Shakes de proteína com maltodextrina

9 de agosto de 2019
Aprenda sobre os benefícios e os efeitos prejudiciais da maltodextrina, uma substância presente em muitos shakes de proteína.

Os shakes de proteína são básicos no plano de treinamento de muitos atletas. Existem diferentes marcas, sabores e composições, e hoje vamos nos concentrar em um componente em particular. Trata-se da maltodextrina, um componente presente em cada vez mais shakes de proteína.

Além de detalhar as suas características, também vamos falar sobre os benefícios do seu consumo e, como não poderia deixar de ser, sobre o seu lado mais prejudicial. Aprenda todos os detalhes desse componente controverso, que tem tantos defensores quanto opositores.

O que é a maltodextrina?

A maltodextrina é um componente amplamente utilizado na preparação de shakes de proteína devido ao aumento de energia que ela fornece ao organismo. Geralmente é consumida pelos atletas que trabalham força ou resistência, pois proporciona um pico de energia muito alto e rápido.

A maltodextrina é o resultado da união de uma série de moléculas de glicose. Dessa forma, quando ingerida, os níveis de glicose no corpo aumentam rapidamente e permanecem assim durante um tempo. Há, então, a energia extra de que os atletas tanto precisam quando submetem o corpo a grandes esforços.

Benefícios da maltodextrina

A maltodextrina pode ser muito benéfica, desde que seja usada de forma adequada e na dose certa. Um conselho muito útil é que ela sempre seja comprada em lojas especializadas e com a assessoria de um profissional.

A indicação vai depender da quantidade desse componente no produto — que varia de acordo com a marca — e da intensidade e do tipo de exercício que você praticar.

Ao consumir shakes de maltodextrina ricos em proteína da maneira certa, você pode obter estes benefícios:

  • Durante o exercício, o desempenho melhora e a fadiga é adiada.
  • Após o exercício, ajuda a tornar a recuperação mais rápida e eficaz.
  • Promove a absorção de proteínas.
Benefícios da maltodextrina

Efeito prejudicial

Assim como já comentamos em outras ocasiões, os shakes de proteína devem ser tomados apenas na dose adequada. É falsa a ideia de que consumir uma quantidade maior do que o indicado favorece o aumento da massa muscular e a rapidez com que isso é alcançado.

Pelo contrário, um consumo maior do que o recomendado provoca um aumento de gordura no corpo e, portanto, um aumento de peso. Longe do objetivo de definir os músculos, o que se consegue é o aumento do peso como resultado do acúmulo de gordura.

Além disso, os shakes que contêm maltodextrina são totalmente proibidos para os dois grupos de pessoas que vamos mencionar abaixo. Se você está em um deles, então não deve consumi-los sob nenhuma circunstância:

Pessoas diabéticas

As pessoas com diabetes não devem consumir shakes de proteína que contenham maltodextrina sob nenhuma circunstância, uma vez que a sua saúde pode ser gravemente afetada.

Isso ocorre porque a maneira pela qual os shakes proporcionam um aumento na energia é através dos carboidratos, algo não recomendado para pessoas diabéticas.

Embora a maltodextrina não seja tão prejudicial quanto a dextrose, ela também pode ter efeitos muito prejudiciais. A dextrose causa um grande pico de glicose no organismo – um aumento muito grande de energia. Em contraste, a maltodextrina não torna os níveis tão altos, mas faz com eles sejam mantidos durante mais tempo.

Pessoas celíacas

As pessoas que sofrem de intolerância ao glúten devem evitar o consumo de shakes de proteína com maltodextrina, a menos que esteja devidamente certificado na embalagem que eles foram submetidos a processos através dos quais o glúten foi removido.

A maltodextrina é prejudicial aos diabéticos

Infelizmente, esse geralmente não é o caso. Então, diante da dúvida, a melhor decisão a ser tomada é não consumir o produto.

A maltodextrina é obtida a partir do amido, que pode ser proveniente da cevada, do trigo, do milho ou de outros alimentos. Portanto, a menos que seja especificado de onde ela foi extraída, ela não deve ser consumida. As consequências podem ser muito prejudiciais.

Em qualquer desses casos, o melhor a fazer é consultar um médico especialista e também o profissional do estabelecimento onde você estiver comprando os shakes. Ambos podem te aconselhar da maneira mais apropriada. Assim, você vai aproveitar as virtudes desse composto sem comprometer o seu bem-estar.