deter esta patologia o mais breve possível.

O que é a hiponatremia

Causas da hiponatremia

Os gatilhos da hiponatremia são muito diversos. Geralmente, pensa-se que ela ocorre porque há um nível muito alto de líquidos em relação ao sódio no corpo.

No entanto, isso ainda não foi completamente confirmado, uma vez que esta condição ocorre tanto em pessoas que ingerem muitos líquidos quanto naquelas que consomem poucos.

Também é comum que a hiponatremia apareça depois de ter sofrido vômitos ou gastroenterite durante vários dias. Nesse caso, os níveis normais de sódio são recuperados algumas semanas depois. Outros problemas de saúde mais graves que dão origem à hiponatremia são a cirrose e a insuficiência cardíaca.

Principais sintomas

Assim como mencionamos anteriormente, o diagnóstico de hiponatremia pode ser bastante complicado. Isso ocorre porque os sintomas são muitos e bastante variados.

Os mais comuns geralmente são náuseas com ou sem vômito, dor de cabeça ou sensação de cansaço. Além disso, outros também podem aparecer, tais como cãibras musculares, sonolência ou desorientação.

É comum que esses sintomas sejam apresentados juntos. Neste caso, o diagnóstico é mais simples. Por outro lado, se ocorrerem de forma individual e intermitente ao longo do tempo, o médico poderá demorar muito tempo para relacioná-los à hiponatremia.

Como prevenir a hiponatremia?

Depois de conhecer esta condição, certamente você está pensando em fazer tudo o que estiver ao seu alcance para evitá-la. Para te ajudar, vamos dar algumas orientações para manter a sua saúde em perfeitas condições:

  • Beba apenas a quantidade necessária de água: Muitas vezes se diz que é necessário beber pelo menos dois litros de água por dia. No entanto, raramente se comenta que beber muita água é tão prejudicial quanto beber pouca quantidade. Assim, o melhor a fazer é prestar atenção à sua sede e não beber água à força.
Prevenir a hiponatremia

  • Comece a tomar bebidas esportivas para atletas: As bebidas especialmente recomendadas para atletas contêm sódio. É por isso que combinar esse tipo de bebida com água é uma maneira muito eficaz de combater a hiponatremia.
  • Limite a ingestão de alimentos com propriedades diuréticas: Os alimentos diuréticos contribuem para eliminarmos uma quantidade de sódio mais alta do que aquela que o nosso corpo elimina regularmente. Portanto, é conveniente consumi-los com moderação.

Finalmente, uma recomendação final é aumentar a ingestão de alimentos salgados antes e depois de treinar.

Este é um método muito simples de fornecer uma quantidade extra de sódio ao nosso corpo. Por exemplo, consumindo lanches salgados saudáveis, tais como um pequeno sanduíche ou um punhado de oleaginosas, você dará ao seu corpo os nutrientes de que ele precisa para funcionar.