A importância da motivação durante a atividade física

· 12 de fevereiro de 2019
Alguns dos sinais de falta de motivação são: não treinar com tanta frequência, começar o treino e abandoná-lo na metade ou ainda fazer os exercícios sem vontade.

Motivação vem do latim motivus, que significa ‘causa do movimento’. A grande importância da motivação é que ela é o combustível que nos impulsiona a fazer as atividades de todos os dias. Ela igualmente influencia no comportamento humano para atingir objetivos, satisfazer necessidades e obter sensações prazerosas.

Uma pessoa pode ter múltiplos motivos para se exercitar, tais como perder peso, manter um bom estado de saúde, se sentir melhor consigo mesma, entre outros.

Todas essas razões são motivos que nos impulsionam a fazer a atividade física. Além disso, quando a pessoa começa a sentir e a ver os resultados, isso a encoraja a manter a convicção para continuar se exercitando.

Qual a importância da motivação?

Muitas vezes, as pessoas começam a se exercitar com muita empolgação, compram roupas esportivas, pesos, sapatos especiais… Porém, depois de um tempo, elas abandonam a atividade física. Assim, a falta de motivação só pode levar a dois destinos: o fracasso ou a obrigação.

Mulher feliz na academia

Embora não se fale muito sobre a importância da motivação durante a atividade física, na verdade ela tem muito peso no desempenho da pessoa.

A obrigação de se exercitar não é uma forma de motivação, muito pelo contrário, essa é uma maneira de perdê-la; isso só deixa a pessoa presa em um ciclo vicioso de fazer algo com o qual ela não se sente completamente confortável.

Além disso, perder a motivação é caminhar lentamente até um ponto no qual você vai querer parar de se exercitar. Por esta razão, é preciso procurar alternativas para manter a motivação viva constantemente.

Isso é extremamente importante, já que nem sempre a razão que te motiva no começo pode continuar a ser a mesma que te motivará depois de um tempo.

Tudo está em você

A importância da motivação é imposta por você mesmo. Ou seja, o domínio de como as coisas acontecem durante a atividade física está nas suas mãos.

Se você começar a ter sinais de perda de motivação, então você é o responsável por fazer algo a respeito. Por isso, é preciso saber identificar quando e por que começamos a perder a motivação.

Certamente, haverá certos dias nos quais você não vai ter um rendimento muito alto durante o exercício, e isso é normal. No entanto, quando isso se torna algo cansativo e constante, então é preciso rever o que está acontecendo e como corrigir isso.

É necessário prestar atenção aos pequenos detalhes, fazer uma introspecção e então agir de acordo com o que você estiver sentindo.

Existem diferentes maneiras de manter a motivação ativa; mas primeiro de tudo você deve ter em mente que tudo muda. Então você deve estar aberto para experimentar novas opções que se adaptem a você.

Por exemplo, na dança, os bailarinos estão constantemente em busca de inspiração, algo que os mantenha conectados com o que fazem. Você deve agir da mesma forma com a atividade física, ou seja, encontrar a inspiração que faça um link com o treinamento.

Mulher animada diante de uma vista para o mar

Opções para se motivar

Não subestime a importância da motivação durante a atividade física. Caso você esteja no processo de explorar, encontrar inspiração e se envolver com o esporte, existem várias opções que são simples de aplicar e que podem te manter motivado enquanto você encontra uma motivação muito mais personalizada:

  • Planeje o que você deseja alcançar.
  • Inclua aspectos relacionados ao exercício no seu dia a dia.
  • Faça exercícios dos quais você realmente goste e com os quais possa se divertir.
  • Faça amigos com quem você possa se exercitar.
  • Evite se comparar com outras pessoas.
  • Tenha metas e objetivos claros.
  • Não dê atenção aos comentários negativos.
  • Saia da rotina e faça algo diferente depois de um certo período.

O fator motivação é o coração de todo um sistema que está em movimento; assim, se o coração falhar, o sistema igualmente falha.

Então, faça o possível para manter a motivação viva, para dessa forma poder se exercitar com frequência. Além disso, manter-se motivado é algo que pode ser percebido no desempenho esportivo, no seu estado de espírito e na paixão com que você faz os exercícios.

Você tem o controle da sua mente e do que você pode fazer com o seu corpo. Não deixe que a falta de motivação te afaste da quantidade infinita de coisas que você é capaz de alcançar. Assim, mostre o seu valor e então enfrente os desafios do mundo esportivo com toda a motivação do mundo!

  • Maslow, A. H. (1943). A theory of human motivation. Psychological Review50(4), 370–396. https://doi.org/10.1037/h0054346
  • Deci, E. L., & Ryan, R. M. (2008). Self-determination theory: A macrotheory of human motivation, development, and health. In Canadian Psychology(Vol. 49, pp. 182–185). https://doi.org/10.1037/a0012801
  • Gagné, M., & Deci, E. L. (2005). Self-determination theory and work motivation. Journal of Organizational Behavior26(4), 331–362. https://doi.org/10.1002/job.322
  • Wann, D. L., Schrader, M. P., & Wilson, A. M. (1999). Sport fan motivation: Questionnaire validation, comparisons by sport, and relationship to athletic motivation. Journal of Sport Behavior22(1), 114–139. https://doi.org/Article