3 países com uma boa alimentação para se inspirar

21 de abril de 2019
Em geral, as tradições gastronômicas dos países tendem a ser saudáveis e equilibradas, uma vez que são o resultado de muitos anos de experiência cultural, mas há alguns países que se destacam acima de outros nesse aspecto

Hoje vamos revisar a gastronomia dos países com uma boa alimentação. Convidamos você a fazer essa viagem ao redor do mundo conosco para conhecer os alimentos mais saudáveis de cada país.

Descubra os principais ingredientes de cada região e incorpore-os na sua dieta para assim melhorar sua saúde e também reduzir o risco de doenças.

Países para se inspirar por sua boa alimentação

Japão

O Japão é o país com a mais longa expectativa de vida do mundo e com as menores taxas de obesidade. De fato, isto se deve principalmente à comida, pois a comida japonesa é caracterizada pela sua variedade, pelo consumo de ingredientes frescos e cozidos de forma saudável e natural.

A comida japonesa é caracterizada pela sua variedade

De todos os ingredientes da culinária japonesa, que são muitos e variam drasticamente de uma região para outra, destacamos os seguintes:

  • Arroz integral. É a base da alimentação de qualquer japonês. O arroz integral contém vitaminas do complexo B, minerais, carboidratos e proteínas. Poucos alimentos são tão completos e com tantos benefícios como este, por isso é importante inclui-lo em nossa dieta.
  • Chá verde. Se adicionarmos as propriedades do chá verde à benéfica dieta japonesa, não é de se estranhar que os japoneses sejam, de fato, os cidadãos mais longevos do mundo. O chá verde contribui para a melhoria do sistema nervoso, facilita a digestão e além disso é rico em antioxidantes.
  • Soja. A soja é um alimento tão versátil que os japoneses a consomem na forma de brotos, molho, óleo, missô ou farinha. Ela fornece vitamina B, fósforo, cálcio e ômegas 3 e 6.
  • Maçã. A maçã fuji se destaca entre todas as frutas que os japoneses consomem. De fato, esta variedade ganhou o mundo e atualmente pode ser encontrada em todos os cantos do planeta. Isso não é uma coincidência, a maçã fuji é uma fonte de vitamina C e fibras.

O que faz dos japoneses os cidadãos com a melhor saúde não é apenas a comida. Os hábitos japoneses contribuem significativamente para o bem-estar da população japonesa.

De todos os hábitos, destacamos a pequena quantidade de alimentos que consomem. Os japoneses fazem várias refeições leves por dia e, além disso, cozinham de forma cuidadosa e saudável. Juntamente com as refeições leves, longas caminhadas são outro dos truques para manter sua saúde.

Espanha

Graças à dieta mediterrânea, a Espanha é um dos países com dieta mais saudável. A base da alimentação de qualquer espanhol são produtos frescos, como por exemplo peixe, carne ou legumes. Uma dieta saudável, variada e equilibrada que é famosa em qualquer parte do mundo.

Os estabelecimentos de fast food e as preparações pré-cozidas, porém, proliferaram nos últimos anos. Isso inegavelmente afetou diretamente a saúde dos espanhóis e  sobretudo a dos jovens. A Espanha é um dos países europeus com a maior taxa de jovens com sobrepeso e obesidade.

Mas, voltando para as origens, a seguir apresentamos os alimentos que fazem da dieta espanhola uma das mais saudáveis.

  • Azeite de oliva. O ouro líquido é o ingrediente essencial de qualquer receita espanhola. Seja qual for a preparação, ela sempre começa adicionando um pouco deste ingrediente rico em ácido oleico que tem muitos benefícios.
  • Frutas e vegetais. A Espanha e, principalmente, a comunidade da Andaluzia, tem uma horta invejável. Ao longo do ano é possível comer ingredientes saudáveis, frescos e criados no próprio país.

Grécia

A Grécia é um país com uma boa alimentação

Sem dúvida, a Grécia é outro país com uma boa alimentação. Sua localização privilegiada no Mar Mediterrâneo faz com que tenha à sua disposição uma grande variedade de produtos frescos.

Por essa razão, bem como por seu clima temperado, saladas e elaborações frias são muito comuns. A seguir, destacamos alguns dos principais alimentos da culinária grega.

  • Queijo feta. Embora seja verdade que este país tem uma grande variedade de queijos, o feta se destaca acima de todos. Feito de leite de ovelha – às vezes também de leite de cabra – ele fornece proteína, cálcio e, além disso, baixo teor de gordura.
  • Peixe. Devido à sua localização costeira, o peixe é, de fato, um alimento de consumo diário na Grécia. Eles costumam cozinhá-lo de uma forma muito saudável, sem empanar e acompanhado com molhos leves ou legumes.
  • Iogurte grego. A sobremesa mais típica da Grécia é também uma preparação saborosa e saudável. Na verdade, pouco se parece com o que podemos comprar em qualquer supermercado rotulado como iogurte grego. O segredo desta elaboração é que o soro é eliminado após o processo de fermentação.