Treino funcional ideal para iniciantes

30 de setembro de 2019
Uma das tendências fitness com maior relevância atualmente é o treino funcional. Descubra como começar a praticá-lo e, assim, melhorar o seu desempenho a cada dia.

Atualmente, existem várias alternativas que podemos encontrar para praticar atividades físicas. No entanto, devido às suas características, o treino funcional possui muitos adeptos. A seguir, conheça quais são as chaves para começar a praticá-lo e quais são os exercícios que melhor se adaptam ao nível básico.

O que é treino funcional?

O funcional training, como também é conhecido, é uma das tendências fitness que está causando mais barulho atualmente, apesar do fato de poucas pessoas saberem definir claramente do que ele se trata.

Os exercícios funcionais em si são tarefas simples, executadas com o corpo inteiro e em diferentes planos de movimento, imitando em grande medida os movimentos que fazemos no dia a dia.

Um dos principais objetivos do treino funcional é a busca contínua pela transferência. Isso se refere aos ganhos de força ou coordenação transferidos para as atividades da vida cotidiana ou então para o esporte, a fim de melhorar o desempenho e reduzir o risco de lesões.

Outra característica do treino funcional, ainda mais nos níveis iniciantes, é o uso do próprio corpo quase que exclusivamente. Posteriormente, diferentes elementos podem ser incluídos, uma vez que já exista um domínio inicial.

Quem pode praticá-lo?

Qualquer pessoa que queira se superar e melhorar pode fazer um treino funcional. Porém, os próprios limites de cad aum devem ser conhecidos desde o início.

Para isso, é aconselhável ter a assessoria de um profissional das ciências do esporte, que deve fazer uma avaliação inicial e atuar como um guia, para evitar qualquer tipo de problema. Nesse sentido, um dos pontos-chave do treino funcional desde o nível inicial será a progressão.

Treino funcional

Benefícios do treino funcional para a vida cotidiana

Se você treinar o seu corpo de forma integral por meio dos exercícios funcionais, você obterá benefícios como os seguintes:

  • Melhora do equilíbrio.
  • Aumento do controle postural.
  • Melhoras em termos de coordenação.
  • Aumento da força nas atividades diárias.
  • Melhor desempenho esportivo.
  • Redução da probabilidade de lesões, tanto na atividade esportiva quanto na vida cotidiana.

5 exercícios de treino funcional para iniciantes

Se você deseja começar a praticar o treino funcional, vamos mostrar aqui os cinco exercícios mais recomendados com os quais você pode iniciar sua prática:

1. Agachamento

É um dos exercícios mais importantes para trabalhar a parte inferior do corpo. Basicamente, um agachamento tradicional estará imitando o nosso movimento para sentar e levantar de uma cadeira.

Devemos garantir a correta execução do exercício, pois ele pode representar uma grande demanda para os joelhos. Ao mesmo tempo, a posição correta das costas deve ser mantida, o que será essencial para reduzir o risco de lesões.

O treino funcional

2. Lunges ou afundos

Os afundos, juntamente com os agachamentos, são um dos melhores exercícios para trabalhar a parte inferior do corpo. No nosso dia a dia, é possível simular um passo mais amplo enquanto estamos andando.

Ao executá-los e, de acordo com o objetivo, é possível fazê-los para frente ou para trás, de maneira dinâmica ou estática. Para uma execução adequada, será essencial nunca deixar o joelho ir para a frente além da passar a ponta do pé.

Lunges ou afundos

3. Push ups ou flexões

As flexões são outro dos exercícios funcionais fundamentais. Essa é uma das melhores maneiras de trabalhar a força para empurrar, algo que usamos em muitas tarefas diárias. O esforço dos músculos da parte superior do corpo é exigido, especialmente o peitoral, os braços e a área do core.

A princípio, é conveniente fazer as flexões com os joelhos apoiados. Uma vez que se tenha força suficiente, esse apoio pode ser eliminado. Novamente, o princípio da progressão também vale aqui.

Push ups ou flexões

4. Pull ups ou puxada alta

Se anteriormente falamos sobre o movimento de empurrar, aqui estamos nos referindo ao movimento de puxar, que tem a mesma importância que o primeiro.

Uma ótima maneira de treinar esse movimento é com o conhecido exercício da barra, puxada alta, ou pull ups. Ao praticá-lo, vamos trabalhar os músculos das costas, bem como os braços e a faixa abdominal.

É aconselhável iniciar com os pés apoiados, em um primeiro momento. Quando ganharmos força, vamos eliminar o apoio do corpo até conseguirmos fazer a primeira puxada alta.

Pull ups ou puxada alta

5. Rotações de tronco

Certamente, o movimento de rotação do tronco deve ser uma prioridade no treino funcional, pois muitas pessoas lesionam as costas durante os movimentos de torção.

Um dos exercícios que mais funciona é feito com a faixa elástica. Ela deve ser segurada com as duas mãos, girando o tronco para, dessa maneira, exercitar a área do core.

Se você deseja iniciar ou incluir exercícios funcionais no seu treino, comece com esses exercícios apresentados aqui.

Sem dúvida, em pouco tempo, você poderá dominá-los e seguir em frente, além de perceber os seus efeitos na sua vida diária, o que ajudará a estabilizar todos os seus músculos. Assim, você poderá usar o seu corpo ao máximo, sem preocupações!

  • Bliss, LS and Teeple, P. Core stability: The centerpiece of any training program. Curr. Sp. Med. Rep. 4: 179-183, 2005.
  • Boyle, M. (2004). What is functional training? Functional Training for Sports. Human Kinetics.
  • Bryant, C.X. (1999). 101 frequently asked questions about health & fitness and nutrition & weight control. Sagamore Publishing.
  • DiStefano, Lindsay J; Clark, Micheal A; Padua, Darin A. (2009). Evidence Supporting Balance Training in Healthy Individuals: A Systemic Review. Journal of Strength & Conditioning Research. 23(9)