Alimentos com uma grande quantidade de cálcio

· 22 de maio de 2019
Na lista a seguir, vamos encontrar alguns dos alimentos de consumo diário que contêm esse nutriente tão importante em maior quantidade.

Entre os componentes essenciais para a saúde está o cálcio, um mineral com funções relevantes para a nossa estrutura física.

Uma quantidade correta dele vai permitir que nossas atividades diárias e esportivas sejam feitas de uma forma ideal. Neste artigo, vamos analisar quais são os alimentos que contêm uma maior quantidade deste mineral todo-poderoso.

Alimentos ricos em cálcio

Laticínios

Geralmente são derivados do leite cru, seja ele desnatado, em forma de manteiga, coalho ou outras formas de preparo e apresentação. Eles incluem:

  • Leite: é uma das principais fontes de cálcio, essencial desde a amamentação para os bebês. Além do cálcio, fornece fósforo e magnésio.
  • Queijo: criado através da maturação ou coagulação do leite; existem muitas variedades próprias de cada cultura.
  • Iogurte: é obtido através da fermentação bacteriana do leite.
  • Manteiga: é o resultado de um processo de mistura entre a gordura e o leite, a partir do qual surge um creme. É uma boa fonte de energia, por isso é recomendada para o café da manhã.
Laticínios como fonte de cálcio

Peixes

Contêm certos componentes essenciais e muito saudáveis, útil por exemplo para fazer uma boa digestão antes de dormir.

  • Sardinha: peixe do tipo azul, que contém grandes quantidades de cálcio, além de proteínas.
  • Salmão: é um dos mais nutritivos, ideal após o treino de força.
  • Anchova: geralmente consumida frita, grelhada ou marinada em vinagre. É muito rica em ômega 3 e diversas vitaminas.

Vegetais

Representam uma fonte extraordinária de vitaminas, minerais e fibras, além de conterem um alto teor de água e efeitos antioxidantes.

  • Alface: o ingrediente número um das saladas do dia a dia; uma opção perfeita quando combinada com outros condimentos que forneçam outros nutrientes.
  • Acelga: as crianças a odeiam, mas se conhecessem os seus benefícios para a saúde, iriam adorá-la desde o primeiro dia.
  • Espinafre: muito eficiente para os cuidados com a pele e os cabelos; também proporciona benefícios em relação à asma e ao diabetes.

Oleaginosas

São uma ótima opção para comer entre as refeições. Além disso, podemos adicionar as oleaginosas às saladas ou pratos quentes. Entre as que mais se destacam em termos de teor de cálcio, estão: amêndoas, avelãs e pistache.

Leguminosas

Sem dúvida, as leguminosas são uma fonte inquestionável de carboidratos em uma dieta equilibrada. Elas também representam um grande aporte de fibras. Estas são as mais importantes devido ao seu teor de cálcio: soja, grão-de-bico, feijão, tremoço.

Algas

As algas são muito ricas em cálcio, mas devemos ter cuidado. Principalmente porque algumas das que são consumidas nos países asiáticos são famosas pela sua toxicidade.

  • ‘Wakame’: de acordo com os dados da medicina tradicional chinesa, é um purificador do sangue.
  • Espirulina: uma fonte excepcional de componentes nutricionais; contém oito dos aminoácidos essenciais.
  • ‘Arame’: além de ser uma fonte incrível de cálcio, seu teor de potássio representa 190% da quantidade diária recomendada.
Ervas e especiarias

Ervas e especiarias

É surpreendente que os produtos usados para temperar alguns pratos tenham qualidades nutricionais incomparáveis. Nesse sentido, destacam-se os seguintes: orégano, endro e tomilho.

Funções desempenhadas pelo cálcio no corpo

Uma das principais funções desse nutriente é a produção de massa óssea. No entanto, também colabora com o sistema nervoso, já que participa da transmissão de impulsos nervosos. Além disso, regula os batimentos cardíacos para que o coração funcione de forma otimizada.

Ademais, juntamente com o sódio, o potássio e o magnésio, é responsável por manter o tônus muscular e evitar a degradação e a fadiga física. Intimamente ligado ao aspecto anterior, também age na contração muscular, por isso ajuda a executar qualquer movimento natural do ser humano.

Finalmente, cabe destacar o fortalecimento que proporciona aos ossos, bem como esclarecer que também fortalece os dentes.

Quando há um equilíbrio de cálcio, há benefícios para a saúde

Como análise final, devemos tentar manter uma dieta rica em uma grande variedade de nutrientes, sem ter um excesso nem carência de nenhum deles.

