Benefícios do HIIT e como começar a praticar

· 29 de outubro de 2018
O HIIT é um treinamento de alta intensidade, então devemos intercalar esse tipo de esforço com outros exercícios na semana, reservando tempo suficiente para descansar

O HIIT é a nova tendência para o esporte e seus excelentes resultados foram comprovados. Se você ainda não sabe muito sobre esta nova disciplina, nós te contaremos por quê praticá-lo é uma boa escolha, além de todos os benefícios do HIIT. Saiba mais a seguir.

O HIIT é um treinamento de alta intensidade. Isso quer dizer que devemos intercalar um esforço intenso com descanso, reservando tempo suficiente para descansar.

O que é o HIIT?

Sua sigla em inglês, High é traduzida para o português como treinos intervalados de alta intensidade. Esses treinos consistem em levar o corpo ao seu máximo desempenho por um curto período, cerca de trinta segundos, e então permitir que a frequência cardíaca diminua em outro período com mais ou menos a mesma duração.

De acordo com pesquisas, essa forma de treino ativa a criação de mitocôndrias, que são as células responsáveis por fazer bom uso da glicose, permitindo que ela seja gasta como energia. O ideal é praticar o HIIT três vezes por semana para obter bons resultados de forma eficiente e rápida.

Alunos fazendo uma aula de HIIT

Quais são os benefícios do HIIT

  • Queimar gordura de forma mais eficaz. Os exercícios de alta intensidade ativam o metabolismo e o aceleram, permitindo que a gordura queime rapidamente. Na verdade, seus níveis de velocidade atingem tal ponto que você pode continuar queimando calorias mesmo após o término da sessão.
  • Melhora a saúde cardiovascular. Devido a mudanças na pressão cardíaca ao praticar esta disciplina, a circulação sanguínea e a função cardíaca são beneficiadas.
  • O músculo é preservado. O HITT também favorece a secreção de testosterona. Mesmo ao realizar exercícios cardio intensos, os músculos ficam fortalecidos e mantêm seu volume.
  • Melhora a diabetes. Essa modalidade também é apropriada para diabéticos, pois há um melhor uso de glicose e aumento da sensibilidade à insulina.
  • A prática irá melhorar o seu desempenho.
  • A prática do HIIT estimula o hormônio do crescimento, desacelerando o envelhecimento.
  • Oxida as gorduras.
  • Previne e reduz a obesidade.
  • Previne doenças cardíacas.

Como você pode ver, os benefícios do HIIT são muitos. Se você ainda não conhece essa maneira de praticar esportes, talvez tenha dúvidas sobre como pode praticá-lo. Veja a seguir.

Como praticar o HIIT

Para aproveitar todos os benefícios do HIIT, existem vários treinos muito simples para começar a praticar. Nós daremos algumas orientações de uma série simples pode ser executada com uma corrida, uma bicicleta elíptica, uma esteira, uma bicicleta, um aparelho simulador de escada, nadando ou em uma máquina de remo.

Mulher em uma máquina de remo

O treino é simples e começará com poucas repetições que podem aumentar conforme as semanas passam. Para começar, a sequência seria esta:

  • 5 minutos de corrida
  • 3 minutos que se iniciarão com 30 segundos de sprint, intercalando com 30 de corrida leve
  • Você terminará fazendo 5 minutos de corrida
  •  A cada semana você pode adicionar outro bloco de sprint, que são corridas intensas de trinta segundos.

Conforme você aumentar sua resistência, poderá mudar os ritmos, como por exemplo: 15-15, 30-30, 45-45, 60-60. Lembre-se de que você sempre terá que se aquecer por cinco minutos e terminar com mais cinco minutos de resfriamento para permitir que o coração retorne ao seu ritmo normal.

Quando se pode e não se pode fazer HIIT

Embora os benefícios do HIIT sejam incontáveis, praticá-lo todos os dias não é bom. Fazer mais de três vezes por semana pode levar a um excesso de treino, o que pode ter consequências fatais para a sua saúde.

Além disso, você também pode se desanimar por não ver os resultados, porque o corpo adquire o hábito de fazer os mesmos exercícios. O mais aconselhável é alternar o HIIT com o treino de pesos e descansar pelo menos dois dias por semana.

É claro que, se você tem lesões crônicas ou pontuais, você não deve praticar o HIIT, já que o corpo atingirá seu nível mais alto de desempenho e isso pode causar danos maiores em suas regiões lesionadas.

Siga estas dicas e pratique o HIIT com segurança e obtenha os melhores resultados. Lembre-se de manter uma boa dieta e descanso; o que é igualmente ou até mais importante do que o treino.