3 exercícios que você deve fazer caso seja diabético

27 de outubro de 2019
Qualquer que seja a situação física de uma pessoa, o ideal é escolher um programa de exercícios que esteja de acordo com ela. Se você é diabético, você deve levar as dicas a seguir em consideração.

A atividade física é essencial para manter a saúde do corpo e da mente em condições ideais. Ela deve fazer parte dos cuidados diários que temos com a nossa saúde. Esses cuidados devem ser ainda maiores se a pessoa em questão for diabética, e por isso hoje trazemos alguns exercícios ideais para quem é diabético.

O exercício físico pode ser altamente benéfico para essas pessoas, pois proporciona uma melhora na qualidade de vida. Nesse sentido, alguns exercícios ajudam a queimar calorias, regulando assim o nível de açúcar e colesterol no sangue.

Isso permite que as pessoas que sofrem de doenças cardiovasculares, excesso de peso ou diabetes sejam muito beneficiadas. Da mesma forma, a atividade ajuda a fortalecer a estrutura musculoesquelética, melhorar as pulsações e o suprimento sanguíneo.

Os melhores exercícios a serem feitos caso você seja diabético

Entre as atividades físicas recomendadas estão:

1. Cardio de baixo impacto

Uma das atividades diárias e simples por excelência é a caminhada. Desde passeios no parque até o deslocamento para o trabalho, o importante é definir uma rotina de exercícios que dure pelo menos 30 minutos por dia. Uma intensidade fixa deve ser mantida a fim de regular a glicose no sangue.

Os melhores exercícios

Outro tipo de exercício cardiovascular muito útil é pular corda. É algo simples, rápido e divertido. Circuitos curtos, com uma duração máxima de 5 minutos e com um alto impacto podem ser feitos para reduzir o açúcar no sangue, como se você tivesse feito uma caminhada de meia hora.

2. Exercícios aeróbicos intervalados

Consiste em fazer um exercício de alto impacto por um espaço curto de tempo, de no máximo 10 minutos. Para isso, é possível utilizar alternativas como as esteiras ou o elíptico.

É importante começar com um aquecimento prévio de no mínimo 5 minutos. Então, temos que aumentar a intensidade até os 2 minutos, com intervalos de 30 segundos.

Exercícios aeróbicos intervalados

3. Natação

Um dos esportes mais completos e que gera mais benefícios. Nadar em estilo livre por meia hora, três ou quatro vezes por semana, permite um controle da glicose no sangue. Esse é um dos principais objetivos buscados por quem é diabético e quer fazer exercícios.

Natação, um dos esportes mais completos

Recomendações que todo diabético deve seguir

Durante a atividade física, o corpo gera mais glicose a fim de criar o combustível necessário para o movimento muscular. Essa situação pode causar problemas se uma pessoa sofre de hiperglicemia ou hipoglicemia.

Então, deve haver um equilíbrio da concentração de açúcar no sangue para não haver descompensação. Naturalmente que é recomendável seguir uma dieta correta ao mesmo tempo em que se pratica exercícios.

Portanto, é importante tomar ações preventivas para evitar o desequilíbrio glicêmico. É aconselhável ir ao médico antes de começar a se exercitar. Dessa forma, será possível assumir o controle necessário e saber as ações que devem ser tomadas de acordo com o caso específico.

Além disso, é necessário evitar esportes de alto impacto. Como são exercícios que envolvem altos níveis de energia, o corpo pode ficar com concentrações de açúcar altas ou baixas, podendo causar danos às pessoas diabéticas.

Da mesma forma, durante a atividade física o nível de glicose deve ser mantido sob controle em todos os momentos. Isso pode ser feito até mesmo ajustando a dose de insulina, de acordo com as recomendações médicas. Essas medidas podem parecer extremas, mas são muito necessárias para quem sofre dessa doença.

O cardápio: um aspecto vital

A alimentação sempre é a chave ao praticar esportes regularmente. Portanto, criar uma dieta balanceada e aprovada por um nutricionista é essencial. É possível comer um lanche para diabéticos e sempre manter a hidratação, tanto antes quanto durante e também após o exercício.

O cardápio: um aspecto vital

Com supervisão

Ao fazer exercícios em uma academia, é essencial solicitar ajuda profissional, explicando detalhadamente as condições de saúde.

Informar sobre o diagnóstico de diabetes serve para definir a atividade física mais adequada para manter o corpo equilibrado. Da mesma forma, os medicamentos devem ser mantidos em dia e devem estar disponíveis em caso de emergência.

O corpo envia sinais quando há um déficit ou um excesso de açúcar no sangue. Se você tiver uma crise hiperglicêmica, você vai observar os seguintes sintomas: sede excessiva e vontade de urinar, visão turva e aumento da fadiga física.

Por outro lado, se você tiver hipoglicemia, os sintomas serão: aumento da sudorese, sensação de fraqueza, tontura, ansiedade, dores de cabeça moderadas, necessidade de comer e estados de confusão mental.

Finalmente, vale a pena destacar que, caso você sinta muito cansaço ou se houver o aparecimento de sintomas hipoglicêmicos ou hiperglicêmicos, a atividade física deve ser interrompida imediatamente.