Variações na postura corporal para o supino

29 de maio de 2019
Todos os fãs do mundo esportivo e fitness conhecem o famoso supino. Muito já foi dito sobre a sua técnica de execução ou suas possíveis variações em relação ao seu ângulo de execução. Hoje vamos discutir as possíveis maneiras de fazê-lo de acordo com diferentes posturas corporais.

O supino é um exercício de competição no levantamento de peso, bem como um excelente recurso para quem pratica musculação. Existem diferentes variações do supino que podemos utilizar para maximizar resultados.

Além de tudo isso, esse exercício também representa um recurso indispensável para a melhoria no desempenho em praticamente qualquer esporte. Quais são as diferentes posturas que podemos adotar para executá-lo?

Ao longo dos anos, o gesto técnico deste exercício foi aperfeiçoado; da mesma forma, novas formas de executar o processo motor que ele exige foram criadas. Desta maneira, é possível obter melhorias em algumas partes do corpo, além de mudar a estimulação dos músculos predominantes no exercício.

Se você deseja conhecer o gesto técnico correto e os seus benefícios, é importante estar ciente das diferentes demandas para conseguir uma boa técnica para o supino. A seguir, vamos nos aprofundar em outros aspectos secundários, tais como a empunhadura e a posição do tronco e da parte inferior do corpo.

A evolução da empunhadura no supino

Quanto à empunhadura para a execução deste exercício, demonstrou-se que, para a correta estimulação peitoral, a distância entre as mãos voltadas para a barra deve ser a distância aproximada entre as cabeças dos úmeros – ossos dos ombros – multiplicada por 1,5.

O fator de variabilidade, sinal de progresso

Certamente é possível fazer uma pegada mais ampla para preparar o corpo para o movimento funcional com base nessa amplitude. Você pode até mesmo usar uma empunhadura mais fechada para ativar mais os tríceps.

Tudo vai depender do nosso objetivo de treinamento. Porém, as possibilidades de lesões que um modelo ou outro podem causar sempre devem ser consideradas. Ainda assim, quanto maior a variabilidade que aplicamos aos nossos gestos esportivos, maior o leque de benefícios que obteremos.

As variações de tronco no supino

As variações de tronco no supino

Se há uma coisa que podemos aprender no mundo fitness é que muitas teorias que antes eram a lei suprema se tornaram obsoletas em poucos anos. Portanto, podemos encontrar diferentes teorias que são atualizadas conforme novos benefícios e possibilidades de exercício são descobertos.

Diferentes maneiras de pensar

Ainda há muito debate sobre a posição do tronco e da coluna vertebral. As novas correntes mostram uma melhora no levantamento com uma curvatura levemente antinatural da região lombar e torácica.

No entanto, seria conveniente que um idoso não treinado fizesse essa posição com a pressão correspondente na coluna? Como a resposta é não, devemos saber que as particularidades de cada indivíduo são essenciais na hora de decidir usar uma variação do exercício.

Por isso existem muitas opiniões ligadas à saúde – e não ao desempenho – que propõem uma posição confortável e sólida para a execução do exercício. Desta forma, devemos nos concentrar na extensão dos braços e na contração muscular que é causada nos músculos mais exigidos.

Evoluir de forma sólida

Algumas questões básicas para alcançar os resultados desejados são senso comum: a evolução constante de menos para mais e, certamente, com as cargas corretas e adequadas. Uma vez atingido um certo nível em um exercício, poderemos levantar grandes quantidades de peso.

Além disso, devemos buscar uma técnica impecável, com uma velocidade perfeita de execução, ao mesmo tempo que nos adaptamos lentamente de forma cuidadosa garantindo a saúde estrutural do músculo, dos ligamentos, etc.

Os apoios da parte inferior do corpo no supino

E se disséssemos que nem sempre é necessário utilizar um apoio? O supino é um exercício que pode ser feito em uma máquina guiada, na qual não há a desestabilização criada pela barra suspensa nas nossas mãos.

Os apoios da parte inferior do corpo no supino

Variações para o supino ainda não estudadas

Os braços metálicos da máquina guiada nos convidam a expressar a nossa criatividade; por exemplo, fazendo uma menor extensão da parte inferior do corpo. Isso é feito para fortalecer a área lombar e abdominal por isometria e, assim, criar um treinamento misto, não focado em um único músculo.

Em suma, fazer uso das diferentes visões e experiências profissionais melhorará todo o espectro científico do treinamento.

No mundo fitness, muitos sistemas de treinamento podem ser úteis e todos podem ser melhorados, não há uma lei suprema. O supino não é uma exceção, por isso novas variações deste exercício tão eficaz sempre são postuladas.

  • Chulvi Medrano, I. y Díaz Cantalejo, A. 2008. Eficacia y seguridad del press de banca: revisión. Revista Internacional de Medicina y Ciencias de la Actividad Física y el Deporte vol.
    8 (32) pp. 338-352 Http://cdeporte.rediris.es/revista/revista32/arteficacia103.htm
  • Ejercicios para el tren superior: pectorales. AMICI. http://www.amicivirtual.com.ar/assets/files/musculacion/7ejercicios%20para%20miembro%20superior.pdf