Por que o fortalecimento excêntrico é importante?

11 de dezembro de 2019
O que é o chamado fortalecimento excêntrico? Trata-se de um programa de exercícios de desenvolvimento muscular alternativo aos tradicionais. Envolve ações de nossa vida cotidiana, como subir escadas.

O treino negativo é um tipo de exercício que você realiza diariamente e quase sem consciência disso. São os movimentos necessários para mover o seu corpo, que por sua vez podemos aproveitar para alcançar outros objetivos. Saiba mais sobre o fortalecimento excêntrico neste artigo.

Mais do que simples ações naturais, o fortalecimento excêntrico tem ganhado popularidade graças aos benefícios que possui. Esse tipo de exercício contribui principalmente para a regeneração das fibras e dos tecidos musculares.

A contração excêntrica, ou movimento negativo, é um processo fisiológico no qual os músculos tensionam sobre uma resistência externa. Ou seja, através do alongamento ou alargamento muscular que vai a favor da gravidade. Isso permite que você desacelere em uma caminhada ou ande em uma descida, por exemplo.

Essa desaceleração, porém, também pode levar a problemas musculares, especialmente para iniciantes sem o conhecimento para realizá-lo sem riscos.

Os problemas geralmente ocorrem quando se aplica a carga explosiva incorretamente, resultando em lesões por sobrecarga. Há situações que ocorrem com alguma frequência em alguns esportes, como futebol ou tênis, nos quais as freadas bruscas e mudanças repentinas de direção são comuns.

Uma opção a ser considerada

Dentro do mundo fitness, é necessário conhecer os diferentes tipos de exercícios que existem para fortalecer e ganhar massa muscular. Muitos praticantes podem ficar frustrados como resultado de uma estagnação no treino.

Parte do problema geralmente envolve o fato de que a maioria das pessoas prefere focar em movimentos concêntricos. Em muitas ocasiões, isso ocorre sem que se tenha verdadeira consciência disso.

O treino negativo é um tipo de exercício que você realiza diariamente e quase sem consciência disso
Imagem: Youtube FisioOnline.

No entanto, o movimento negativo pode aumentar a massa muscular em até 30%. Isso é alcançado com a tensão e a adaptação muscular. Ao mesmo tempo, o treino de força proporciona maiores resultados comparado ao treino regular.

Benefícios do fortalecimento excêntrico para os esportes

Se o objetivo é aumentar o desempenho esportivo, o fortalecimento excêntrico é especialmente benéfico para ganhar força em áreas específicas. Isso proporciona aos atletas flexibilidade e potência explosiva, além de maior resistência a altas cargas por períodos de tempo cada vez maiores.

Além disso, tem um impacto positivo nas articulações, pois proporciona mais estabilidade e equilíbrio. Como resultado, reduz o risco de lesões nessas áreas.

O motivo: esses exercícios acabam propiciando um aumento na produção de colágeno. Esse aumento se traduz em um melhor alongamento muscular e uma maior resistência por parte dos tendões.

Benefícios para a saúde e a reabilitação

Nos programas de reabilitação e fisioterapia, é comum o uso do fortalecimento excêntrico para a regeneração da junção miotendínea. Esses programas ajudam a reduzir o risco de ruptura muscular.

Além disso, em doenças crônicas, como a tendinite patelar, esse tipo de exercício proporciona uma melhora significativa na saúde. O desempenho e a função do tecido aumentam, com base na regeneração da degradação na área afetada.

Tudo isso tem um impacto no desenvolvimento neuromuscular, já que melhora as respostas nos movimentos concêntricos. Portanto, repercute em um maior controle e uma melhor execução a nível muscular.

Da mesma forma, evitam-se os desgaste que podem ser gerados a médio e longo prazo não apenas em alguns esportes, mas também em ações comuns e diárias, como descer escadas.

Precauções na prática do fortalecimento excêntrico

Os extremos nunca são recomendados. Você não deve abusar dos treinos que impulsionam o fortalecimento excêntrico. Esses exercícios podem ser altamente agressivos para o sistema muscular.

Precauções na prática do fortalecimento excêntrico

A intensidade é um dos motivos pelos quais se recomenda que as sessões desse tipo de prática sejam de microciclos. Não faça mais que três séries de cada exercício, com no máximo oito repetições. Além disso, você deve procurar ter um mínimo de 48 horas de descanso entre sessões.

Esses movimentos geram um aumento na pressão sanguínea. Por esse motivo, podem representar um impacto negativo na frequência cardíaca.

Se você sofre de alguma patologia do coração, deve procurar o especialista e explicar a situação com a finalidade de evitar doenças graves. Exercícios excêntricos são contraindicados para pessoas com cardiopatia grave ou hematomas musculares.

Iniciantes e esportistas experientes sempre devem contar um treinador para supervisionar a prática. Embora seja um treino ideal para otimizar o funcionamento do corpo, qualquer erro pode levar a situações bem desagradáveis, incluindo lesões de gravidade considerável.

  • De la Torre, G. 2016. Entrenamiento excéntrico. Extraído de: https://centropronaf.com/wp-content/uploads/2016/09/TRI-44-78-81-ENTRENAMIENTO-EXCENTRICO.pdf
  • Pardo – Ibañez, A.; Koral, J. Ejercicios excéntricos. Extraído de: http://femede.es/documentos/Ejercicios_excentricos_XXJJTrauma.pdf