Descubra o que é o treino tabata, o famoso método de treinamento intenso

· 8 de agosto de 2018
O treino tabata é uma modalidade de treinamento de alta intensidade, com o qual buscamos intensificar o desempenho e os resultados do nosso tempo dedicado ao esforço físico.

Os métodos que nos permitem atingir os nossos objetivos a longo prazo mas de forma permanente são os que nós mais gostamos. Nós já falamos em outros posts sobre o treino de HIIT, mas hoje queremos que você saiba em que consiste o treino tabata, uma modalidade similar que vai ajudar você a atingir o seu corpo sonhado em um curto espaço de tempo.

O que é o treino tabata

O treino tabata é um método de treinamento intenso com intervalos curtos. Assim, à primeira vista, pode parecer o mesmo que o treino de HIIT, mas ambos têm diferenças no que se refere ao tempo de descanso.

Enquanto os períodos de descanso no treino de HIIT são iguais ou superiores aos de trabalho, no treino tabata são a metade do tempo. Por exemplo, nessa modalidade, se você faz abdominais por 20 segundos, você descansa 10, enquanto que no treino de HIIT você teria 20 ou 30 segundos de descanso.

Menina olhando no relógio o tempo de descanso do exercício

Pensando nisso, rapidamente deduzimos que o treino tabata é mais intenso do que o treino de HIIT porque se destina a levar o corpo ao seu máximo desempenho e elevar o limite da sua frequência cardíaca. Trata-se de um treinamento eficaz realizado em um curto período de tempo.

Como executar o treino tabata

Embora ele já esteja incluído em muitas academias entre as atividades programadas, esse tipo de exercício intensivo também pode ser feito em casa. Para isso, devemos fazer o máximo de repetições de um exercício em 20 segundos, descansar por 10 segundos, e fazer o mesmo mais sete vezes com esse exercício.

Tenha em mente que os exercícios devem ser projetados para cobrir um grupo de músculos em vez de se concentrar em apenas um, pois isso levaria a lesões. Alguns dos melhores exercícios para realizar o treino tabata são os agachamentos, as flexões, agachamento afundo e as barras.

Aqui estão algumas dicas para realizar o treino tabata de forma eficaz:

  • Use carga extra. Pense que o objetivo dessa modalidade é levar o corpo ao máximo de desempenho, de modo que uma carga extra irá propiciar isso. Embora esteja claro que se trata de uma atividade muito mais intensa e exigente, é recomendável que você não exceda 75% do peso que normalmente usa, ou senão poderá se lesionar.
  • Peça ajuda. Se você tiver um amigo que possa te ajudar a contar o número de repetições que você faz em cada série, além dos segundos do treinamento e do descanso, será muito mais fácil e agradável de realizar o exercício, já que você sentirá que alguém está te apoiando. É claro que isso se você for fazer por conta própria em casa, já que na academia o instrutor estará encarregado desse trabalho.
  • Não pratique esse treino todos os dias. Você sabe que tanto não treinar como treinar além da conta fazem mal. E como o treino tabata exige um esforço intenso, é recomendado não o fazer diariamente, mas umas duas vezes na semana. O resto dos dias você pode combiná-lo com outras atividades como musculação, exercícios de cardio ou alguma aula na academia.
Mulher fazendo agachamento isométrico na parede

  • Não solte a carga. Enquanto estiver descansando, não solte a carga que estiver segurando, já que isso poderia te relaxar e será mais difícil de você retornar para pegá-la. Lembre-se que o descanso é de dez segundos…
  • Certifique-se de que você pode fazer esse tipo de treino. Se não tiver certeza de que está preparado para realizar um exercício de alta intensidade, é melhor que primeiro faça um check-up médico e até mesmo um teste de estresse físico. O seu corpo será levado ao limite e você terá certeza de que será capaz de suportá-lo.
  • Não se force. Fazer as oito séries de um exercício levará cerca de quatro minutos. As aulas dessa disciplina que são realizadas na academia geralmente duram meia hora, mas você não precisa fazer tanto no início, se você acha que você não pode. Vá aumentando o tempo gradualmente conforme o corpo for pedindo.

E você? Se atreveria a experimentar essa modalidade de alta intensidade que vai levar o seu corpo ao limite?