Tudo que você precisa saber sobre natação

· 4 de junho de 2019
A natação é uma das melhores atividades que você pode realizar para manter seu corpo em forma. Neste artigo diremos quais são seus benefícios e os melhores estilos de nado que você pode colocar em prática.

A natação é uma das melhores atividades físicas para os esportistas que querem entrar em forma. Para destacar seus benefícios, vamos enumerá-los neste artigo. Além disso, abordaremos os estilos de nado mais adequados para exercitar os músculos de todo o corpo.

Quando você não está acostumado, nadar de forma contínua por vários minutos pode ser uma tarefa complicada. Assim como em outros exercícios, o ideal é fazer pausas regularmente até que você tenha o condicionamento necessário para aumentar o tempo de suas sessões.

Da mesma forma, é importante que você se hidrate regularmente durante cada treino. Estar na água não quer dizer que você está hidratado.

A natação é um esporte de baixo impacto para as articulações e os músculos, mas é necessário e essencial aquecer e alongar para reduzir o risco de se lesionar. Assim, você verá que com consistência e regularidade nos treinamentos você conseguirá aumentar gradualmente as distâncias percorridas.

Benefícios da natação

A natação é um dos esportes mais recomendados para os esportistas. Além disso, trata-se de uma atividade física com muitas virtudes, inclusive para quem a pratica ocasionalmente. Vamos rever quais são os benefícios mais notáveis ​​da natação.

1. Exercício de baixo impacto para as articulações

Um dos primeiros benefícios da natação é, sem dúvida, o baixo impacto para as costas e as articulações. É o principal motivo pelo qual esse esporte pode ser praticado em todas as idades e por todos os perfis de esportistas.

Essa qualidade, por sua vez, faz com que as lesões mais comuns se devam principalmente à repetição de movimentos e não ao trauma. É, em suma, uma vantagem para muitas pessoas que tendem a se lesionar com certa facilidade.

2. Tonifica os músculos

A prática regular de natação ajuda a tonificar os músculos dos braços, das pernas e do tronco. O efeito de leveza sentido quando uma pessoa está submersa na água permite trabalhar todos os músculos sem problemas.

Benefícios da natação

A principal vantagem da natação é que ela permite trabalhar todos os músculos do corpo, o que garante uma silhueta proporcional. Além disso, não é necessário incluir uma carga adicional de peso, uma vez que a água oferece a resistência adequada.

3. Queima calorias

A natação otimiza o funcionamento do sistema cardiovascular. Portanto, é um aliado incrível para promover a perda de peso e a queima de calorias.

Para que isso seja possível não é necessário nadar durante horas para observar os resultados em seu corpo. O essencial é estabelecer metas e respeitá-las; assim, pouco a pouco, a intensidade dos treinamentos poderá ser aumentada.

Os principais estilos de natação

Existem diferentes estilos de natação que permitem que o praticante treine todos os músculos do corpo. Assim, para conseguir um desenvolvimento muscular equilibrado e evitar que o treino se torne chato, o ideal é alternar os diferentes estilos. A seguir, apresentamos cada um deles:

1. Crawl

O crawl é o estilo de natação mais rápido e eficiente de todos. Isso se deve ao fato de que as pernas realizam movimentos rápidos e alternados para cima e para baixo, enquanto os braços se movem de forma contínua.

Os principais estilos de natação

2. Peito

O nado peito é um dos primeiros estilos que são ensinados aos iniciantes. Permite nadar enquanto se mantém a cabeça fora da água o tempo todo. Isso possibilita que as pessoas aprendam a nadar sem ter que usar óculos de natação ou lidar com problemas respiratórios.

Os braços devem se mover simultaneamente debaixo da água, com um movimento semicircular na frente do corpo. As pernas se movem para os lados antes de se estenderem e retornarem à posição inicial.

3. Costas

Este é um estilo que melhora a postura e permite trabalhar os músculos dos ombros e das costas. Para realizar o movimento, na superfície e virado para cima, alterne os braços para se empurrar para trás.

Seus braços devem começar o movimento circular empurrando a água e retornando por cima, enquanto as pernas devem participar constantemente.

O nado costas é um estilo que melhora a postura e permite trabalhar os músculos dos ombros e das costas

4. Borboleta, o estilo mais difícil da natação

O estilo borboleta é um movimento avançado de natação, mas que proporciona um excelente treinamento. Pode ser mais difícil e exaustivo de aprender, pois requer coordenação e precisão. No entanto, é um estilo muito divertido.

Para realizar o nado borboleta você deve começar com a barriga virada para baixo. Coloque os braços simultaneamente sobre a cabeça e empurre-os na direção da água para se impulsionar para frente. Retire os braços da água novamente para repetir o movimento.

O nado borboleta é um estilo de nado avançado, mas que proporciona um excelente treinamento

Ao mover os braços na água, empurre a cabeça e os ombros sobre a superfície da água. Suas pernas também precisam realizar um impulso para acompanhar o movimento.

Antes de finalizar, vale lembrar que as formas de natação são múltiplas e permitem trabalhar os diferentes músculos do corpo.

Além disso, você não deve se esquecer que não há idade para começar e também não há tempo de prática necessário para aproveitar os benefícios da natação. Portanto, vá em frente e experimente esse esporte tão emocionante!

  • Llana Belloch, S. (2002). El Análisis Biomecánico En Natación. Facultad de La Actividad Física y El Deporte. Universitat de Valencia, 31. Retrieved from http://kimerius.com/app/download/5780666631/El+análisis+biomecánico+en+natación.pdf
  • Soler, J. M. (1952). Natación. Natación. Publicado Mensualmente Por El Club Natación de Barcelona, 305, 228–230. https://doi.org/10.1016/S0304-405X(99)00053-7
  • Arribas, I. S. (2002). Natación y flexibilidad. Revista Internacional de Medicina y Ciencias de La Actividad F’isica y Del Deporte, 2(6), 128–142. Retrieved from http://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=1257514 http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=227017599004