As 6 melhores posições de Yoga para pessoas pouco flexíveis

· 4 de março de 2019
Existem pessoas hiperflexíveis e outras que não têm essa capacidade. Seja devido à genética ou à falta de treinamento, a verdade é que isso não nos impede de desfrutar do Yoga.

Todos os corpos são diferentes, alguns são flexíveis por natureza e outros nem tanto. A verdade é que a flexibilidade pode ser trabalhada e desenvolvida mesmo nas pessoas pouco flexíveis, como qualquer outra habilidade. Colocar em prática posições de Yoga não apenas o tornará mais flexível, mas também o ajudará a conhecer seu corpo.

Yoga e flexibilidade

A palavra Yoga vem do sânscrito e significa união. O Yoga surgiu na Índia e é uma disciplina física que trabalha a conexão mente e corpo. Se você faz parte das pessoas pouco flexíveis e quer melhorar sua flexibilidade através do Yoga, este artigo é para você.

Antes de começar

O Yoga trabalha múltiplas funções do corpo, entre elas a flexibilidade. A característica benéfica do Yoga para melhorar a flexibilidade mesmo daqueles poucos flexíveis é que todas as posturas andam de mãos dadas com o relaxamento.

Aula de Yoga

Se você realizar as posições de Yoga ao se levantar ou antes de ir dormir, você não apenas será mais flexível, mas seu corpo e mente obterão muitos outros benefícios. É importante que, antes de começar, você saiba claramente os seguintes pontos:

  • Utilize roupas adequadas: utilize roupas confortáveis ​​que se ajustem ao seu corpo. Você fará movimentos diferentes, por isso é importante que as roupas não incomodem ou impeçam o movimento.
  • Encontre um espaço adequado: tente se posicionar em um espaço onde você tenha liberdade para se mover, onde não vai tropeçar ou limitar-se ao realizar uma postura porque não há espaço o suficiente.
  • Utilize um tapete ou uma toalha: o Yoga possui posições muito variadas, algumas no chão. Para evitar se machucar ou que apareçam hematomas, é importante que você utilize um tapete de Yoga, se você não tiver um, pode utilizar uma toalha de banho.
  • Relaxe e respire: é importante que você não esteja tenso ao realizar as posições de Yoga. Se você estiver tenso, como resultado, os músculos não se alongarão bem e, se você não mantiver um bom ritmo respiratório, o oxigênio não atingirá os músculos como desejado.
  • Aproveite: leve o seu tempo para realizar as posições, não se sinta pressionado.

Posições de Yoga para pessoas pouco flexíveis

Agora que você tem todas as recomendações, a parte mais emocionante chegou: as posições de yoga. Aqui você encontrará 6 posições de yoga ideais para pessoas pouco flexíveis:

Marjaryasana – Bitilasana

Essa postura também é chamada de o gato (Marjaryasana) e a vaca (Bitilasana). Essa postura é mais para um aquecimento, pois prepara o corpo para outras posições mais complicadas, trabalha a coluna e a circulação sanguínea. Dizem que essa posição estimula a autoestima e o equilíbrio emocional.

Posição da vaca

  • Execução: ajoelhe-se no chão e coloque as mãos na frente, como em posição de mesa. É importante que os joelhos estejam alinhados com os quadris e os braços com os ombros. Na primeira posição (Marjaryasana) as costas ficam arredondadas e a cabeça fica para baixo, na segundo (Bitilasana) os costas ficam arqueadas, a barriga fica pressionada para cima e a cabeça para dentro.

Baddha Konasana

Baddha Konasana ou borboleta é uma posição que abre os quadris e melhora a flexibilidade das pernas. Essa posição estimula um dos chacras, relacionado à criatividade e à determinação.

Postura da borboleta

  • Execução: sente-se com as costas erguidas e dobre os joelhos, traga os pés o mais perto de você possível. Você pode segurar seus pés com as mãos, mantenha essa posição. Se você quiser melhorar ainda mais o alongamento, você pode tentar colocar o peito nos pés, lembre-se sempre de manter as costas retas.

Uttanasana

Uttanasana vem do sânscrito, uttana significa alongamento intenso e asana, postura. Essa posição é muito boa para o corpo, ajuda a estimular a circulação sanguínea no cérebro e, além disso, acalma a mente. Uttanasana beneficia muito a flexibilidade das pernas, especialmente o tendão de Aquiles.

Uttanasana

  • Execução: esta posição começa com os pés juntos e os joelhos ligeiramente flexionados. Em seguida, toque o chão com suas mãos e mantenha as costas retas, pouco a pouco, você pode esticar os joelhos até chegar à posição original. Pessoas pouco flexíveis terão mais dificuldade, mas aos poucos poderão esticar as pernas.

Viparita salabhasana

Esta posição também é chamada de Super-Homem por simular a posição do Super-Homem quando voa. Viparita salabhasana é uma posição associada ao amor e à compaixão, favorece a flexibilidade e a força das costas.

Viparita salabhasana

  • Execução: deite-se de bruços com os braços estendidos para frente. Em seguida, tire os pés do chão (sem dobrar os joelhos) e levante o tronco o mais alto que puder.

Trikonasana

Trikonasana ou a posição do triângulo trabalha o equilíbrio e a flexibilidade. Dizem que Trikonasana desperta o chacra do prazer.

Posição de Yoga na praia

  • Execução: com os braços e as pernas estendidos, incline o tronco para frente, tocando a perna à frente com um braço (não necessariamente tocando o chão) e mantenha o outro para cima.

Anjaneyasana

Esta posição também é chamada de lua crescente. Anjaneyasana abre os quadris e alonga o quadríceps, diz-se que abre o chacra do coração e estimula a tranquilidade.

Anjaneyasana

  • Execução: coloque um pé para frente com o joelho flexionado em um ângulo de 90 graus, o joelho de trás em direção ao chão. As mãos podem descansar no chão ou se estenderem para cima.

Nunca se esqueça

Se você é uma das pessoas pouco flexíveis, não se preocupe, você deve ter muita paciência. A flexibilidade precisa de constância e disposição e às vezes seu desenvolvimento pode ser doloroso.

Por isso, o mais aconselhável é não exigir muito do corpo, você pode se machucar se o fizer. Nunca se esqueça de que seu corpo é um tesouro, portanto, você deve cuidá-lo e tratá-lo com a maior delicadeza possível quando trabalha com ele.

Cowen, V. S. (2010). Functional fitness improvements after a worksite-based yoga initiative. Journal of bodywork and movement therapies, 14(1), 50-54.
Tran, M. D., Holly, R. G., Lashbrook, J., & Amsterdam, E. A. (2001). Effects of Hatha yoga practice on the health‐related aspects of physical fitness. Preventive cardiology, 4(4), 165-170.