A importância da hidratação ao praticar esportes

6 de maio de 2019
A desidratação é uma condição que ocorre quando uma pessoa perde mais líquidos do que ingere. Além disso, é uma causa importante de fadiga, baixo desempenho, diminuição da coordenação e cãibras musculares.

A hidratação é crucial em qualquer atividade de resistência. A importância da hidratação é enorme porque sua falta leva inevitavelmente a um desempenho ruim e pode causar tendinites e outros problemas de saúde.

Portanto, recomenda-se que as pessoas que praticam esportes bebam água regularmente antes, durante e após o exercício.

Não há regras exatas sobre a quantidade de água que deve ser consumida durante o exercício, porque cada pessoa é diferente. Mas o que você deve levar em conta são fatores que incluem a taxa de suor, calor e umidade no ambiente, além do tipo de exercício realizado.

É importante destacar que a desidratação ocorre quando você perde mais fluido do que você bebe. Quando o corpo não tem água suficiente, não pode funcionar corretamente. A desidratação pode variar de leve a grave.

Casal bebendo água
A hidratação é uma questão chave para evitar cãibras musculares.

Em todo caso, para a maioria das pessoas a água é tudo o que é necessário para combater a desidratação. No entanto, se você vai se exercitar em alta intensidade por mais de uma hora, uma bebida isotônica pode ser ideal.

Qual a importância da hidratação quando você pratica esportes?

A seguir, descobriremos por que é importante se hidratar quando você pratica esportes. Anote!

1. Ajuda a manter sua saúde

A importância de se hidratar ao praticar esportes deve ser levada em conta pois é necessário garantir a boa saúde e o bom funcionamento dos sistemas do corpo.

De fato, à medida que os meses mais quentes se aproximam e as atividades ao ar livre aumentam, atenção especial deve ser dada à hidratação adequada e à prevenção de doenças provocadas pelo calor. Isso deve ser feito por todos, mas especialmente pelas pessoas que praticam esportes.

Pelo fato do corpo não poder armazenar água, devemos bebe-la constantemente para manter os muitos sistemas de funcionamento do nosso corpo.

O Colégio Americano de Medicina Esportiva recomenda neste estudo beber de 1 a 2 litros de água a cada 15 ou 20 minutos de exercício. Esse é um bom ponto de partida para a hidratação das pessoas que praticam esportes.

O shake 'queima gordura'

2. Garante um bom desempenho

Em caso de desidratação, o volume de água no plasma sanguíneo diminui e o sangue torna-se mais espesso. O coração deve, portanto, fazer mais esforço para impulsionar o sangue em direção aos vasos. Essa queda no volume de sangue também força o coração a bater mais rápido para manter a pressão arterial.

Como resultado, a falta de hidratação faz com que a perda de energia se acelere. Portanto, o estado de fadiga é instalado muito mais rapidamente, com uma ameaça de exaustão em caso de esforços intensos, o que impede a prática de esportes da maneira correta.

“Milhares de pessoas sobreviveram sem amor; nenhuma sem água ”

-W.H.Auden-

3. Evita o risco de lesão

As cãibras, tendinites ou dores musculares e articulares podem acontecer quando você não considera a importância da hidratação.

Certamente você deve saber que se o corpo não está suficientemente hidratado, os músculos e tendões são menos irrigados e, portanto, podem se tornar frágeis. Isso pode levar à dor intensa, seja ela transitória ou recorrente.

4. Regula a temperatura corporal

Quando você faz exercícios ou faz alguma atividade física, a temperatura do seu corpo aumenta. Para eliminar esse calor adicional, o corpo secreta suor, o que ajuda a esfriá-lo. O suor consiste em eletrólitos e água e, portanto, muita água é perdida com a transpiração.

Além disso, a água desempenha um papel vital na regulação da temperatura corporal, uma vez que o corpo é capaz de manter a atividade muscular sem produzir um aumento excessivo da temperatura corporal. Isso mostra a importância de se hidratar adequadamente antes, durante e depois da prática esportiva.

Sinais e sintomas de desidratação

Um atleta com qualquer um dos seguintes sinais ou sintomas deve interromper imediatamente a atividade física:

  • Tontura e atordoamento.
  • Cãibras musculares.
  • Náusea e vômito.
  • Boca seca.
  • Secura da pele.
  • Aumento da frequência cardíaca.
  • Sede.
  • Queda de pressão arterial.
  • Queda no desempenho.
  • Micção incomum.
  • Apatia ou falta de energia.

Esses sintomas devem ser cuidadosamente controlados, mas eles geralmente podem ser resolvidos bebendo água, sentando na sombra ou tentando resfriar o corpo.

Além disso, tenha em mente que a desidratação grave também pode afetar seu bem-estar e levar à fraqueza muscular, confusão mental e causar até perda de consciência. Se isso acontecer, você deve receber atendimento médico imediatamente.

Águas saborizadas
Nada melhor do que dar nosso toque especial na água, para saborear algo gosto ao mesmo tempo em que nos hidratamos.

Lembre-se sempre da importância da hidratação na prática esportiva. Na verdade, recomenda-se beber antes, durante e após o exercício para evitar qualquer episódio de desidratação.

No entanto, você deve saber que beber muita água pode causar hiponatremia. Por isso, recomendamos beber em pequenas quantidades muitas vezes durante o dia, além de beber mais quando estiver quente.

Mesmo se você não estiver com sede, evite ficar muito tempo sem beber água. A sede é um sinal tardio de desidratação que demonstra a importância de se hidratar adequadamente.