Termogênico ou queimador de gordura: o que escolher?

· 8 de setembro de 2018
Vamos ver as principais diferenças entre produtos termogênicos e queimadores de gordura, para que você escolha qual deles é melhor para você e o que esperar deles

Um dos principais objetivos que buscamos ao fazer esportes é queimar gorduras para nos sentirmos melhor por dentro e também por fora. Às vezes, acreditamos que precisamos de aliados que nos ajudem a alcançar essa meta, e aí entra em jogo a questão que vamos analisar neste texto. O que devemos escolher: termogênico ou queimador de gordura? Qual você prefere?

O que é um termogênico

Os termogênicos só funcionam se combinados a uma dieta adequada e ao exercício, algo que você já está fazendo. Ele será um complemento ideal para alcançar seus objetivos.

Esse tipo de produto influencia diretamente no metabolismo, fazendo com que a temperatura corporal aumente e, portanto, o corpo tenha que trabalhar mais para poder voltar ao estado habitual. O problema é que, em certas ocasiões, haverá efeitos secundários, como a taquicardia ou a agressividade.

Mulher estressada no celular e no computador

Existem muitos diferentes tipos de termogênicos no mercado, e podem ser inclusive compostos por alguns queimadores de gordura entre outras substâncias como a cafeína. Fazendo uma comparação entre eles, você poderá escolher facilmente o que mais se adapta a você.

Como funcionam os queimadores de gordura

Os queimadores de gordura se concentram na combustão de gordura e aceleram esse processo para eliminá-la do corpo mais rapidamente. Por exemplo, o chá verde, o vermelho ou a L-Carnitina são enzimas e substâncias que favorecem essa atividade.

Mesmo sabendo que podemos tomar esses componentes de maneira natural, a efetividade dos preparados e compostos é visível porque eles são mais concentrados, e portanto são mais efetivos.

Mesmo que queiramos eliminar a gordura de alguma parte específica do nosso corpo, vale mencionar que os queimadores de gordura funcionam de uma forma geral e não localizada. A gordura é usada pelo corpo como energia e a que não é gasta se acumula.

O que escolher: termogênico ou queimador de gordura?

Primeiramente, vale destacar que o queimador de gordura mais escolhido é a L-Carnitina, enquanto que entre os termogênicos não há um que se destaque muito mais do que outros.

A L-Carnitina é um aminoácido que nosso corpo gera e também que absorvemos a partir de certos alimentos. Ele é o encarregado de transportar as gorduras para que elas sejam usadas como combustível, e assim não fiquem paradas em nenhuma parte do corpo.

Além disso, impede a destruição da massa muscular e promove uma otimização do uso do glicogênio. Esse aminoácido também reduz o dano muscular que o exercício provoca e aumenta o nível de oxigênio no sangue.

A L-Carnitina é, portanto, o aliado ideal para quem quer perder peso e gordura sem perder músculos e, ao mesmo tempo, aumentar sua resistência ao exercício.

Mas enfim, o que escolher?

E já que chegamos a esse ponto, surge a pergunta: termogênico ou queimador de gordura? Pois bem, a resposta para isso dependerá de diversos fatores, como por exemplo, há quanto tempo você pratica esportes.

Por exemplo, se você não pratica esporte há mais de oito meses, é melhor optar pela L-Carnitina. Por quê? Porque sua frequência cardíaca subirá ao máximo ao fazer exercício, e os termogênicos agravariam essa situação, submetendo seu coração a taquicardias quase constantes. Você pode chegar até a sofrer de hipertensão.

Do outro lado estão as pessoas que fazem exercícios diariamente ou muito regularmente. Para essas, os termogênicos serão o aliado ideal. Como seu corpo já está adaptado a ser submetido à pressão do exercício, não haverá problema em consumir esse complemento.

Isso, é claro, não impede que possam surgir os efeitos colaterais. Havendo qualquer aparição destes, deve-se deixar de consumir o suplemento imediatamente.

Halteres e suplemento l-carnitina

Outro fator a ser levado em conta é a rapidez com que você quer ver resultados. A L-Carnitina traz resultados a longo prazo. Na verdade, estima-se que você começará a ver resultados depois de seis meses.

Os termogênicos, por outro lado, mostram bons resultados mais rapidamente. Nenhum dos dois, porém, como dissemos antes, funcionarão se você não combiná-los com uma dieta hipocalórica e exercícios.

Esperamos que essas informações lhe ajudem a decidir a escolher entre o termogênico ou queimador de gordura, e que você encontre seu aliado perfeito na busca de seus objetivos.