Praticar artes marciais aumenta a capacidade de atenção

· 3 de janeiro de 2019
Se superarmos os estereótipos relacionados a esse tipo de esporte, veremos que as artes marciais trazem muitos benefícios, e um deles é o aumento da concentração.

O judô, o karatê ou o taekwondo são atividades onde a disciplina, a continuidade e a prática são consideradas necessárias. Nesse contexto, não é difícil entender por que as artes marciais aumentam a capacidade de atenção das crianças e também dos adultos.

As artes marciais e seus benefícios

As pessoas que praticam artes marciais podem desfrutar de muitas vantagens, entre elas uma capacidade de atenção superior e um maior estado de alerta, assim como melhores reflexos e habilidade de resposta no momento de tomar decisões.

Quando nos referimos a um maior estado de alerta, isso significa que com esse esporte desenvolvemos a capacidade de perceber o perigo ou um estímulo, de nos concentrarmos mais em nossas atividades ou tarefas e escolher as melhores soluções em menos tempo.

Mulher praticando artes marciais no parque

Basicamente, podemos dizer que aquele que pratica uma arte marcial pode reagir mais rapidamente às mudanças, podendo, por exemplo, evitar um acidente a tempo.

Isso se deve ao fato de que nas aulas aprendemos a antecipar o movimento do adversário e a tomar decisões rápidas para neutralizar os golpes.

Talvez você se lembre do filme Karate Kid. Nele, o Sr. Miyagi, antes de ensinar karatê para Daniel, pede a ele para ‘encerar e polir’ um carro com movimentos circulares para fora e depois para dentro. O seguinte ensinamento do karateca protagonista é pintar uma cerca de um lado para o outro.

No início, o aluno não entende o que o professor indica e acredita que ele está brincando. Na verdade, sem perceber, ele está adquirindo as técnicas do esporte… E é assim que ele consegue “desviar” dos golpes do mestre sem problemas.

Tanto o judô quanto o karatê (entre outras artes marciais) são considerados uma combinação perfeita entre exercício físico e mental, com efeitos que o mindfulness traz.

Não podemos ignorar que, durante a prática dessas disciplinas, a concentração, a perseverança e a responsabilidade são recompensadas.

Também não podemos ignorar o lado “espiritual” ou mental dessas artes. Nelas, além de treinar o corpo, trabalha-se o cérebro através da repetição de movimentos ou do aprendizado das técnicas.

Mulher praticando artes marciais na floresta

Que outros benefícios as artes marciais proporcionam?

Se a melhoria na capacidade de atenção não é suficiente para que você tome a decisão de praticar artes marciais, a seguir te contamos quais benefícios adicionais este tipo de esporte apresenta:

1. Defesa pessoal

Embora as artes marciais não ensinem a “lutar na rua” ou ser violento para resolver problemas, elas nos dão as ferramentas para nos defendermos em caso de ataque.

Embora pareça contraditório, essas disciplinas ajudam a ter uma vida mais pacífica, calma e longe de conflitos.

2. Peso normal

Além de uma ‘arte’, as disciplinas marciais são um esporte, com tudo o que isso implica. Treinar taekwondo, judô ou karatê permite perder peso, definir os músculos e desfrutar de uma saúde excelente – se acompanhada de uma dieta equilibrada e hábitos saudáveis.

3. Flexibilidade e força

Outros dos benefícios das artes marciais a nível físico envolve um aumento na flexibilidade de pernas e braços, devido aos exercícios ensinados nas aulas.

E enquanto a prática não inclui o levantamento de pesos, aqueles que realizam esta atividade têm mais força para realizar tarefas diárias e no tatame.

4. Coordenação e resistência

As artes marciais são muito completas e representam um exercício aeróbico de qualidade. Portanto, aqueles que as praticam desfrutam de maior resistência física – pulmonar e cardíaca – quando correm, andam de bicicleta, sobem escadas ou realizam qualquer outra atividade.

Por outro lado, para realizar as técnicas requeridas é necessária grande coordenação e equilíbrio, duas virtudes que também têm suas consequências positivas na vida cotidiana.

5. Disciplina e compromisso

Para as crianças, as artes marciais são a melhor maneira de respeitar as ordens dos adultos, de se comportar corretamente e de levar uma vida disciplinada. E não apenas isso, o fato de se comprometerem com as regras esportivas os leva a serem mais organizados na escola e em casa.

Crianças praticando artes marciais

Por último, não devemos ignorar o fato de que praticar artes marciais é perfeito para superar e alcançar nossos objetivos. Porque, como é comumente dito, o principal ‘inimigo’ no ringue ou no tatame não é o outro, e sim nós mesmos.

  • sara garcia isodoro, francisco miguel tobal, pilar martin escudero & victor omar castellanos sanchez. (2015). Las artes marciales , su origen y actualidad : Una visión enfocada en el Judo , Karate y Wushu. Orientando; Temas de Asia Oriental , Sociedad y Economia.