4 maneiras de melhorar a sua flora intestinal

· 18 de abril de 2019
Embora costumemos frequentemente associar a palavra bactéria a algo prejudicial, isso não condiz com a realidade. Isso porque sem as bactérias que constituem a nossa flora intestinal, o nosso aparelho digestivo não funcionaria corretamente.

A flora intestinal é o conjunto de bactérias que vive dentro do nosso intestino. Existem milhões de bactérias e elas são essenciais para o bom funcionamento do nosso corpo. Neste artigo vamos contar diferentes maneiras de melhorar a flora intestinal do seu corpo para que ele funcione corretamente.

Como melhorar a flora intestinal

A flora intestinal está localizada no intestino, local onde os nutrientes são assimilados. Por isso, ela realiza um trabalho fundamental e é importante que ela esteja em perfeitas condições.

  1. Tendo hábitos de higiene

A alimentação é a forma mais apropriada de melhorar a flora intestinal. Apesar disso, não é a única maneira, já que os hábitos também desempenham um papel fundamental para o seu desenvolvimento adequado. Uma má higiene pode danificar a flora intestinal, enfraquecê-la e até mesmo impedir que melhore, no caso de ter piorado.

Lavando as mãos

Sendo assim, é essencial lavar os alimentos antes de cozinhá-los. Em apenas alguns segundos podemos lavá-los na torneira e esfregá-los bem para que as bactérias e a sujeira diminuam. É um gesto simples com o qual podemos nos proteger de muitas doenças.

Um outro hábito de higiene é lavar as mãos antes de começar a cozinhar e de comer. Do que adianta lavarmos os alimentos antes de cozinhá-los se depois comemos com as mãos sujas.

É importante adquirir esses hábitos desde criança. Se você tem filhos, será melhor eles se acostumarem a lavar a comida e as mãos desde bem pequenininhos. Assim, eles irão incorporar o hábito e sempre irão agir assim durante a sua vida.

  1. Comendo alimentos probióticos

iogurte melhora a flora intestinal

Os alimentos probióticos são aqueles que contêm micro-organismos vivos. Graças a estes pequenos elementos, a flora intestinal é estimulada e o desenvolvimento de colônias de bactérias benéficas é incentivado.

Eles também têm uma influência no sistema imunológico, de forma que protegem o organismo contra doenças e vírus.  Alguns dos alimentos probióticos que você pode incluir em sua dieta são as seguintes:

  • Kefir. A principal vantagem do kefir é que as pessoas intolerantes à lactose podem tomá-lo sem nenhum problema. Existem dois tipos de kefir: o de leite e de água. Você pode consumir ele batido, colocá-lo em receitas  ou com frutas picadas.
  • Iogurte. Beber iogurte é uma das maneiras mais simples de melhorar a flora intestinal. Se você fizer o seu próprio iogurte terá muito mais benefícios, porque ele será ainda mais natural. Você pode tomar ele sozinho, com pedaços de frutas, cereais ou misturado com uma colher de geleia.
  • Chucrute. Também conhecido como repolho fermentado, ele é consumido nos países do norte da Europa. Os seus ingredientes são simplesmente repolho, sal e água. Você pode comprá-lo em qualquer loja especializada ou em lojas de produtos naturais e comê-lo como uma guarnição para qualquer prato de carne ou de peixe.
  1. Suplementos alimentares.

No caso da flora intestinal estar muito danificada, você pode fazer uso de suplementos alimentícios.  Eles podem ser tomados em forma de cápsulas e ajudam a melhorar a flora intestinal.

O nosso conselho é que você sempre opte primeiro por uma alimentação adequada. Apenas no caso em que ela não for suficiente ou se por acaso você não observar melhorias na flora intestinal você deve tomar esses suplementos.

A maioria pode ser comprada em qualquer loja de produtos naturais, embora seja recomendável que antes de começar a tomar você consulte o seu médico de família ou qualquer outro profissional.

  1. Sempre escolha cereais integrais

Outra maneira de melhorar a flora intestinal é consumindo sempre cereais de grão inteiro, os integrais. A maneira mais fácil de fazer isso é comprando pão desse tipo.

Os seus benefícios são muito numerosos, e eles também ajudam você a se sentir saciado por um longo período de tempo. Também é importante salientar que eles têm pouca gordura.

A razão pela qual esses cereais contêm mais propriedades é que eles mantêm intactas as suas três partes do grão: o endosperma, o gérmen e o farelo. Além disso, eles não perdem as suas vitaminas no processamento e facilitam a digestão.