Você sabe o que é o tênis adaptado?

28 de fevereiro de 2020
As deficiências motoras não impedem um indivíduo de praticar o esporte pelo qual ele é mais apaixonado. Graças a disciplinas como o tênis adaptado, o esporte se torna mais inclusivo e igual para todos.

O tênis adaptado, também chamado de tênis em cadeira de rodas, é precisamente uma variável desse esporte projetada especialmente para pessoas com deficiência nas extremidades inferiores. A seguir, veremos alguns aspectos importantes sobre essa disciplina esportiva.

Para promover valores de igualdade e respeito a todos os praticantes de um esporte, as associações internacionais costumam organizar competições esportivas adaptadas às possibilidades dos seus praticantes.

É assim que o tênis adaptado surgiu. Como o nome sugere, é um esporte quase idêntico ao tênis tradicional, com a diferença de que é praticado em cadeiras de rodas. É disputado nas categorias individuais e em duplas de homens e mulheres. Além disso, o modo quad inclui tenistas com quadriplegia.

Regras do tênis adaptado

Antes de tudo, vale ressaltar que o tênis adaptado possui uma regulamentação igual à da disciplina convencional, feita pela ITF. As medidas das quadras e as raquetes e bolas usadas são as mesmas.

No entanto, as características dessa modalidade efetivamente forçam algumas mudanças nas regras do jogoA seguir, descreveremos quais são elas:

O quique da bola

Somente ao observar uma partida deste esporte, podemos perceber que é permitido que a bola quique duas vezes no chão antes que um jogador a atinja. O primeiro quique deve necessariamente dentro da quadra, mas o segundo pode ser do lado de fora.

O motivo dessa regra está relacionado à velocidade de reação que os participante podem ter na cadeira de rodas. Dessa forma, pontos mais longos e divertidos são alcançados para todos.

Regras do tênis adaptado

Características da cadeira

A cadeira de rodas é considerada uma extensão do corpo dos tenistas. Portanto, as mesmas regras se aplicam a qualquer parte do corpo de um jogador. Por exemplo, se a bola acertar a cadeira antes de ser atingida pela raquete, o ponto será perdido.

Essas cadeiras são projetadas especificamente para facilitar a mobilidade dos atletas sem perder a estabilidade. Além de bastante leves, possuem rodas auxiliares para evitar quedas e acelerar as curvas.

O jogo no tênis adaptado

Para começar um ponto, os tenistas adaptados devem realizar um saque como os outros jogadores. Nessa ação, eles podem pegar um impulso antes de bater na bola, mas não podem tocar em nenhuma parte da cadeira de rodas que exceda os limites da linha de base ou sua extensão vertical imaginária.

Uso dos pés

Exceto no caso da sua incapacidade o tornar indispensável, o jogador não pode impulsionar ou frear a cadeira com os pés quando ele for pegar ou bater na bola durante um ponto. Além disso, os glúteos devem estar necessariamente em contato com a cadeira ao causar o impacto.

Quem pode praticar este esporte?

Para participar de competições da ITF ou dos Jogos Paraolímpicos, bem como em torneios nacionais, um jogador deve provar, por meio de um atestado médico, que ele sofre de uma deficiência que limita a sua mobilidade.

Dependendo do grau de incapacidade de cada pessoa, certos requisitos específicos são necessários para competir em competições internacionais. Além disso, cadeiras motorizadas podem ser usadas nos casos em que a deficiência limita amplamente as possibilidades do atleta.

Os torneios de tênis adaptado mais importantes

Como mencionado anteriormente, a ITF e o Comitê Olímpico Internacional são os principais órgãos responsáveis ​​pela organização e supervisão de competições internacionais do tênis adaptado. Dessa forma, podemos destacar as seguintes competências:

  • Jogos Paraolímpicos: são realizados semanas após as Olimpíadas tradicionais e reúnem os melhores competidores de quase todos os esportes adaptados do mundo.
Os torneios de tênis adaptado mais importantes

  • Copa do Mundo de Equipes: organizada anualmente pela ITF, é disputada em um país específico em equipes mistas. Os juniors é outra categoria, de jovens tenistas.
  • Grand Slams: em cada grande evento do circuito ATP, a modalidade de tênis adaptado também é disputada. Em 2019, o argentino Gustavo Fernández ficou com o Aberto da Austrália, Roland Garros e Wimbledon.

Além disso, outros torneios menores são realizados, que servem como preparação para grandes eventos, assim como para manter os atletas da disciplina em forma. Sem dúvida, o tênis adaptado é uma opção maravilhosa para que as limitações físicas não afastem as pessoas do esporte que tanto amam.

  • Reglamento del tenis en silla de ruedas. Escuela Ecuatoriana Tenis en Ruedas. https://www.tenisenruedas.org.ec/index.php/widgetkit/reglamento-mundial-de-tenis
  • Tenis en silla de ruedas: normas de admisión. Escuela Ecuatoriana Tenis en Ruedas. https://www.tenisenruedas.org.ec/index.php/widgetkit/reglamento-mundial-de-tenis?showall=&start=1