É errado ter uma abundância de carboidratos na dieta?

25 de julho de 2019
Conheça as razões pelas quais você deve evitar a abundância de carboidratos na dieta. É um grupo muito necessário de nutrientes. No entanto, seu excesso é tão prejudicial quanto sua falta.

Para que nosso corpo funcione adequadamente e elimine a probabilidade de sofrer qualquer doença, é essencial levar um estilo de vida saudável e fazer exercícios regularmente. Além disso, em relação à alimentação, você deve consumir todos os tipos de nutrientes. Mas será que uma abundância de carboidratos é uma boa ideia?

É importante saber que comer de tudo não é a mesma coisa que comer qualquer quantidade de tudo. As indicações dependendo do nutriente. Hoje vamos nos concentrar em um deles e no que acontece com o seu corpo quando há uma abundância de carboidratos em sua dieta.

A seguir, você verá como a consequência de um consumo abusivo desse nutriente pode ser realmente prejudicial. Além disso, para que você não tenha esse problema, explicamos qual é a quantidade recomendada.

Possíveis consequências da abundância de carboidratos

Maior probabilidade de obesidade

Um dos efeitos negativos mais visíveis do excesso de carboidratos é a obesidade. Isso ocorre porque o corpo usa esse nutriente para ter energia. Dessa forma, se consumirmos demais e ele não for usado, será armazenado.

Como consequência, a abundância de carboidratos se acumula na forma de gordura progressivamente. Assim, chega um momento em que provoca excesso de peso e, posteriormente, obesidade.

Deve-se notar que a obesidade não é apenas ter uma quantidade maior de gordura do que a necessária no corpo, essa situação envolve também grandes problemas de saúde. Entre eles, há uma maior probabilidade de desenvolver doenças como diabetes ou doenças cardiovasculares.

problemas da abundância de carboidratos

Aparecimento de cáries e aumento da probabilidade de diabetes

O mais comum é que os alimentos com carboidratos sejam acompanhados de açúcar. O açúcar pode ser natural ou adicionado durante o processo de fabricação. Dessa forma, ingerindo uma abundância de carboidratos, estamos muitas vezes consumindo um nível muito alto de açúcar ao mesmo tempo.

O excesso de açúcar é a principal causa do aparecimento de cáries, juntamente com uma má higiene bucal. Além disso, esse excesso gera uma chance maior de desenvolver diabetes. Então, é importante dosar a ingestão desse nutriente e tomá-lo apenas nas quantidades certas.

Abundância de carboidratos e as doenças cardiovasculares

O alto consumo de carboidratos também pode ter como consequência o aparecimento de doenças cardiovasculares. Como explicamos anteriormente, os carboidratos que o corpo não consome para criar energia tornam-se gordura no corpo.

Esse excesso de lipídios faz que o coração tenha maior dificuldade na hora de trabalhar, precisando fazer um esforço maior. Além disso, as artérias podem ficar entupidas e a circulação sanguínea se torna cada vez mais difícil. Como consequência, um episódio de infarto ou problemas semelhantes podem ocorrer.

Qual é a quantidade certa?

Depois de conhecer as principais consequências que a abundância de carboidratos desencadeia em nosso corpo, é importante saber qual é a quantidade certa que devemos comer. Isso é essencial para evitar todos esses problemas.

Os carboidratos são essenciais para fornecer energia ao nosso corpo. A quantidade certa é em torno de 40% das calorias ingeridas diariamente. Além disso, é mais apropriado que os comemos ao longo do dia.

Uma boa opção é acompanhar a refeição ou lanche com um pedaço de pão. Você também pode consumir alimentos ricos em fibras. Esses, além de fornecer energia, melhorarão seu trânsito intestinal.

problemas da abundância de carboidratos na dieta

Conclusão

Os carboidratos são um nutriente necessário no dia a dia de todas as pessoas. Como todos os nutrientes, você tem que ingeri-los ao longo do dia nas quantidades e proporções certas. Nesse caso, é um nutriente essencial ter energia mental e física.

A quantidade adequada é em torno de 40% do total de calorias que consumimos ao longo do dia. Um déficit de carboidratos provoca problemas como fadiga, cansaço e fraqueza a médio e longo prazo.

Pelo contrário, ingerir mais do que o corpo precisa produz o acúmulo de gordura e, portanto, obesidade ou sobrepeso. Além disso, como citado, há um risco maior de desenvolver uma doença cardiovascular ou diabetes.

Depois de conhecer esses dados, precisamos apenas mudar nossa rotina e analisar a quantidade e a qualidade dos carboidratos que consumimos. Vale a pena ajustar a quantidade certa, a nossa saúde vai nos agradecer.