Como calcular sua frequência cardíaca

· 18 de fevereiro de 2019
Neste artigo, ensinamos como medir sua frequência cardíaca. Anote!

Os profissionais de saúde sabem a importância de calcular a frequência cardíaca adequada durante o exercício. Se você deseja receber os benefícios da atividade física, é importante não se cansar muito rapidamente.

Para saber como a intensidade de cada treino afeta você, uma das melhores coisas que você pode fazer é calcular sua frequência cardíaca.

Calcular sua frequência cardíaca permite medir seu nível inicial de condicionamento físico e monitorar seu progresso no programa de exercícios. Para que isso seja possível, você deve medir periodicamente seu pulso durante o exercício em um ponto de alta intensidade.

Mesmo que você não seja um atleta, o conhecimento da frequência cardíaca pode ajudá-lo a controlar seu estado físico e até mesmo a detectar possíveis problemas de saúde.

Agora que você tem um objetivo, pode controlar seu ritmo cardíaco para garantir que esteja nas melhores condições para treinar. Durante o exercício, verifique periodicamente sua frequência cardíaca.

Relógia medidor de frequência cardíaca

Um rastreador de atividade portátil facilita muito, mas se você não usar um, também é possível calculá-lo manualmente. Para saber o seu ritmo cardíaco, você só deve encontrar o pulso com os dedos durante 15 segundos e multiplicar por 4 para obter os dados que equivalem a 1 minuto.

Como calcular a frequência cardíaca?

Sua frequência cardíaca, ou pulso, é o número de vezes que seu coração bate por minuto. A frequência cardíaca normal varia de pessoa para pessoa.

Conhecer sua frequência cardíaca pode ser um importante indicador da saúde do coração. E à medida que você envelhece, mudanças na frequência e na regularidade do seu pulso podem acontecer e podem indicar uma condição cardíaca ou outra condição que precisa ser tratada.

Uma das maneiras de calcular a intensidade do seu exercício é ver o quanto seu coração está batendo durante a atividade física. Se você quiser usar este método, você deve primeiro calcular a frequência cardíaca máxima: o limite superior que seu sistema cardiovascular pode atingir durante a atividade física.

A maneira mais simples de calcular sua frequência cardíaca máxima é subtraindo sua idade de 220. Isso significa que, por exemplo, se você tem 30 anos, você deve subtrair 220 menos 30. O resultado permitirá que você obtenha o número máximo de vezes que seu coração deve bater por minuto durante o exercício.

Mulher no médico

Uma vez que você já sabe o seu ritmo cardíaco máximo, é hora de calcular a zona de frequência cardíaca desejada, ou, em outras palavras, o nível em que seu coração está se exercitando e condicionando, mas não de forma sobrecarregada.

Não se esqueça de que, se você não está em forma ou é um atleta que está dando os primeiros passos, deve aumentar gradualmente a intensidade. Além disso, se seu objetivo é aumentar a resistência e a capacidade aeróbica, você deve mirar em 85% de intensidade.

De um modo geral, recomenda-se a seguinte frequência cardíaca como objetivo:

  • Intensidade moderada: 50-70% da sua frequência cardíaca máxima.
  • Intensidade vigorosa: 70-85% da sua frequência cardíaca máxima.

Por que calcular a frequência cardíaca?

Calcular a frequência cardíaca ajuda a compreender a intensidade do exercício. Tenha em mente que quando você está fazendo algum exercício aeróbico, seja correndo ou pedalando, a intensidade do exercício está relacionada com a dificuldade da atividade para você.

É que o seu ritmo cardíaco oferece uma versão mais objetiva da intensidade do exercício. Em geral, quanto maior a frequência cardíaca durante o treinamento, maior a intensidade do exercício.

Se o seu ritmo cardíaco estiver muito alto, isso significa que você está com dificuldades e que deve diminuir a velocidade. Ao contrário, se o número de batidas for muito baixo, significa que você não está se esforçando muito. Portanto, tente aumentar a intensidade, especialmente se seu objetivo for a perda de peso.

Finalmente, você não deve se esquecer que qualquer forma que você usa para medir a intensidade do exercício é bem-vinda. Além disso, lembre-se de que alguns medicamentos para pressão alta reduzem a frequência cardíaca máxima.

Por isso, se estiver tomando algum medicamento ou tiver um problema cardíaco, terá de falar com o seu médico para saber se precisa manter um ritmo cardíaco mais baixo como objetivo.

Da mesma forma, se seu pulso estiver muito baixo ou se você tiver episódios frequentes de batimentos cardíacos rápidos inexplicáveis, especialmente se eles causarem uma sensação de fraqueza ou tontura, informe o seu médico para descartar algum problema de saúde.