Ideias para coordenar uma academia

30 de janeiro de 2020
Todos gostamos de fazer exercícios e manter a forma, mas e a infraestrutura dos locais onde podemos fazer isso? A seguir, vamos analisar um modelo de um espaço especial que muitas pessoas frequentam diariamente: a academia.

A academia, cuja origem remonta à Grécia antiga, é o espaço no qual realizamos exercícios físicos ou práticas esportivas. O objetivo pode ser melhorar a saúde, o desempenho esportivo, a reabilitação de lesões ou simplesmente interagir com outras pessoas. A seguir, você encontrará algumas ideias para coordenar a sua própria academia.

Estrutura e organograma de uma academia 

Essas instalações estão cheias de máquinas e têm espaços abertos e fechados. Podem ser para exercícios predominantemente cardiovasculares, para força muscular, equipamentos menores, de instabilidade, piscinas ou esportes específicos.

As opções formam uma lista quase infinita, que na prática evoluirá com o tempo, dependendo do nível e das características da academia em questão.

Em relação à organização, esta geralmente pode ser uma empresa familiar ou uma cadeia de academias que atue no país inteiro, entre outros modelos

Na base, temos os instrutores, seguidos pelos personal trainers – se houver –, coordenadores que gerenciam o trabalho dos anteriores, administradores de planejamento ou finanças e, finalmente, os proprietários.

Ideias para coordenar uma academia 

Que aspectos fazem a diferença entre uma academia e outra? Principalmente a qualidade do serviço, a adaptação ao cliente e o ambiente saudável e amigável.

Como profissionais, devemos valorizar tudo o que envolve o negócio para levá-lo ao seu esplendor máximo. Aqui estão alguns exemplos de fatores a serem considerados:

Contratar profissionais qualificados

As leis esportivas de muitos países estão forçando a contratação de licenciados ou graduados em Ciências do Esporte, com a sua associação legal correspondente. Dessa forma, você garantirá que as pessoas cuidando dos clientes tenham uma formação oficial de mais de quatro anos.

Cabe ressaltar que esses licenciados devem ter experiência no setor de condicionamento físico, uma vez que essa carreira universitária abrange inúmeros setores esportivos e cada um é diferente em termos de especialização.

Fornecer ao usuário recursos para avaliar a academia e possibilitar melhorias

Para que a nossa academia funcione, precisamos não só ter uma clientela grande, como também ter usuários felizes e satisfeitos. Para conhecer a sua opinião, é essencial saber o que eles pensam sobre as nossas instalações e equipamentos, entre outros pontos relevantes.

Ideias para coordenar uma academia

Adaptar-se ao cliente

Todo profissional deve ter tato. O treinador que grita com um usuário acreditando que o está incentivando a conseguir levantar uma carga, ou o personal trainer que não fornece suporte emocional ao seu cliente, não está se adaptando a ele.

É necessário sempre se dedicar completamente ao aprendizado do usuário. Se não sentimos paixão pelo que fazemos, o melhor a fazer é nos dedicarmos a outra profissão.

Amáveis, mas ao mesmo tempo exigentes

Sempre devemos sorrir no local de trabalho e acolher o praticante. No entanto, caso tenhamos usuários com comportamento inadequado, após várias notificações, é melhor convidá-los a deixar a academia.

O caos que poucas pessoas podem criar fará com que muitas outras mudem para outra academia, na qual não precisem lidar com elas.

Criar eventos paralelos à academia

Uma maneira de fortalecer o clima amigável em nosso espaço esportivo é criar eventos externos, tais como um jantar, uma festa ou uma competição esportiva onde o treinamento adquirido possa ser colocado em prática.

Atenção a essa ideia, pois estas são iniciativas que te ajudarão a coordenar a sua academia e a aumentar a fidelização do cliente.

Promover cursos de formação para funcionários

O conhecimento avança dia após dia, por isso é necessário investir nas capacidades dos funcionários para oferecer um serviço de ponta. Devemos nos adaptar aos avanços e inovações.

“Se você cuidar dos seus funcionários, eles cuidarão dos seus clientes”
–Richard Branson (criador da bem-sucedida cadeia de academias globais Virgin Active) –

Utilizar um sistema informatizado

Atualmente, tudo é feito através dos computadores. Certos métodos clássicos já foram deixados para trás. Portanto, além de criar redes sociais com atividade constante e um site profissional, também devemos oferecer a possibilidade de criar tabelas de treinamento através da aquisição de um programa.

Dessa maneira, o usuário escolhe entre treinar por conta própria, ser guiado por um instrutor ou ser supervisionado por um personal trainer.

‘Crie fama e deite na cama’

O ato comunicativo do ‘boca a boca’ é um dos mais eficazes para vender o nosso negócio. Então, crie a fama de ser uma academia que não cuida de suas instalações ou clientes e muitas pessoas vão desistir de ir.

No entanto, se você conseguir que os seus usuários falem sobre a qualidade da sua academia, muitos dos seus conhecidos também vão se matricular. Mas cuidado: se não houver uma manutenção de qualidade em todos os aspectos da academia, ela vai cair e muitos usuários começarão a treinar em outro lugar.

Ideias para coordenar uma academia

O envolvimento é tudo em uma academia 

Em resumo, todas as ideias fornecidas neste artigo para coordenar uma academia, assim como outras existentes, podem fornecer uma ajuda extra. No entanto, se você não tiver o interesse de ter uma academia do nível mais alto e de mantê-la assim durante toda a sua fase de operação, tudo isso será inútil.

Sempre que nos envolvermos em algo, em um ideal ou em uma empresa, teremos ideias fenomenais para melhorar a classificação do nosso empreendimento. Dessa forma, poderemos nos sentir realizados e melhorar o retorno financeiro.

  • Jerónimo García Fernández y Francisco Pires Vega. Fidelización de usuarios mayores en centros de fitness: Gestión de clientes por programas de actividad física. Universidad de Sevilla. https://docs.google.com/viewerng/viewer?url=idus.us.es/xmlui/bitstream/handle/11441/16562/file_1.pdf?sequence%3D1&isAllowed=y
  • Boned, C.J.; Felipe, J.L.; Barranco, D.; Grimaldi-Puyana, M.; Crovetto, M. 2015. PERFIL PROFESIONAL DE LOS TRABAJADORES DE LOS CENTROS DE FITNESS EN ESPAÑA.
    Revista Internacional de Medicina y Ciencias de la Actividad Física y del Deporte. https://www.redalyc.org/pdf/542/54239641001.pdf
  • Brasero Ferreira, Alba (2013). Mecanismos de coordinación y estructuras de organización en centros de fitness y wellness. Proyecto Fin de Carrera / Trabajo Fin de Grado, Facultad de Ciencias de la Actividad Física y del Deporte (INEF) (UPM). http://oa.upm.es/43358/