Como fazer barra? 5 exercícios para chegar lá

· 2 de setembro de 2018
Se há um exercício com o peso corporal que se destaca, sem dúvida, é a barra. Ele exige muito esforço por parte do atleta. Descubra como fazer barra!

Dada a grande quantidade de força que exige, a barra parece impossível para muitas pessoas na academia. Não estando falando apenas das mulheres, geralmente relutantes a este exercício, mas também muitos homens simplesmente não encontram uma maneira de realizá-lo. Vamos ver, a seguir, como fazer barra e aproveitar todos os benefícios desse exercício.

Como tudo na vida, o exercício pode ser aprendido progressivamente. Quando criança, ninguém sobe em uma bicicleta e começa a pedalar no parque sem praticar muito. É necessário praticar, porque aprendizagem requer tempo e esforço. O mesmo acontece com a barra.

Como fazer barra: 5 exercícios para conseguir

Um homem e uma mulher fazendo barra

É possível que seja mais difícil para as mulheres incorporarem essa habilidade. Isso tem dois motivos: o primeiro é a potência e a força muscular, geralmente maior nos homens.

O segundo tem a ver com a gordura corporal. Enquanto os homens geralmente acumulam gordura na parte superior do corpo, as mulheres acumulam em sua metade inferior. Isso tem um impacto sobre este tipo de exercício.

Apesar dessas diferenças, ambos os sexos podem aprender como fazer barra. Os seguintes exercícios são recomendados para enfim, conseguir realizá-la:

1.- Exercícios básicos para fortalecer o núcleo do corpo

Embora a barra trabalhe principalmente o tronco e os braços, também é necessário ter o core fortalecido para realizá-la melhor. Isso envolve trabalhar o abdômen e a parte inferior das costas.

Como podemos fazer isso? Simples, aqui deixamos alguns exercícios:

  • Ajoelhe-se na frente de uma bola medicinal e apoie os cotovelos sobre ela. Então, mantendo as costas retas e o abdômen elevado, estenda completamente os braços com a ajuda da bola. Volte a trazê-la para ao seu abdômen e repita este processo pelo menos 10 vezes por série.
  • Faça o mesmo exercício, mas sem ficar ajoelhado, de bruços apoiado nas pontas dos pés. Lembre-se de nunca dobrar as costas, isso é essencial.
  • Novamente, coloque-se na mesma posição de prancha, mas com os pés sobre a bola. O exercício consiste em flexionar e estender os braços e os músculos dorsais.

2.- Barra com os pés no chão

Encontre uma barra não muito distante do chão. Assim, você poderá segurá-la ainda com os pés no chão e, com esse apoio e as costas retas, faça o movimento de aproximar o corpo da barra. Isso o ajudará a ganhar força e resistência nos músculos dorsais.

3.- Barra negativa com pulos

Outro bom exercício para conseguir realizar barra é começar aproveitando o impulso dos pés. Para começar, fique debaixo de uma barra horizontal. Então, com um salto, segure-a; aproveite este impulso para realizar a barra.

A parte negativa do exercício consiste em descer o mais lentamente possível para retornar ao chão. Desta forma, você aumentará sua força e seu corpo ganhará prática para realizar este movimento.

4.- Barra com elástico

Entramos no campo da barra ‘real’. Colocando um elástico na sola do pé ou no joelho com a outra extremidade presa à barra, assim você pode realizar barra com alguma ajuda quando desce. Desta forma, irá obter a técnica e a força necessária pouco a pouco.

5.- Barra com isometria

Um aspecto fundamental para conseguir realizar barra é ganhar força e adaptar nossos músculos ao esforço que ela exige. Portanto, esse último exercício consiste em ficar na posição final do exercício na barra, mesmo que para chegar lá precisamos nos apoiar ou de um impulso. Mas, quando atingimos a flexão total, devemos manter essa posição por um período de 5 à 20 segundos e soltar.

Mulher fazendo barra com elástico no parque

Esse tempo deve aumentar conforme os dias avançam. Você deve sempre realizar 2 ou 3 séries por sessão de treino, para não sobrecarregar os músculos.

Considerações sobre o queixo

Como indicamos, a barra ajuda a fortalecer as costas, o peito, os ombros, os braços e o núcleo do corpo – o core. Pode ser realizada com pegada supinada ou pronada; isto é com a palma da mão apontando para o próprio corpo ou para a frente, respectivamente.

Além disso, é importante notar que o exercício consiste em superar a altura da barra com o queixo. Não atingir esse nível significa que o trabalho está sendo feito incorretamente.

Com esses exercícios para conseguir realizar barra, você terá essa habilidade incorporada em questão de semanas. A paciência e a frequência são as chaves para o sucesso; de qualquer forma, também é bom ter alguém para nos ajudar, corrigir e incentivar quando as coisas não vão bem. Agora que você já saber como fazer barra, só precisa de coragem e superação!