Benefícios pouco conhecidos do exercício

25 de fevereiro de 2019
Existem certos benefícios provenientes do exercício que são pouco conhecidos e que podem nos incentivar a continuar promovendo essa prática desde o início da vida até a velhice de forma constante.

Todo mundo sabe que o exercício traz uma grande quantidade de benefícios; por exemplo, ele prolonga e melhora a qualidade de vida, reduz o risco de desenvolver certos tipos de doenças, reduz os níveis de ansiedade e estresse, entre muitos outros que vamos listar a seguir.

A importância de praticar uma atividade física

A prática regular de qualquer tipo de atividade física é positiva para a saúde em geral. Tanto fisicamente quanto esteticamente e psicologicamente, fazer exercício é sinônimo de melhoria na qualidade de vida.

O que sabemos sobre a prática esportiva é que ela não apenas melhora a aparência física de quem a pratica, mas também ajuda a reduzir algumas doenças, além de prevenir o surgimento de outras. Além disso, também é uma excelente aliada para combater situações de estresse e ansiedade.

Mulher cansada no trabalho

Por um lado já sabemos todos os benefícios mais conhecidos sobre a prática de uma atividade física, porém há também os benefícios que não são tão conhecidos, mas que são ótimos para a saúde, a qualidade de vida e também para a estética.

Na prática, toda nova descoberta relacionada ao exercício confirma que ele deveria estar presente na vida de todas as pessoas, seja de forma profissional ou amadora.

Os benefícios menos conhecidos do exercício

Melhora o funcionamento do cérebro

Os benefícios do exercício vão além do aspecto físico. Nesse sentido, foi demonstrado que, além da alimentação, dos estimulantes e dos jogos, o exercício regular é o aspecto que mais ajuda a melhorar as funções cognitivas e o funcionamento do cérebro.

Menos rugas

O treinamento contínuo ajuda a reduzir o aparecimento de rugas ou, pelo menos, atrasa consideravelmente. Isto se deve ao fato de que o exercício estimula a massa muscular e previne a flacidez da pele.

Assim, treinar e cuidar da pele com cremes e protetores solares é a combinação ideal para mantê-la firme por mais tempo.

Melhora a depressão

Um dos melhores benefícios do exercício é que ele melhora consideravelmente a depressão e os efeitos do estresse. Nesse sentido, a combinação do tratamento indicado pelo especialista e a realização de uma atividade física reduzem drasticamente as recaídas dessa terrível doença.

Combate as dores de cabeça

As dores de cabeça em geral, mas mais especificamente a enxaqueca, podem ser reduzidas com a prática habitual de qualquer atividade física. De fato, os pacientes que sofrem de enxaqueca crônica reduzem os episódios se treinarem por 40 minutos pelo menos três vezes por semana.

Mulher feliz na academia

Prevenção da osteoporose

Treinar regularmente evita o aparecimento da osteoporose. Isto porque, quando fazemos exercícios, o músculo se movimenta ao longo do osso fazendo com que ele retenha mais cálcio e, portanto, fique mais forte.

Especialistas indicam que uma boa alimentação combinada com exercícios é a chave para evitar todos esses problemas na nossa saúde.

Reduz o aparecimento de varizes e celulite

O treinamento promove a circulação sanguínea e, assim, reduz e retarda o aparecimento das varizes e até mesmo da celulite. Esta última tem sido muito associada a um problema de pele. No entanto, foi demonstrado que, com exercícios específicos, é possível reduzir a celulite consideravelmente.

Melhora a pele e o cabelo

O exercício estimula a circulação sanguínea e, assim, a oxigenação das células de todo o corpo é favorecida. Além disso, também favorece a absorção de nutrientes, fazendo com que dessa forma os cabelos e a textura da pele fiquem muito mais radiantes e luminosos.

Reduz as dores crônicas

Ao treinar, hormônios conhecidos como endorfinas são liberados. Pelo menos 10 minutos de exercícios aeróbicos diários reduzem consideravelmente as dores crônicas e também as leves. Da mesma forma, esta liberação de endorfinas melhora o estado de humor da pessoa.

A prática regular de exercícios também é positiva para prevenir e reduzir os efeitos de doenças tais como Parkinson, Alzheimer e acidentes vasculares cerebrais, entre outras.

São muitos os benefícios que treinar regularmente proporciona. Assim, é aconselhável se exercitar por pelo menos 30 minutos três ou quatro vezes por semana. A combinação de atividade física com uma alimentação equilibrada é, portanto, a chave para uma vida mais longa, saudável e feliz.

Silva, R. S., Silva, I. D., Silva, R. A. D., Souza, L., & Tomasi, E. (2010). Atividade física e qualidade de vida. Ciência & Saúde Coletiva, 15, 115-120.