Importância da técnica e da tática no esporte

8 de julho de 2019
Certamente você já ouviu falar sobre a técnica e a tática no âmbito esportivo. Mas você sabe especificamente a que esses conceitos se referem? Ambos são realmente importantes para conseguir um bom desempenho e alcançar os resultados desejados.

Técnica e tática são dois conceitos centrais em qualquer prática esportiva. No entanto, muitas vezes elas são confundidas e acabam perdendo o seu verdadeiro significado, assim como a importância vital que elas têm para o desempenho individual e coletivo. A seguir, vamos nos aprofundar nas características básicas de cada uma.

Essas são palavras que também são usadas em outras áreas, tais como a área empresarial ou a área militar, por exemplo. Mesmo nos meios de comunicação, geralmente escutamos bastante sobre elas. Porém, essa frequência não impede que os seus significados sejam confundidos ou mal interpretados.

Técnica e tática: definições

A primeira coisa que devemos considerar é ter bastante clareza em relação aos limites desses dois conceitos, já que, em algum momento na prática de um esporte, ambos convergem e se reforçam mutuamente. Isto é o que entendemos por técnica e tática nas modalidades esportivas:

Técnica

A técnica está ligada à aprendizagem motora de cada pessoa e consiste na execução de movimentos e nas habilidades necessárias para a prática de um esporte.

Ao contrário da tática, a técnica não leva em conta o fator da oposição do adversário. Pelo contrário, é inerente ao próprio atleta e só depende dele mesmo obter uma boa técnica e poder demonstrá-la no âmbito competitivo.

Tática

A tática no esporte pode ser individual ou coletiva. Nos dois casos a oposição do adversário é um elemento necessário para defini-la.

Basicamente ela consiste na resolução das ações de jogo, seja antes da competição ou durante o seu desenvolvimento, a partir das condições técnicas individuais e da combinação das ações em grupo.

Cada grupo ou indivíduo que compete em uma modalidade esportiva estabelece uma tática antecipadamente. Além disso, geralmente há treinos para praticar o que será implementado.

Técnica e tática: definições

Entretanto, também é necessário considerar que a tática sempre exige uma boa observação, já que as circunstâncias de uma partida podem mudar e, então, teremos que ‘improvisar’ para responder a elas. Lesões, gols, expulsões e tantos outros eventos podem alterar o desenrolar de uma competição.

Por que a técnica e a tática são importantes no esporte?

A técnica é, em suma, o que faz um atleta bom, regular, notável ou excelente. É a capacidade de traduzir em ações concretas o que o jogo exige e o que a cabeça do protagonista planeja e decide.

Portanto, é evidente que esse é um componente indispensável para o sucesso esportivo. O objetivo da técnica é o de alcançar a eficácia para resolver as situações da melhor maneira possível.

Enquanto isso, a tática também é central pois ela visa alcançar bons resultados em uma competição: marcar um gol, ganhar um jogo e se adaptar às circunstâncias de um determinado momento.

A tática potencializa a técnica porque faz com que um jogador desempenhe a posição ou função que melhor lhe convém de acordo com as suas características.

Para demonstrar a validade dessa afirmação, basta observar como o desempenho de um jogador diminui quando o diretor técnico lhe atribui um papel que ele não está tecnicamente preparado para desempenhar.

Por exemplo, no caso do futebol, isso é visto frequentemente quando o técnico pede a um defensor que se envolva em funções ofensivas. Embora ele possa fazer isso bem em jogadas específicas, certamente a sua falta de técnica para conduzir, driblar e chutar ficará exposta se ele tentar fazer isso repetidamente.

Tática e estratégia não são a mesma coisa

Tática e estratégia não são a mesma coisa

De acordo com Sampedro (1999), a estratégia é semelhante à tática em termos de planejamento antecipado, mas engloba muitos aspectos que ultrapassam o imediatismo da competição.

Por exemplo, a estratégia abrange conceitos tais como o planejamento do treinamento, a alimentação, a seleção de atletas, etc. O objetivo perseguido é mais amplo e muitas vezes tem a ver não apenas com resultados esportivos, mas também com o aprimoramento do desempenho de um atleta ou grupo.

Finalmente, podemos distinguir diferentes tipos de tática: individual (em esportes individuais), coletiva, defensiva, ofensiva etc. O ponto é que todas elas devem contemplar as possibilidades técnicas de seus executores e, em todos os casos, fornecer recursos para executar as decisões corretas de acordo com as circunstâncias.

  • Joan Riera Riera. Estrategia, técnica y táctica deportivas. INEFC Barcelona. https://volley4all.files.wordpress.com/2015/10/039_045-056_es.pdf
  • Javier Sampedro Molinuevo. Análisis de la estrategia de los deportes: concepto de técnica, táctica y estrategia. Universidad Politécnica de Madrid. http://ocw.upm.es/educacion-fisica-y-deportiva/analisis-de-la-estrategia-de-los-deportes/contenido/Tema_1/Tema_1_Estrategia.pdf
  • Estrategia, táctica y técnica deportiva. 2013. Universidad Católica de San Antonio de Murcia. https://www.ucam.edu/sites/default/files/estudios/grados/cafd/71_4_47_opt_estrategia_tactica_y_tecnica_deportiva_71_4_47_opt_1_.pdf
  • Fundamentos de la Táctica Deportiva. Análisis de la estrategia en los Deportes de Equipo.
    Sampedro, J. Editorial Gymnos.1999