Correr na esteira acelera o metabolismo e queima mais calorias

31 de dezembro de 2018
Saiba como você pode acelerar o seu metabolismo por meio do cardio, especialmente com a esteira que é uma máquina que podemos encontrar em absolutamente qualquer academia. Use a inclinação, a velocidade e o tempo de forma adequada. Saiba mais a seguir.

Depois de completar o treino com pesos, chega o momento de fazer um exercício cardiovascular. Podemos correr na esteira, pedalar na bicicleta, pular corda…

Uma boa ideia é correr na esteira, uma vez que isso acelera o metabolismo e queima uma maior quantidade de gordura. Quando estamos com a meta de perder gordura em mente, devemos fazer esse tipo de exercício por 45 minutos pelo menos 3 vezes por semana.

Claro que para obter bons resultados ao correr na esteira é necessário manter a constância e a disciplina. Um bom plano alimentar e treinos que tornem fazer exercício algo divertido nos ajudarão a cumprir os nossos objetivos.

Entre as vantagens dessa máquina está o fato de que poderemos encontrá-la em qualquer academia. Não estamos falando, no entanto, que você deve simplesmente sair correndo todos os dias na mesma intensidade. Para otimizar os seus resultados você deve trabalhar com inteligência.

Como correr na esteira quando você ainda é um principiante

Se estamos treinando há pouco tempo, o mais correto é começar devagar, com uma média de 3 a 5 quilômetros por dia. Em apenas algumas semanas nosso corpo já terá ganhado um pouco de resistência e poderemos correr de sete a oito quilômetros.

Menina correndo na esteira

A princípio você não precisa se matar para conseguir correr por 45 minutos, mas é importante focar em tentar aumentar o tempo cada vez mais. Um bom número para começar é 25 minutos. Dessa forma o corpo irá adquirindo resistência e força para que você melhore seu tempo pouco a pouco.

Um ponto importante: você deve dar uma atenção especial para a posição em que você corre. Manter uma postura reta e balançar os braços fará com que você vire rapidamente um especialista em corrida.

O balanço envolve uma maior quantidade de músculos no exercício. Saiba que você deve manter uma angulação de 90 graus.

Conselhos para melhorar o seu rendimento

Em algumas ocasiões as pessoas ficam decepcionadas quando não conseguem ver o resultado que desejam em questão de dias. Mas a verdade é que pode ser que você esteja ignorando alguns aspectos essenciais, entre eles a alimentação e a forma correta de executar o exercício.

Para conseguir uma perda calórica maior ao correr na esteira é necessário variar o estímulo – na verdade em qualquer atividade física. Por isso, recomenda-se não acostumar o corpo aos mesmos exercícios.

Correr todos os dias na mesma intensidade está longe de ser ideal. No início você poderá ver mudanças claras, mas logo o organismo não estará realizando mais nenhum esforço com o exercício.

Um bom método é treinar com intervalos. Isso consiste em programar a máquina em um programa que vai misturar a caminhada com a corrida de alta intensidade. Poderíamos, por exemplo, caminhar 60 segundos, correr 40 segundos e assim ir alternando o estímulo sucessivamente.

Agora, esse método de intervalo também não pode ser usado todos os dias. Sugere-se que você execute-o desse jeito umas três vezes na semana, no máximo. Os outros dias restantes você pode correr com uma intensidade única, em uma que seja pelo menos difícil manter uma conversa com outra pessoa.

Correr ao ar livre vs correr na esteira

Certamente correr ao ar livre muitas vezes pode nos fazer queimar mais calorias se comparado a um treino lento e repetitivo na esteira. No entanto, quando usamos funções como a inclinação e as diversas velocidades, o resultado é outro.

Por outro lado, existe também o argumento de que correr no verão faz com que a queima de gordura seja maior e mais eficiente. Isso pode até ser certo, mas as consequências para o organismo são devastadoras se você não prestar muita atenção na hidratação.

Na prática, o aumento da temperatura do organismo é sim necessário para perder peso. Isso deve ficar claro: sempre que aumentarmos a temperatura, mas sem enfrentar condições extremamente adversas, estaremos acelerando o metabolismo por meio do exercício.

A parte de evitar as condições extremamente adversas é importante.

Menina caminhando na esteira sorrindo

Posso correr na esteira com pesos?

A resposta para essa pergunta é muito simples. Se você está em um planejamento para perder peso, não é recomendável que você corra na esteira usando pesos nos tornozelos. Quando você coloca pesos está realizando um exercício de força.

Você pode fazer exercícios de força, claro. Mas faça-os antes do cardiovascular.

Caso contrário, se você desejar fazer uso de pesos na esteira enquanto corre, saiba que você estará na verdade buscando tonificação. Também podemos recorrer a essa estratégia quando não temos tempo para fazer os exercícios anaeróbicos.

Como medir meus resultados na esteira?

Muitas vezes as pessoas acreditam que se pesar na balança dará a medida mais correta para saber se estamos emagrecendo. Mas essa ideia não é de todo verdade. O número de quilos pode sim ser uma referência, mas ele não é confiável em muitos casos.

Com um plano de alimentação e exercício corretos, perdemos sim gordura, mas ganhamos musculatura. Desse modo, pode ser que aumentemos de peso.

Por isso, recomenda-se usar a fita métrica, que poderá te dizer exatamente quantos centímetros você perdeu. Se você se medir uma vez por mês será mais do que o suficiente!