Como eliminar a retenção de líquidos nas pernas e no abdômen?

· 30 de março de 2019
A retenção de líquidos ocorre porque o sistema linfático funciona inadequadamente. Esse sistema é responsável pelo transporte de fluidos que circulam pelas veias e artérias e, quando ele falha, os fluidos permanecem no corpo.

A retenção de líquidos nas pernas e no abdômen é um problema que afeta cada vez mais pessoas. As causas podem ser diversas, às vezes transitórias, outras persistentes.

O estilo de vida contribui para esse mal: ser sedentário e consumir alimentos inadequados podem fazer com que o organismo não seja purificado adequadamente e o líquido seja retido.

O impacto é maior nas pernas e no abdômen

Estes são alguns sintomas da retenção de líquidos nas pernas e no abdômen:

  • As pernas perdem suas ondulações e os tornozelos são envolvidos por um tubo rígido de líquidos retidos. Se você pressionar com os dedos, a marca dos mesmos permanece por alguns segundos.
  • Quando a tarde ou a noite chega, as calças parecem menores do que de manhã, já que as pernas e o abdômen estão inchados.
  • O corpo todo fica pesado. É trabalhoso andar, pois as pernas pesam demais. A pessoa fica cansada sem motivo.
Pés inchados

Como eliminar a retenção de líquidos nas pernas e no abdômen

Uma vez que o problema de retenção de líquidos tenha sido observado, existem algumas medidas efetivas que devem ser consideradas:

  • É essencial ter em mente que, para eliminar a retenção de líquidos, você não deve parar de beber água. Pelo contrário, o hábito de beber água em abundância contribuirá para que o corpo seja purificado e o líquido liberado.
  • O primeiro passo será reduzir ou eliminar o sal da dieta. Sal provoca retenção. Portanto, substituir sal por ervas aromáticas na cozinha é o primeiro passo. É importante não abusar das salsichas e escolher produtos sem sal ou com baixo teor de sódio. Se você comer alimentos processados, é bom procurar opções sem sal.
  • A redução da retenção não é imediata. O sal permanece quarenta e oito horas no corpo. Mas se você passar esses dois dias sem consumir sal, certamente o desconforto desaparecerá.
  • Carboidratos, especialmente os refinados, também podem causar retenção de líquidos. Reduzir sua ingestão será favorável para que o corpo libere os fluidos.
  • Cãibras geralmente aparecem porque o potássio fica retido com o líquido e então ele não consegue atuar nos músculos. Portanto, ao iniciar uma dieta para eliminar a retenção, é importante consumir alimentos ricos em potássio. Bananas, legumes, couves e beterrabas fornecem potássio.
Bananas em rodelas

  • É positivo consumir alimentos que atuam como diuréticos naturais. Neste grupo estão abacaxi, mirtilo e melancia. Eles são produtos preventivos de retenção de líquidos, especialmente recomendados para pessoas que são propensas a este problema.
  • A atividade física é essencial. É necessário adotar um estilo que contenha exercício físico, já que ele melhora a circulação do sangue e fluidos e, portanto, favorece a eliminação de resíduos.
  • Especialistas aconselham beber infusões de algumas ervas e especiarias que causam boa drenagem de líquidos. Se você escolher esse caminho, é bom consultar um bom especialista antes de consumir.
  • Quando possível, você deve se deitar com as pernas para cima, na posição vertical. Manter essa posição por dez minutos favorece a diminuição do inchaço.
  • Massagens de drenagem linfática. É uma técnica que é feita com as mãos e com movimentos fortes. Favorece a circulação da linfa e, portanto, regula o equilíbrio hídrico do organismo. Existem verdadeiros especialistas em massagens de drenagem linfática, mas você também pode aprender a realizá-las em casa.
  • Se a retenção for muito frequente e constante ao longo do tempo, é necessário consultar o médico. A causa pode ser um funcionamento inadequado dos rins.

Existem razões hormonais que causam retenção de líquidos, especialmente durante o período menstrual ou na gravidez. É muito provável que o problema desapareça quando o organismo voltar ao normal. No entanto, em mulheres grávidas é um motivo para consulta médica.

A verdade é que a retenção de líquidos nas pernas e abdômen não é apenas uma questão de estética e ganho de peso. Por trás desse sintoma, podem existir condições que devem ser observadas.