Uma vez que tenhamos aprendido a controlar a quantidade de vitaminas ou minerais que consumimos diariamente, certamente vamos perceber os benefícios que isso traz para a nossa saúde.

  • García, F. E. V., Morales, M. O. R., & Sánchez, D. P. C. (2011). El calcio en el desarrollo de alimentos funcionales. Revista Lasallista de Investigacion.
  • Health, N. I. of. (2016). Datos sobre el calcio. National Insitutes of Health. Quesada, J., & Sosa, M. (2011). Calcio y Vitamina D. Rev Osteoporos.
  • Mota-Blancas, E., & Perales-Caldera, E. (1999). Los mecanismos de absorcion de calcio y los modificadores de absorcion con base para la elaboracion de una dieta de bajo costo para pacientes osteoporoticas. Gaceta Medica de Mexico.
  • 2015-2020 Dietary Guidelines for Americans. U.S. Department of Health and Human Services and U.S. Department of Agriculture. http://health.gov/dietaryguidelines/2015/guidelines. Accessed Sept. 29, 2018.
  • Dietary Reference Intakes for calcium and vitamin D. National Academies of Sciences, Engineering, and Medicine.. https://www.nap.edu/catalog/13050/dietary-reference-intakes-for-calcium-and-vitamin-d. Accessed Sept. 29, 2018.
  • Calcium and vitamin D: Important at every age. National Institutes of Health. http://www.bones.nih.gov/health-info/bone/bone-health/nutrition/calcium-and-vitamin-d-important-every-age. Accessed Sept. 29, 2018.
  • Calcium. Natural Medicines. http://naturalmedicines.therapeuticresearch.com. Accessed Sept. 29, 2018.
  • Calcium fact sheet for professionals. Office of Dietary Supplements. http://ods.od.nih.gov/factsheets/Calcium-HealthProfessional/. Accessed Sept. 29, 2018.
  • Duyff RL. American Dietetic Association Complete Food and Nutrition Guide. 4th ed. Hoboken, N.J.: John Wiley & Sons; 2017:315.
  • Rosen HN. Calcium and vitamin D supplementation in osteoporosis. http://www.uptodate.com/contents/search. Accessed Sept. 29, 2018.
  • Handout on health: Osteoporosis. NIH Osteoporosis and Related Bone Diseases National Resource Center. https://www.bones.nih.gov/health-info/bone/osteoporosis/osteoporosis-hoh. Accessed Sept. 29, 2018.
  • Hwang C, et al. Micronutrient deficiencies in inflammatory bowel disease: From A to zinc. Inflammatory Bowel Disease. 2012;18:1961.
  • What people with celiac disease need to know about osteoporosis. NIH Osteoporosis and Related Bone Diseases National Resource Center. http://www.bones.nih.gov/health-info/bone/osteoporosis/conditions-behaviors/celiac. Accessed Sept. 29, 2018.
  • Straub D. Calcium supplementation in clinical practice: A review of forms, doses, and indications. Nutrition in Clinical Practice. 2007;22:286.
  • Reid IR, et al. Calcium supplementation: Bad for the heart? Heart. 2012;98:895.
  • Bolland MJ, et al. Effect of calcium supplements on risk of myocardial infarction and cardiovascular events: Meta-analysis. BMJ. 2010;341:3691.
  • Bolland MJ, et al. Calcium supplements with or without vitamin D and risk of cardiovascular events: Reanalysis of the Women’s Health Initiative limited access dataset and meta-analysis. BMJ. 2011;342:d2040.
  • Osteoporosis. AskMayoExpert. Rochester, Minn.: Mayo Foundation for Medical Education and Research; 2015.
  • Dietary supplements verification program. U.S. Pharmacopeial Convention. http://www.usp.org/verification-services/dietary-supplements-verification-program. Sept. 29, 2018.
  • About ConsumerLab.com. ConsumerLab.com. http://www.consumerlab.com/aboutcl.asp. Accessed Sept. 29, 2018.
  • Calcium and cancer prevention. National Cancer Institute. http://www.cancer.gov/about-cancer/causes-prevention/risk/diet/calcium-fact-sheet. Accessed Sept. 29, 2018.
  • What is third-party certification? NSF International. http://www.nsf.org/about-nsf/what-is-third-party-certification. Accessed Sept. 29, 2018.
  • Asemi Z, et al. Total, dietary, and supplemental calcium intake and mortality from all-causes, cardiovascular disease, and cancer: A meta-analysis of observational studies. Nutrition, Metabolism & Cardiovascular Disease. 2015;25:623.
  • Whitney E, et al. Water and the major minerals In: Understanding Nutrition. 14th ed. Belmont, Calif.: Cengage Learning; 2016