Como fazer sua própria pizza caseira em 50 minutos

· 4 de janeiro de 2019
Vamos ver como fazer uma receita de pizza caseira muito rápida, para que a falta de tempo não seja um motivo para não cozinhar e deixar de comer bem

Quem não gosta de pizza? Esta tradicional receita italiana de pizza caseira conquistou todos os países da Europa e do resto do mundo. Nas últimas décadas, tornou-se popular e muitas pizzas pré-cozidas ou preparadas têm aparecido em cadeias de restaurantes especializadas neste prato.

Isso fez com que a receita tradicional fosse modificada e, do ponto de vista nutricional, poderíamos dizer que piorada. Como o caseiro é o mais saudável, hoje sugerimos que você faça sua própria pizza caseira em 50 minutos.

Em pouco tempo você terá uma pizza pronta no mais puro estilo italiano. Será uma receita saudável, nutritiva e adequada para qualquer tipo de dieta. Então você já sabe, coloque o seu avental e tome nota das receitas que vamos propor. Como você vai ver, fazer sua própria pizza caseira em 50 minutos é muito mais fácil do que você pensa.

Receita de pizza caseira

Passo 1: elaboração da massa

Massa crua de pizza sendo feita

O primeiro passo será fazer a massa. Como você verá, fazer uma massa de pizza no mais puro estilo italiano é muito fácil e poucos ingredientes são necessários. Para uma pizza para quatro pessoas, precisamos:

  • 250 gramas de farinha
  • 10 gramas de sal
  • 10 gramas de fermento
  • 160 mililitros de água morna

Dependendo de quão grossa gostamos da massa, podemos adicionar mais ou menos levedura. As 10 gramas são uma quantidade indicativa. Vamos começar colocando a farinha em uma tigela e misturando com o sal. Em seguida, adicione a água e o fermento e misture para formar uma massa compacta.

Então vem um dos passos mais importantes, deixar a massa descansar. Vamos fazer uma forma de bola e deixar na tigela por um período mínimo de 10 minutos. Para que a massa não seque, cubra com um pano.

Uma vez que a massa descansou, espalhe-a em papel manteiga e estique até atingir o tamanho desejado. É importante que toda a massa tenha a mesma espessura para que cozinhe corretamente.

Quando a massa já estiver esticada e tiver uma aparência redonda, cubra-a novamente com um pano e deixe descansar por vinte minutos.

Passo 2: fazendo o recheio

Se ainda não fizemos a borda da pizza, este é o momento. Simplesmente aperte as bordas para que elas tenham mais volume. Além do motivo estético, graças às bordas a pizza fica mais fácil de comer, porque os ingredientes não caem.

Uma vez que as bordas são feitas, a primeira coisa a fazer é espalhar uma camada fina de tomate por toda a superfície. Dependendo do seu gosto, você também pode polvilhar um pouco de orégano. Muitas vezes o orégano é jogado no final do tudo, mas é junto com o tomate onde seu sabor fica mais perceptível.

Agora é a vez do queijo. Aqui temos várias opções. O mais comum é polvilhar em cima do tomate uma camada generosa de queijo ralado. Para os amantes de queijo propomos cobrir toda a superfície com fatias de queijo e reservar o ralado para polvilhar a pizza quando todos os ingredientes estiverem presentes.

Finalmente adicionamos os principais ingredientes da pizza fatiada. Existem tantas possibilidades quanto gostos e pessoas. Recomendamos que você liberte sua imaginação. Se você precisa de ideias, aqui propomos uma série de idéias:

  • Tomate natural fatiado, queijo e atum
  • Cogumelos laminados com bacon fatiado
  • Berinjela, abobrinha, pimentão e cebola picada

Passo 3: cozimento

Pessoa colocando a pizza para assar

Agora que a pizza caseira está pronta, ela só precisa ser cozida. Para isso, pré-aquecemos o forno a uma temperatura de 220 graus. Introduzimos a pizza e cozinhamos apenas com a resistência de baixo do forno. Isso ocorre porque a parte inferior, onde a massa está, leva mais tempo para cozinhar.

Após 5 minutos, ativamos a resistência superior e mantemos o calor em ambas as superfícies por alguns minutos. Finalmente, tiramos a pizza do forno e a nossa pizza caseira está pronta para comer.

Certamente, se você tivesse ligado para a pizzaria teria levado o mesmo tempo ou até mais. Como você pode ver, fazer sua própria pizza só tem vantagens. Sabemos o que comemos, incluímos apenas ingredientes saudáveis ​​e, claro, podemos aproveitar a a satisfação de comer algo feito por nós mesmos.