Agachamento encostado na parede: como fazer?

9 de setembro de 2019
O agachamento encostado na parede permite uma posição estática por mais tempo. Ele é mais confortável, pois dá um suporte sólido às costas. Dessa forma, você não precisa estar tão atento ao equilíbrio.

Todos os agachamentos tonificam o corpo e fortalecem os músculos. Os agachamentos encostados na parede apresentam certas vantagens em relação a outras variantes do exercício.

Quando você adotá-los, você melhorará não só sua aparência, como também sua saúde. Além disso, o agachamento é um dos exercícios mais versáteis, pois possui várias formas de fazer e muitos benefícios.

São várias opções para trabalhar diferentes grupos musculares das pernas e glúteos. Além disso, o exercício também beneficia o abdômen, porque ao fazer agachamentos devemos contraí-lo. E eles podem ser feitos em casa se não tivermos tempo ou a possibilidade de ir para a academia.

Sem nenhum complementos ou com alguns muito fáceis de obter, podemos praticar o agachamento com frequência e segurança. É possível optar por um exercício estático ou dinâmico, com ou sem peso, com uma perna ou ambas.

Agachamento encostado na parede: como é feito?

Iniciantes e pessoas com um nível avançado acham esta uma excelente opção para o exercício. Os agachamentos praticados com as costas encostadas na parede permitem fortalecer os músculos. Por essa razão, eles são ideais para o tratamento de lesões, pois não forçam o pescoço, ombros ou costas.

Apenas apoie as costas e a cabeça na parede, separe os pés e abaixe o corpo. Faça isso até que os joelhos e os quadris formem um ângulo reto. As coxas também devem estar paralelas ao chão. Com os braços cruzados sobre o peito, a posição deve ser mantida por 20 ou 30 segundos, enquanto contraimos a área abdominal.

exercícios para mulheres: agachamento encostado na parede

Mínimo de 20 segundos

Os músculos começam a sentir o efeito depois de 20 segundos, então quanto mais você resistir, melhor. Em seguida, temos que nos levantar e continuar com a próxima repetição, para totalizar um mínimo de 12 agachamentos.

É importante levar em conta que os pés devem ser colocados cerca de 60 centímetros à frente do corpo, com uma separação entre eles de cerca de 15 centímetros.

Além disso, ao abaixar o corpo, os joelhos nunca devem ultrapassar a linha dos pés. Dessa forma, o quadríceps será reforçado na frente da coxa e os tendões nas costas, evitando lesões no joelho.

Os quadríceps carregam mais peso, mas o resto dos músculos também é ativado. Para iniciar o treinamento, fazer 12 repetições é o ideal.

Como aumentar a intensidade?

Outra maneira de se exercitar através do agachamento é mudar a intensidade à medida que você ganha aptidão. Com as costas contra a parede, deslize apenas 5 centímetros. No próximo, desça um pouco mais. Continue assim sucessivamente, até atingir o ângulo de 90 graus.

Também um exercício ideal para fortalecer as pernas é levantá-las a partir da posição do agachamento. O exercício começa com as costas apoiadas na parede e as pernas em um ângulo reto de 90 graus. De lá, uma perna é levantada e deixada esticada por 10 segundos.

Então, o exercício continua fazendo o mesmo procedimento com a outra perna. Cinco agachamentos serão suficientes para alcançar uma boa ativação muscular, a menos que o técnico ou médico indique o contrário.

Esse exercício proporciona benefícios inquantificáveis ​​para o corpo. Praticá-lo regularmente não apenas mantém o corpo ativo, mas também é bom para a mente, pois ajuda a aumentar a oxigenação e a circulação cerebral.

Em paralelo, o fortalecimento dos músculos das pernas garante um melhor desempenho nas atividades diárias e nos permite caminhar e levantar sem qualquer inconveniente. Então, se você é uma mulher, deveria estar fazendo agachamento encostado na parede para melhorar o desempenho e também a beleza.

agachamento encostado na parede

Agachamento encostado na parede: alinhamento de equilíbrio e corpo

Outra vantagem de realizar agachamentos é que eles permitem que você experimente um alinhamento correto do corpo. Além disso, eles podem ser feitos em casa, pois não são necessários materiais especiais. Apenas uma parede e o desejo de se exercitar são o suficiente.

Em suma, os agachamentos favorecem a ativação dos músculos das pernas e dos glúteos, por isso são muito completos. Se houver uma lesão no joelho, esse é o exercício ideal para evitar mais danos. Além de ser um exercício de ganhos e manutenção, também serve para a prevenção.

  • Escamilla, R. F., Zheng, N., Macleod, T. D., Brent Edwards, W., Imamura, R., Hreljac, A., … Andrews, J. R. (2009). Patellofemoral joint force and stress during the wall squat and one-leg squat. Medicine and Science in Sports and Exercise41(4), 879–888. https://doi.org/10.1249/MSS.0b013e31818e7ead
  • Glavina, B., & Pérez, J. (2009). Actividad muscular lumbar durante el ejercicio de sentadillas y su relación con sujetos de diferentes características físicas. Revista Iberoamericana de Fisioterapia y Kinesiologia12(2), 67–72. https://doi.org/10.1016/j.rifk.2009.10.005