10 mudanças de rotina que farão seu corpo agradecer

20 de março de 2019
De vez em quando é necessário e muito positivo replanejar a rotina e nossos exercícios, as mudanças supõem um esforço extra mas que sempre traz mais resultados.

Há momentos em que fazer uma pausa para refletir e analisar o cumprimento dos objetivos é absolutamente necessário. É necessário avaliar o que foi alcançado, redefinir os objetivos e propor mudanças de rotina. Tudo com o objetivo de levar uma vida saudável e feliz.

Vá sempre com calma

As mudanças não precisam necessariamente ser drásticas. De fato, as pequenas variações que são introduzidas no dia a dia podem ser mais do que suficientes para o corpo notar as melhorias.

Constância é uma das palavras-chave, e paciência é outro termo muito importante. Para alcançar os resultados, você precisa alterar a equação; mas na hora de implementar novas variáveis, você não pode desistir sempre no meio do caminho.

Mudanças de rotina e pequenos detalhes que fazem a diferença

Antes de executar qualquer variação no dia a dia, é importante responder a duas perguntas básicas: por quê? Como? Uma vez que os objetivos estejam claros, sejam eles reafirmações dos antigos ou novos objetivos, será mais fácil definir o que você deseja mudar.

mudanças de rotina na academia

Objetivos por escrito

As metas devem ser escritas, colocadas em uma folha de papel (ou em um arquivo digital) e revisadas com frequência. Também deve ficar claro que esses objetivos podem mudar, o que não precisa representar uma crise.

Planeje as atividades diárias uma noite antes

As atividades realizadas diariamente representam os objetivos específicos que facilitarão o alcance dos objetivos principais. Se ao acordar de manhã você tiver claro quais serão as tarefas para as próximas horas, será mais fácil otimizar o uso do tempo, sem ficar muito distraído ao longo do caminho.

Espaço para improvisação

Eventualmente, fazer atividades que não foram planejadas na agenda também é importante. Os ‘objetivos gerais’ do projeto de vida, assim como os ‘objetivos específicos’, devem ser claramente definidos.

Com o estabelecimento de objetivos e tarefas do dia a dia, dar espaço à espontaneidade não representa nenhum problema ou um forte atraso no alcance das metas.

Exercitar-se

O corpo humano é projetado para se mover. O hábito da atividade física é a primeira mudança de rotina que deve necessariamente ser incluída na agenda daqueles que levam uma vida sedentária.

amigas caminhando

A lista de benefícios que vêm incluídos com o exercício é extremamente ampla: melhor autoestima, menor risco de sofrer de doenças crônicas, influencia positivamente a atividade sexual, etc.

Não abusar do exercício

É verdade que nenhum estudo científico afirma enfaticamente que o excesso de exercício é ruim. No entanto, a maioria dos treinadores físicos afirma que 150 minutos de atividade física por semana são suficientes.

Ao exceder este valor, a única coisa que se consegue é um desgaste maior do corpo, que pode causar problemas indesejados.

Dieta balanceada

O menu diário deve incluir a maior variedade possível de nutrientes e proteínas. Regimes extremos não são muito recomendáveis, assim como comer pouco para passar o dia com fome. O termo ‘equilibrado’ significa não cair em extremos.

Comer com tranquilidade

O hábito de comer caminhando muitas vezes é muito caro para o corpo. Quando se trata do café da manhã, o dano é ainda mais grave.

No momento de cada refeição, o sistema digestivo entra em ação, independentemente de as pessoas se sentarem para comer ou não. Isso dá origem a distúrbios importantes com consequências que podem se tornar muito graves.

Hidratar-se bem

Aqueles que não bebem água suficiente devem incluir este ponto entre as mudanças de rotina que desejam alcançar. A frase “água é vida” é muito mais do que simples retórica. É impossível que o corpo humano funcione corretamente se não estiver bem hidratado.

mantenha-se hidratado

Não abusar do sal

Mais uma vez um ponto muito relacionado à alimentação. O abuso de sal é uma das dificuldades mais graves em nível médico que as sociedades modernas enfrentam.

Em países como o México, é até administrado como um problema de saúde pública. A lista de efeitos nocivos é extremamente ampla: o excesso de peso e a hipertensão são apenas dois exemplos.

Respeitar as horas de sono

O corpo precisa descansar, é absolutamente necessário reabastecer a energia. Um bom sono é reparador e pode prevenir a ansiedade e o excesso de peso.