5 dicas para fazer exercício em casa durante o isolamento pelo coronavírus

20 de março de 2020
Ficar em casa, assim como fazer exercícios dentro dela, são boas escolhas que ajudarão a cuidar da sua saúde e também da dos demais. Apresentamos a seguir algumas recomendações para essa época de quarentena.

O coronavírus se expandiu ao redor do mundo muito rapidamente, e a maioria dos países atingidos tomou providências para evitar sua propagação. Uma das ações preventivas mais eficazes é a quarentena, e a recomendação para que esse período seja mais suportável é fazer algum tipo de exercício durante o isolamento.

O isolamento ou a quarentena não é uma piada desagradável. É algo realmente necessário. Devemos acatar as ordens e recomendações emitidas por nosso governo local para conseguir frear o contágio.

Ficar em casa pode ser uma experiência pouco agradável para muitos. Por isso, é recomendável movimentar-se e fazer atividades físicas mesmo dentro de casa. É uma opção para se distrair durante o período, e ao mesmo tempo se manter em forma.

Por que medidas de isolamento são necessárias para conter o coronavírus?

É necessário saber o que é o coronavírus para poder compreender um pouco a situação que o mundo está vivendo. Os coronavírus são uma família de vírus que normalmente afeta os animais, ainda que em algumas ocasiões possa ser transmitido para pessoas.

O SARS-CoV-2 – nome oficial do vírus – é um novo tipo de coronavírus detectado pela primeira vez em dezembro de 2019. Esse novo vírus pode infectar seres humanos e produz a doença COVID-19.

Os sintomas mais comuns são:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar

Normalmente os sintomas costumam ser leves, mas exatamente por isso que devemos ter ainda mais cuidado. A Organização Mundial de Saúde, ao notar a rápida expansão pelo mundo, declarou a doença uma pandemia, e esse é o maior motivo do isolamento.

Dicas para fazer exercício durante o isolamento

Além do isolamento obrigatório ter sido uma medida comum entre as autoridades governamentais de todos os países, outra medida adotada foi o fechamento das academias. Dentro desse contexto, a única opção que restou é fazer exercícios em casa.

Menina alongando a perna

Para enfrentar a situação causada pelo coronavírus, oferecemos a seguir uma série de dicas. Esperamos que você consiga colocá-las em prática!

Aquecimento adequado

Para fazer exercício durante o isolamento, também é necessário realizar um aquecimento adequado. Dedicar aproximadamente 15 minutos para aquecer o corpo contribui para prevenir lesões musculares ou problemas cardiovasculares.

O mais conveniente é realizar movimentos dinâmicos de segmentos musculares específicos, assim como das articulações que serão exercitadas.

Use a pliometria

Ainda que não sejamos atletas de elite, começar com as bases da pliometria é uma excelente ideia para fazer exercício em casa. Em termos gerais, trata-se de fazer exercícios que compreendem saltos. Isso contribui para melhorar a força e a resistência dos diferentes grupos musculares.

Podemos fazer saltos dinâmicos ou passivos. Para o primeiro, os deslocamentos devem ser de ao menos 30 ou 60 centímetros do lugar de posição inicial. Para os passivos, os saltos devem iniciar e terminar no mesmo lugar, evitando qualquer deslocamento.

No caso de você sofrer de problemas articulares ou ter alguma restrição médica, é uma boa ideia escolher outro tipo de exercício.

Não deixe a hidratação de lado

Mesmo quando não treinamos ao ar livre, embaixo do sol ou em máquinas que nos fazem suar até virar uma uva passa como acontece na academia, a perda de eletrólitos e sais minerais também pode acontecer em casa.

Fazer exercício mesmo em casa desidrata o corpo, possivelmente em menor medida que fazer exercícios ao ar livre, claro, mas também acontece. É por isso que uma das nossas dicas para fazer exercício durante o isolamento envolve repor esses nutrientes da forma adequada.

Pessoa bebendo água

Procure consumir bebidas que favoreçam a hidratação. É importante evitar qualquer tipo de problema na hora de fazer exercício durante o isolamento. Você pode beber água de coco, por exemplo.

Desinfete os equipamentos que você usar

A maioria dos treinos que fazemos em casa pode ser feito sem nenhum equipamento, mas você pode usar algum objeto como colchonetes, halteres ou qualquer outro elemento de ginástica.

No caso de usar algum dos itens mencionados ou outro similar, é necessário desinfetá-lo. O objetivo aqui não é ser paranoico ou entrar em pânico, mas apenas prevenir a propagação dos vírus e bactérias.

Recorrer a produtos de limpeza bactericidas e viricidas nos ajudará nesse importante processo. Ninguém quer ficar doente nesse momento.

Volte à calma

Fazer exercício em casa é uma alternativa para não abandonar os hábitos saudáveis e o estilo de vida que tínhamos antes de começar a quarentena. Mudar de rotina significa que o corpo também mudará drasticamente. Mas podemos treinar aproximadamente como treinávamos na academia, fazendo tudo que fazíamos nela.

Isso quer dizer que você deve dedicar um tempo para voltar à calma. O objetivo desta dica é evitar o acúmulo de ácido lático nos músculos e evitar criar um cansaço excessivo, assim como a aparição de cãibras.

Em síntese, o isolamento por causa do coronavírus não deve ser um motivo para abandonar os hábitos ou costumes positivos que construímos. Portanto, fazer exercício em casa durante o isolamento seguindo todas as dicas anteriores contribuirá para atravessar de uma forma mais suave essa situação tão difícil.