Conselhos para lidar com a ansiedade

17 de dezembro de 2018
As pessoas que sofrem de ansiedade vivem emoções negativas como a sensação de existência de uma ameaça à sua vida ou sua integridade e, somado a isto, experimentam uma vulnerabilidade extrema, como se existisse uma impossibilidade de se defender. Os tratamentos podem ser dirigidos aos sintomas, ou também a tentar entender as causas profundas da doença.

O transtorno de ansiedade é um problema de saúde que causa muito sofrimento para quem o possui. É preciso se informar e estar atento às técnicas e conselhos para lidar com a ansiedade, além de recorrer a profissionais responsáveis e capacitados.

Esse padecimento psicológico se associa a outros problemas sérios como as fobias e o pânico. Alguns dos tratamentos possíveis envolvem exercícios e nutrição adequada, além de descanso e desenvolvimento de equilíbrio mental.

Características e sintomas do transtorno de ansiedade

Em primeiro lugar, devemos saber que essa condição que estamos analisando ocorre na forma de crises de ansiedade. Os medos e sensações comuns da pessoa alcançam um nível ligado a fantasias irracionais de dor e morte.

Cada pequena preocupação que qualquer um experimenta normalmente na vida cotidiana se transforma em um monstro que ocupa toda a atividade psíquica.

Menina deitada com as mãos na cabeça parecendo preocupada

O medo do abandono, o medo da infidelidade, o medo de sofrer acidentes, a rejeição, a desaprovação externa, perder o trabalho… Esses são só alguns dos temores possíveis.

A crise é disparada quando a pessoa se vê diante de uma situação de conflito ou de exigência pessoal.  O processo psíquico se manifesta com uma sintomatologia específica.

Sudorese, secura na boca, taquicardia, enjoos, dores de cabeça e paralisia são alguns dos sintomas mais típicos de um quadro de ansiedade. Esses sintomas podem ser mais ou menos agudos. Por exemplo, em uma entrevista de trabalho ou em uma prova a pessoa não conseguem nem falar por uma secura extrema na boca.

Os transtornos de ansiedade recorrentes acabam afetando o conjunto inteiro da vida de uma pessoa. A qualidade das suas relações decai e também o rendimento em suas tarefas cotidianas. Trata-se de um círculo vicioso altamente nocivo para quem padece da doença.

Por um lado, o corpo sofre depois de episódios de grande atividade nervosa. Por outro, a psique fica com seus mecanismos de defesa alterados, podendo produzir desequilíbrios emocionais.

As pessoas vinculadas afetivamente a quem sofre desse transtorno podem tentar ajudá-la a lidar com a ansiedade. A escuta e contenção são os primeiros passos para ajudar.

Tratamentos para o transtorno de ansiedade

O tratamento farmacológico é muito utilizado contra essa doença. A venda de ansiolíticos e antidepressivos aumentam de forma proporcional à decadência de uma sociedade cheia de prisões e estresse.

As pessoas buscam respostas nos remédios, que são altamente viciantes e cheios de contraindicações para a saúde de forma geral.

Menina ansiosa com uma fita métrica amarrada no pulso

Estamos falando de um problema de saúde psíquica que pode ter as mais diversas causas. Algum acontecimento traumático, um pai ou mãe autoritário, colégios e instituições muito rígidas, insatisfação com o corpo diante de tanta propaganda que dificulta o desenvolvimento de uma imagem corporal saudável

Tudo isso pode gerar a semente que fará o transtorno de ansiedade crescer. E a isso se soma um ambiente tóxico e do qual não conseguimos escapar.

Alguns especialistas assinalam que a maioria dos casos de ansiedade são possíveis de ser tratados e resolvidos com terapia.

Ou seja, um tratamento psicológico para problemas de ansiedade não necessariamente deverá incluir medicamentos. Outro bom conselho para lidar com a ansiedade é fazer Yoga ou outras atividades físicas de forma periódica.

Técnicas e conselhos para lidar com a ansiedade

É importante que a pessoa que sofre de crises de ansiedade realize exercícios físicos. Em caso de muita preguiça e falta de energia para destinar à prática de esportes, o mais recomendável é fazer Yoga. Essa disciplina tonifica os músculos e flexibiliza as articulações e os ossos, e também melhora o relaxamento mental.

O sono abundante e reparador também é indispensável para curar a mente e dissolver toda a carga psíquica. Nesse sentido, concentrar-se em desenvolver e manter bons hábitos de descanso e alimentação é uma caminhada em direção ao bem estar.

O fato de tomar consciência da necessidade de uma alimentação saudável, variada e nutritiva permite ao organismo funcionar melhor em todos os seus aspectos.

Uma vez que você identificar o surgimento de um medo ou fobia, o processo de lidar com a ansiedade e controlar as emoções se torna mais rápido.

Uma opção para lidar com a ansiedade é realizar tarefas manuais, que irão levar sua mente para outro foco no momento da crise aguda. Outra opção é conhecer novos lugares – se a sua fobia não for social – para que sua mente se abra para novas perspectivas em relação aos seus problemas de sempre.

Por último, é fundamental pedir ajuda para aprender a lidar com a ansiedade e eventualmente superá-la. É necessário falar do problema com pessoas de confiança e escutar outras pessoas que passam pela mesma coisa.

Isso pode ser feito em terapias de grupos ou mesmo em fóruns na internet. O que as pessoas que sofrem de transtornos de ansiedade não podem fazer é fugir do problema, mas devem sim falar, ser escutado e escutar, sentir-se amado e amar.