Capoeira: uma dança, arte ou esporte?

· 10 de janeiro de 2019
É comum nos perguntarmos o que é realmente a capoeira. Embora muitos a tenham definido como uma dança, a capoeira é classificada como uma arte marcial. De qualquer forma, ela é uma ótima opção para se exercitar, perder calorias e ganhar qualidade de vida.

A capoeira virou moda há várias décadas e ainda hoje há muitos que a praticam. Foi definida como uma dança de origem brasileira, mas parece que há dúvidas sobre essa definição.

O que é capoeira?

Segundo um editor de uma revista brasileira de renome, ele a definiu da seguinte forma:

“Combina o equilíbrio e a flexibilidade das acrobacias, a graça e a força da dança, a velocidade e astúcia da luta, e tudo isso ao ritmo da música”.

Dada a controvérsia de estar entre a dança e as artes marciais, podemos intuir que seus movimentos vão além. Parece que, embora seu principal desenvolvimento tenha ocorrido no Brasil, foram os descendentes de africanos que a criaram baseados em movimentos que eles mesmos usavam para aclamar seus deuses.

Homens fazendo capoeira

E embora hoje possamos ver a prática de capoeira com diferentes estilos de música, a original, que foi criada no século 16 pelos nativos brasileiros, deve ser praticada com a música do berimbau, um típico instrumento africano.

A capoeira é uma dança

Sim, também se pode dizer que a capoeira é uma dança, porque todos os movimentos são realizados ao ritmo da música. De fato, a capoeira é praticada em rodas ou círculos nos quais os músicos e capoeiristas se encontram. Dois deles dançam ao centro enquanto os outros cantam, tocam música e aplaudem.

Então, se essa arte marcial, esporte ou o nome que quisermos chamá-la, é tão relacionada à música, isso significa que ela também pode ser considerada uma dança.

A capoeira é uma arte marcial

Esta é a sua principal definição e para o que foi criada. Seus movimentos são baseados nas artes marciais mais antigas. Acredita-se que foram os escravos que, na ânsia de serem treinados para resistir às humilhações e à opressão, treinavam secretamente com esses movimentos.

Parece que os movimentos principais surgiram de uma dança de corte que os jovens africanos usavam em Angola. Por isso, para aqueles que compraram os escravos, não seria estranho ver estes movimentos.

Então a capoeira foi estendida como uma forma de treinamento que seria usada para lutar contra seus donos e obter sua liberdade. É por isso que entre seus movimentos mais proeminentes estão chutes e varreduras no nível do solo.

Dos homens dançando capoeira na academia

A capoeira é um esporte

E é claro que não podemos negar que a capoeira é um esporte porque os corpos daqueles que a praticam constantemente mostram que os músculos são trabalhados intensivamente.

Seus movimentos trabalham não apenas os músculos mais externos, mas também os mais internos, o que cria uma definição mais visível e duradoura.

Como os movimentos são feitos com todo o corpo, a capoeira é capaz de trabalhar todas as áreas dos músculos sem deixar um único canto onde não haja um estímulo.

Mas, além disso, a capoeira também tem múltiplos benefícios para nosso corpo e nosso organismo. Estes são alguns que queremos citar:

  • Melhora o equilíbrio
  • Aumenta nosso senso de ritmo
  • Ajuda a melhorar nossa postura corporal
  • Impede que músculos e articulações atrofiem
  • Ativa o metabolismo
  • Melhora nossa circulação e saúde cardíaca

Qualquer movimento que façamos com nosso corpo sempre será benéfico, e com a capoeira não seria diferente. Embora não pareça um esporte-arte-dança muito animado, nosso corpo trabalha por dentro, que no final é o que importa para nós.

Claro que se você quiser tentar praticar esta disciplina, faça isso com a ajuda de um profissional. Há várias casas oferecendo aulas de capoeira e esse pode ser enfim seu exercício do coração.