A proteína do soro do leite e a sua relação com a alimentação

· 8 de fevereiro de 2019
Talvez esse nome não seja muito conhecido para você, mas se trata do famoso Whey Protein, cuja popularidade tem aumentado no mundo fitness. A seguir, veremos quais são as contribuições fornecidas para a alimentação do atleta.

Todos nós conhecemos as várias propriedades que o leite tem para a nutrição. Isso se deve ao seu alto teor de proteínas, que favorece o desenvolvimento muscular das pessoas. Mas, ao sintetizá-la, podemos obter um produto com resultados quase imediatos através da ingestão da proteína do soro do leite.

O que é o Whey Protein?

Esse suplemento é composto por proteínas globulares; a principal é a beta-lactoglobulina, encarregada de prevenir a perda muscular. A partir dela também se obtém a alfa-lactoalbumina, que aumenta a produção de serotonina.

Esse hormônio é o responsável por fazer com que nos sintamos relaxados depois de praticarmos exercício físico.

Em menor medida, esse suplemento nos fornece imunoglobulina, que é boa para a constituição de nosso sistema imunológico. Também encontraremos glicomacropéptido, que permite aquela sensação de saciedade depois de comermos.

Graças a essa composição, o consumo desse suplemento traz benefícios enormes para o corpo que vão além de fortalecer a musculatura.

Mulher malhando com pesos

A influência do Whey Protein não tem apenas a ver com os resultados do exercício, mas também com a nossa alimentação. Se pararmos pra pensar, esse suplemento pode nos ajudar a controlar os níveis diários de calorias consumidas.

Controlando a alimentação através da saciedade

A proteína do soro do leite ajuda a manter um consumo controlado de calorias devido ao seu alto conteúdo de glicomacropéptido. Embora essa substância não contenha gorduras, o seu consumo gera sensação de plenitude, o que permite evitar o excesso.

Ao acelerar o metabolismo, as pessoas sentem que precisam de menos alimentos gordurosos, algo que buscariam normalmente. No caso dessa substância, esse aumento metabólico é de 80 a 100 calorias diárias. 

Na verdade, uma pessoa pode deixar de ingerir, em média, equivalente a cerca de 440 calorias por dia se consumir essa proteína; esta cifra poderia significar, por exemplo, uma melhoria radical na vida de uma pessoa com excesso de peso.

A proteína do soro do leite é rico em aminoácidos

Quando um treinador diz que a alimentação é o mais importante na hora de condicionar o corpo, geralmente tem razão. A verdade é que isso não se trata apenas de ser magro ou gordo: trata-se de quanto temos de músculos, que são formados a partir da ingestão de comida e de aminoácidos.

Menina tomando nescau

A boa notícia é que o Whey Protein tem um conteúdo bastante considerável de aminoácidos essenciais. Dois destes são a leucina e cisteína. Essas substâncias contribuem em dois sentidos: gerando condições para fortalecer o músculo e favorecendo a absorção de gorduras.

Já se provou que o consumo da proteína do soro do leite tem um efeito positivo, entre outras coisas, porque o seu consumo facilita o trabalho de fortalecimento e emagrecimento ao mesmo tempo.

É importante se lembrar que a leucina é o aminoácido com maior capacidade anabólica entre todos os existentes. E tudo o que gera efeitos positivos sobre o metabolismo contribui para o nosso objetivo final: um corpo bem condicionado.

Essa proteína desempenha um papel importante na perda de peso.

A proteína do soro do leite é bastante recomendável para aqueles que procuram perder uns quilos extras. Tudo acontece porque favorece a queima de gordura acumulada no organismo.

Garota colocando uma calça larga

Para poder ver bons resultados é necessário reduzir o consumo de calorias. Ou seja, esse suplemento servirá apenas como queimador de gorduras se você seguir uma dieta balanceada.

Enquanto todo esse processo acontece, a nossa musculatura se mantém intacta.  O poder de absorção dessa proteína é ainda maior do que o da caseína, uma outra proteína que encontramos no leite.

Os efeitos ocorrem quase que imediatamente, facilitando também a criação de uma nova massa muscular. É por isso que a maioria dos treinadores recomendam o seu consumo durante o pré-treino.

Em suma, a proteína do soro do leite tem resultados rápidos e realmente incríveis na hora de condicionar nosso corpo. Mas esse suplemento vai além disso, pois nos ajuda a prevenir doenças cardiovasculares e alguns tipos de câncer.