Os 6 erros mais comuns ao fazer agachamentos

· 15 de setembro de 2018
O agachamento ou squat é um exercício muito comum nos treinos como o CrossFit ou a calistenia e é um movimento que exercita todo o corpo. Os principais músculos que são trabalhados são o quadríceps, os glúteos e os abdominais.

Cometer erros ao fazer agachamentos não só reduz a eficácia do exercício, mas também coloca o corpo em risco, podendo sofrer com alguma lesão ou dor. Por esta razão, este post tem o intuito de indicar 6 erros  ao fazer agachamentos e como corrigi-los. Fique atento!

Com o passar dos anos foram desenvolvidos diferentes tipos de agachamentos, como os agachamentos sumô, agachamentos com salto, unilaterais ou agachamentos búlgaros, entre muitos outros. Os agachamentos melhoram a postura, queimam calorias, melhoram a circulação e promovem o crescimento dos músculos.

Entretanto, para apreciar os benefícios e os efeitos dos agachamentos, é necessário fazê-los corretamente. Às vezes, inconscientemente, fazemos um exercício de forma incorreta. Isto deve ser corrigido o mais rápido possível, para não afetar a memória muscular. Por isso, preste atenção nestes 6 erros ao fazer agachamentos que você deve evitar!

Os 6 erros mais comuns ao fazer agachamentos

1. Não alinhar os joelhos

À primeira vista, parece ser fácil fazer agachamentos. No entanto, o exercício tem sua metodologia própria. Assim sendo, ao flexionar os joelhos e fazer o agachamento, você deve fazer isso como se fosse se sentar em uma cadeira um pouco baixa.

Se ao flexionar os joelhos eles ultrapassam completamente os seus pés, então você não está fazendo o exercício direito. Aliás, isto pode até mesmo lesionar os ligamentos do joelho. Por isso, para evitar este erro, certifique-se de que seus joelhos estejam bem alinhados com os dedos dos pés e também que as panturrilhas estejam em um ângulo de 90 graus.

Mulher fazendo agachamentos

2. Levantar os calcanhares

Ao fazer o agachamento, as solas dos pés devem estar completamente apoiadas no chão. Se você levanta os calcanhares, mesmo que só um pouco, você está prejudicando o exercício. Isto afeta a integridade dos joelhos e a parte inferior das costas, além de representar uma falta de estabilidade e equilíbrio.

Desta forma, você deve encontrar o seu centro para ficar mais estável. Para conseguir isso, você deve se concentrar em estar sempre com a postura ereta.

3. Arquear as costas

Ao focar completamente nas pernas, pode ser que você se descuide de outras partes, como as costas e o pescoço, por exemplo. Arquear as costas ao retornar do agachamento mostra uma energia mal direcionada, ou seja, você está concentrando a força na área errada.

Se você curva as costas, você não trabalha os músculos abdominais, nem promove uma boa postura. Portanto, não olhe para baixo, mas sim para a frente. Algo que pode te ajudar é segurar uma bola contra o peito para manter suas costas retas.

4. Não agachar completamente

Talvez isto possa parecer irrelevante, mas na verdade interfere bastante na eficácia do exercício. Uma vez que o objetivo de fazer agachamentos é conseguir agachar o máximo possível, se você flexiona os joelhos e não agacha o suficiente, então o exercício não tem efeito nenhum.

Quanto mais você se agachar, maior será a força utilizada pelas coxas e glúteos e assim você obterá melhores resultados.

Mulher fazendo agachamentos no parque

5. Pés muito juntos ou muito separados

Os pequenos detalhes importam. Portanto, se os pés estão muito juntos, não há como os quadris e o tronco manterem a estabilidade desejada para o agachamento. Da mesma forma, se os pés estão extremamente separados, também há uma falta de estabilidade. Enfim, o ideal é manter os pés na mesma largura dos quadris.

6. Não se esforçar

Este é um erro bastante significativo. Se você não se esforçar e não mantiver um ritmo constante, não verá resultados. Por este motivo, tente reservar um tempo para fazer o exercício.

Se você o fizer com pressa, além de descuidar da técnica, você não estará trabalhando os músculos ao seu máximo. Então se esforce para fazer agachamentos da forma mais correta possível.

Lembre-se de fazer um bom aquecimento antes de fazer os agachamentos e de se alongar depois. Faça-os regularmente e você começará a ver mudanças nas suas pernas, glúteos e abdômen. Se possível, complemente os agachamentos com algum treino cardiovascular e assim você vai conseguir mais resultados.

No começo, fazer agachamentos pode chegar a ser cansativos, mas os resultados compensam. À medida que você aperfeiçoar sua técnica, poderá incorporar outros tipos de agachamentos ou então fazê-los com pesos.

Esses erros são mais comuns do que você imagina. Você deve prestar atenção para que não sofra nenhuma lesão.