Como fazer agachamentos corretamente?

27 de fevereiro de 2019
Existem muitos tipos de agachamentos, alguns com peso, outros com saltos, com caixa... Para ser capaz de fazer qualquer variante de agachamento, é necessário saber como fazer corretamente um agachamento normal; se você se acostumar a fazer o exercício base de forma inadequada, então o resto dos tipos será colocado em prática com erros.

Você sabe fazer agachamentos corretamente? Em inglês chamados de squats, são um exercício que trabalham principalmente as coxas, glúteos, quadris e abdômen. Além disso, fortalecem os ligamentos, ossos e tendões. Este exercício está presente em diferentes treinos graças à sua eficácia e benefícios para a saúde.

Fazer agachamentos corretamente não apenas exercita os músculos da melhor forma, mas também evita possíveis lesões. Isso é realmente importante porque você pode ter repercussões que afetarão seu desempenho no futuro. Então neste post vamos mostrar como fazer o agachamentos corretamente, continue lendo!

Mulher agachando no parque

A melhor coisa a fazer é certificar-se de fazer um agachamento bem executado. Não é concebível minimizar a importância da técnica ao realizar o exercício; já que pode causar lesões graves, como menisco rasgado ou ruptura do tendão de Aquiles. Mas não se preocupe, siga os passos abaixo e agache corretamente:

Como fazer agachamentos corretamente

1. Fique parado firme e ereto

A maneira como você está de pé é o começo do equilíbrio do agachamento. Por esta razão, você deve ficar com os pés separados na largura dos quadris.

Isso significa que eles não podem estar muito próximos ou muito distantes. As costas devem estar retas, nem arqueadas nem dobradas. Finalmente, o olhar tem que estar na frente e o abdômen contraído.

2. Mãos na frente

Coloque as mãos na frente, no mesmo nível dos ombros. Mantenha os braços esticados, mas sem tensão, isso ajudará você a manter o equilíbrio enquanto se agacha. Você pode colocar as mãos nos quadris se tiver controle suficiente do seu corpo para manter o equilíbrio durante o agachamento.

3. Flexione os joelhos

Este é um momento crucial, pois é o coração do exercício, ou seja, o agachamento em si. A flexão dos joelhos não deve ser muito rápida, mas também não deve ser lenta.

Além disso, você deve abaixar o corpo como se estivesse sentando em uma cadeira imaginária. As coxas devem ficar horizontais, nunca em uma linha diagonal e as panturrilhas devem estar em um ângulo de 90 graus.

Mulher fazendo agachamento

É essencial manter os joelhos alinhados com as pontas dos pés, os joelhos não devem exceder os pés. Se eles estão ultrapassando, você está fazendo errado. Então você deve sempre ter isso em mente ao fazer agachamentos para não colocar suas articulações e músculos em risco.

4. Alongamento

Esta é a parte final do exercício, retornando à posição inicial. Ao alongar os joelhos, certifique-se de não negligenciar a postura em geral. Isso significa que as costas devem permanecer retas, o abdômen contraído e os olhos voltados para a frente.

Nunca concentre a força no tronco para retornar, concentre sempre a energia no abdômen, coxas e glúteos.

Tome seu tempo

Tome o tempo necessário para agachar adequadamente e, se possível, fique na frente de um espelho nas primeiras vezes para se certificar de que você está fazendo tudo ao pé da letra. Embora não pareça importante, os pequenos detalhes, como alinhar os joelhos e manter as costas retas, garantem a eficácia do exercício.

Uma vez que você tenha se acostumado a fazer agachamentos corretamente, você pode tentar outros estilos mais desafiadores. Inclusive, fazer bem um agachamento também é ótimo em nível técnico para fazer outros exercícios, como burpees, supino e levantamento de peso.

O agachamento é um exercício que melhora a postura e queima calorias. Além disso, é um movimento implícito no nosso dia a dia, quando nos sentamos numa cadeira ou saímos da cama, colocamos em prática um movimento semelhante.

Este é um dos movimentos que você deve ser capaz de realizar, então certifique-se de fazê-lo da maneira correta!

Reiser, F. C., de Souza, W. C., Mascarenhas, L. P. G., & Grzelczak, M. T. (2014). Atividade muscular de membros inferiores no exercício de agachamento. ACTA Brasileira do Movimento Humano, 4(4), 90-102.