Quanta água você deve beber ao fazer exercício?

· 19 de outubro de 2018
A desidratação é uma consequência natural de não ingerir água suficiente durante o dia. E o problema aumenta se não se bebe água ao fazer exercício.

A água é parte essencial de uma boa alimentação. Não tem sentido preocupar-se em manter um alto nível de atividade física sem hidratar-se da maneira correta. Por isso, é sempre importante ter muito líquido para beber ao fazer exercício.

Água é vida

Essa afirmação é muito mais do que uma simples retórica. Cerca de 70% do peso corporal de um humano constitui-se de líquidos. Além disso, o organismo precisa de água para poder cumprir cada um dos seus processos físicos e químicos. Inclusive para queimar calorias ou tonificar os músculos.

Além disso, os nutrientes são distribuídos a todos os órgãos internos através da água. Também é imprescindível ter uma hidratação correta para que o sistema digestivo possa extrair adequadamente todas as propriedades dos alimentos e inclusive pra emagrecer.

Mulher bebendo água e fazendo exercício ao ar livre

Combustível elementar

A perda de líquidos é inevitável, além de necessária. O simples ato de respirar já significa um gasto das reservas de água do corpo. Essa perda claramente é maior através da urina, e também eleva-se consideravelmente com a transpiração.

Toda essa carga energética que se perde deve ser reposta da maneira mais rápida possível. Por isso, ter sempre à mão água suficiente para beber ao fazer exercício não é opcional. Trata-se de algo necessário.

Consequência de não beber água durante a atividade física

Quando a desidratação chega à categoria crônica, corremos riscos de sofrer lesões graves e até permanentes. Nos casos mais graves, esse problema pode ser mortal.

O rendimento é menor quando o corpo precisa repor líquidos. O cansaço aumenta e o discernimento mental diminui, assim como o poder de concentração.

Além disso, a recuperação pós-exercícios torna-se mais lenta.

Da mesma maneira, algumas doenças “cotidianas”, que não necessariamente estão relacionadas a manter uma rotina de treinos diários, podem ter sua origem na falta da ingestão de água.

Mulher muito suada fazendo esportes ao ar livre

Entre as consequência físicas de não tomar água estão as cãibras, problemas musculares e falta de força, energia e vitalidade. Também pode gerar uma sensação de cansaço e esgotamento, inclusive tontura.

Que quantidade de água devo beber ao fazer exercício?

Em geral, cada pessoa deve ingerir pelo menos dois litros de água por dia. Esportistas, por hobby ou profissionais com rotinas de treinamentos constantes, precisam de ainda mais. Esse consumo deve ser distribuído da maneira mais homogênea possível durante o dia.

Quanto trata-se de hidratação e esportes, é preciso levar em conta a necessidade de consumir água suficiente antes, durante e depois do exercício. As quantidades podem variar de acordo com fatores como o tipo de atividade física ou o lugar onde a mesma é realizada.

Antes

Em linhas gerais, considera-se que 90 minutos antes de iniciar o exercício, deve-se ingerir pelo menos um litro de água. Isso permitirá, entre outras coisas, uma rápida adequação dos músculos e das articulações no momento da ação.

Durante

Para muitos esportistas, sobretudo quanto falamos de quem pratica por conta própria, ter água para beber ao fazer exercício pode ser uma tarefa difícil.

Ainda assim, quanto trata-se de exercícios aeróbicos de maior intensidade, é preciso estabelecer uma rotina para ingerir pelo menos 200ml de água (aproximadamente três goles pequenos) a cada 15 minutos.

Depois

Para começar a recuperação do corpo inteiro o mais rápido possível, a ingestão de água deve ser feita logo após finalizar a atividade. Assim como antes do exercício deve-se tomar pelo menos um litro d’água, a mesma quantidade deve ser ingerida durante os 10 primeiros minutos pós-atividade.

Os melhores líquidos

O mercado está repleto de bebidas isotônicas ou preparadas “especialmente” para complementar a atividade física. Mas a bebida recomendada para beber ao fazer exercício é a água. Muitas bebidas energéticas contêm ingredientes não muito saudáveis, além de altos níveis de açúcar.

Mulher bebendo suco pela manhã

Uma opção para variar o sabor dos líquidos é preparar sucos de frutas como maçã ou laranja, sem açúcar adicionado. Vale também recorrer a chás naturais, sem nenhum tipo de adoçante. Sucos e outros líquidos caseiros podem ser o melhor regenerativo muscular para o esportista.