Remada alta: um exercício básico para fortalecer o trapézio e os deltoides

16 de fevereiro de 2020
Se você deseja aumentar a sua massa muscular e fortalecer a área dos ombros, o exercício remada alta será interessante para você. Aqui, vamos explicar como fazê-lo adequadamente e quais são os grupos musculares envolvidos.

Se você quer trabalhar a parte superior das costas e os ombros, você encontrou o artigo certo. Vamos apresentar um exercício básico para fortalecer tanto o trapézio quanto os deltoides. Trata-se da remada alta, que é muito simples de executar e para a qual você só precisa levar em conta as orientações que vamos descrever a seguir.

É importante saber como este exercício atua no nosso corpo. Uma das principais razões é que uma má execução da remada alta pode levar a lesões muito prejudiciais.

Além disso,  neste texto, propomos algumas variações para que você possa praticá-la de diferentes maneiras. Dessa forma, você poderá fazê-la da forma mais conveniente para você, ou então variar para não ficar entediado por executar um exercício monótono.

Benefícios da remada alta

O exercício da remada alta não é um dos mais populares nas academias. No entanto, como ele é um dos mais eficazes, recomendamos que você o inclua no seu treinamento. Se você fizer isso regularmente, você notará, entre outros, os seguintes benefícios:

  • Aumento da força: a remada alta deve ser feita com um peso considerável. Se você fizer isso como parte do seu treino na academia, poderá incluir cada vez mais cargas e, como consequência, aumentar a sua força.
  • Definição e hipertrofia muscular: este é o principal objetivo da maioria das pessoas que frequenta uma academia. Com este exercício, você obterá uma maior definição e um aumento no volume muscular do pescoço, costas e ombros. Além disso, por ser um exercício executado com os dois braços simultaneamente, é possível fazer com que ambos fiquem totalmente simétricos.

Execução da remada alta

A remada alta é um exercício bem fácil de aprender. Você só precisa seguir estes passos:

Remada alta: um exercício básico para fortalecer o trapézio e os deltoides

Imagem: alexanderweinberg.com

  • As costas devem estar completamente retas e os braços estendidos.
  • Tome ar antes de iniciar o exercício, você deve prendê-lo durante a repetição.
  • Levante a barra continuamente e sem parar até chegar ao queixo. Ela deve ser mantida bem próxima ao corpo.
  • Mantenha a posição durante alguns segundos.
  • Abaixe de forma lenta e contínua, para então iniciar o ciclo novamente.

Este seria o exercício básico, mas existem outras variações, tais como pegada aberta, com halteres ou vertical. Você pode combiná-las de acordo com o seu objetivo e, assim, evitar sentir que os seus treinos são monótonos e chatos.

Faça o exercício corretamente

Se você não executar o exercício corretamente, os resultados podem ser seriamente prejudiciais. É por isso que, antes de começar a fazer qualquer tipo de exercício físico, é necessário prestar especial atenção à maneira de executá-lo.

Se você fizer isso em uma academia, certamente um profissional poderá te aconselhar a fazê-lo corretamente. Se, pelo contrário, você tem o hábito de treinar em casa, pedimos que leia com atenção o que vamos explicar a seguir:

Segure a barra com os braços perpendiculares ao corpo

Isso significa que entre as duas mãos deve haver uma distância pelo menos igual à largura do tronco. Segurar a barra em um ângulo agudo entre o tronco e os braços nos impedirá de fazer toda a força necessária. Além disso, você logo perceberá que esta é uma posição realmente incômoda.

Aumente o peso aos poucos

Existem muitos atletas que forçam demais o corpo, colocando mais peso do que realmente podem aguentar. Este é um erro grave, pois é inútil levantar um peso excessivo. De fato, o mais provável é acabar sofrendo uma lesão.

Começar com um peso com o qual nos sentimos confortáveis ​​é o mais apropriadoOu seja, um peso que exija esforço, mas que não seja exigente demais. Progressivamente, podemos aumentar o peso à medida que o nosso condicionamento físico for melhorando.

Cuidado com as costas

De todas as lesões possíveis que podem surgir como resultado da execução incorreta deste exercício, a mais provável é a lesão nas costas. Para evitá-la, além de levantar um peso apropriado conforme dissemos anteriormente, também devemos prestar atenção para manter as costas retas.

Remada alta: um exercício básico para fortalecer o trapézio e os deltoides

Imagem: musculaciontotal.com

Você pode fazer o exercício diante de um espelho para verificar se, com o passar das repetições, você começa a arquear as costas. Dessa forma, você poderá corrigir a posição imediatamente.

Conclusão: adicione a remada alta ao seu treinamento

A remada alta é um exercício altamente recomendado para treinar a parte superior das costas e os ombros. Além disso, basta ter um peso, barra ou elástico, de modo que você pode fazê-la na sua própria casa.

Outra vantagem é que ela tem diversas variações. Dessa forma, você pode modificá-la para adaptá-la aos seus objetivos e acabar com os treinos monótonos.

Se você começar a incluir este exercício no seu treino habitual, lembre-se de que você deve levar em consideração vários aspectos para evitar lesões. As costas retas, os braços perpendiculares ao tronco e o peso adequado são os principais.

  • Zambrano Leiton, Y. A., & García Ortiz, D. G. (2014). Métodos para el desarrollo de la flexibilidad en el deporte: ventajas y desventajas de sus técnicas de entrenamiento. Universidad Del Valle. Instituto de Educación y Pedagogía.