6 mitos sobre a alimentação: você já caiu em algum deles?

· 8 de janeiro de 2019
A comida é uma questão muito importante na nossa vida cotidiana. Por isso, no artigo a seguir, vamos decifrar alguns mitos populares sobre a alimentação

Os mitos sobre a alimentação sempre estiveram presentes na sociedade. A incerteza e a falta de informação são algumas das razões pelas quais os hábitos alimentares se movem na direção errada.

É possível que, em alguns casos, você esteja confuso porque não sabe mais em quem acreditar. Por isso, vamos apresentar uma lista de 6 mitos sobre a alimentação com o objetivo de decifrar algumas teorias e assim responder a todas as suas dúvidas. Tome nota!

6 mitos sobre a alimentação

1.-Comer depois das 18h é uma má ideia

O primeiro dos mitos sobre a alimentação que vamos apresentar é um dos mais difundidos. A ideia de que comer depois das 18h horas é uma má opção está totalmente equivocada. Lembre-se de que o seu corpo não tem ideia de que horas são!

Por esta razão, não importa se são 18:00 ou 20:00, o importante é que a quantidade de calorias que você come não seja maior do que aquela de que você precisa.

Lembre-se de que, se você quiser perder peso, o melhor método para conseguir isso é comer com mais frequência; de preferência em horários fixos e em pequenas quantidades.

2.-O espinafre é rico em ferro

Em segundo lugar, apresentamos outro mito que acompanhou muitas crianças durante a infância e que certamente fez parte de muitos pratos. Mas o espinafre não é um alimento rico em ferro.

Tigela de espinafre

Na verdade, o espinafre fornece um nível muito baixo de ferro, então ele não atende às suas necessidades. Na verdade, você pode encontrar maior quantidade deste mineral nas carnes vermelhas ou nas leguminosas como as lentilhas, por exemplo.

3.-Os doces estão proibidos se você quiser perder peso

A primeira coisa que você deve saber é que nunca é bom proibir completamente certos alimentos, já que tudo é uma questão de moderação.

Quanto mais você se priva de algum alimento, mais cresce o risco de aumentar a sensação de frustração que posteriormente leva aos excessos. Em última análise, isso pode acabar produzindo o efeito contrário e, assim, impedir a perda de peso.

“Somos o que comemos, mas o que comemos pode nos ajudar a ser muito mais do que somos”

–Alice May Brock–

Portanto, é importante se permitir pequenos agrados de vez em quando. Se você quiser planejar uma ida ao seu restaurante favorito ou então comer algum doce, você sempre pode compensar aumentando a frequência do seu treino.

Assim, você vai preservar seu déficit calórico ao mesmo tempo em que saboreia seu prato ou sobremesa favorita. Então, se você quiser se permitir um produto açucarado, recomendamos que você intensifique seu treinamento físico.

4.-Vegetais congelados contêm menos nutrientes

Os vegetais frescos que acabaram de ser colhidos obviamente contêm mais nutrientes. No entanto, quanto maior o tempo entre a colheita e o prato, menos vitaminas e minerais eles vão ter.

Em contraste, este problema não ocorre com os vegetais congelados; pois eles geralmente são congelados imediatamente após a colheita para dessa forma preservar sua aparência e qualidades nutricionais.

É óbvio que eles perdem algumas vitaminas no processo de congelamento, mas ainda mantêm outras. Como resultado, os vegetais congelados são frequentemente mais ricos em nutrientes do que alguns vegetais frescos.

5.-O açúcar causa dependência

Em quinto lugar, tenha em mente que, embora os doces não sejam essenciais, eles proporcionam uma sensação de prazer ao cérebro.

Mas o açúcar não causa dependência. Acontece que seu consumo provoca flutuações do açúcar no sangue, o que pode causar desejos por doce ou perda de energia se o açúcar não for consumido. Portanto, recomendamos que você coma produtos açucarados com moderação.

Mulher botando açúcar no café

6.-Pular o almoço faz você perder peso

Finalmente, apresentamos o mito equivocado de pular o almoço com o objetivo de perder peso. Tenha em mente que pular o almoço força o metabolismo a desacelerar com a finalidade de economizar combustível. Ao fazer isso, ele armazena gordura.

Além disso, pular uma refeição favorece os desejos fora de hora. A longo prazo, isso pode levar ao excesso de peso ou até mesmo a dobrar o risco de obesidade.

Em suma, graças a este artigo você pode ficar sabendo a verdade sobre alguns dos mitos mais populares em relação à alimentação. Esperamos que nós tenhamos te dado os argumentos necessários para te convencer e assim acabar com alguns mitos que certamente te acompanharam até hoje!