Quais são as provas do heptatlo?

7 de abril de 2020
Existem sete provas no heptatlo, uma combinação de modalidades dos atletismo para atletas mulheres nos Jogos Olímpicos.

Primeiramente, devemos saber que o heptatlo é composto por sete provas, assim como o próprio nome indica (‘hepta’ significa ‘sete’). Trata-se de uma competição feminina, tanto olímpica quanto mundial. Vamos falar sobre ela no artigo a seguir.

Provas do heptatlo ao ar livre

A competição ocorre em dois dias consecutivos e todas as atletas devem cumprir todas as sete provas do heptatlo. Essa competição foi criada em 1980, mas a sua origem está nos Jogos Olímpicos de Tóquio de 1964.

O heptatlo também faz parte do programa de atletismo no Mundial da IAAF e inclui as seguintes provas (nesta ordem):

1. 100 metros com barreiras

Trata-se de uma corrida de velocidade na qual as competidoras devem superar barreiras de madeira e metal durante uma distância de 100 metrosÉ disputada apenas na modalidade feminina (no masculino, a prova é de 110 metros).

A altura das barreiras é de 84 centímetros. A primeira fica a 13 metros da largada e as restantes – nove – a 8,5 metros uma da outra. Ao final, há 10,5 metros livres até a chegada.

as provas do heptatlo

A primeira vez em que os 100 metros com barreiras foram disputados foi nos Jogos Olímpicos de 1972 em Munique, substituindo a prova de 80 metros que era disputada desde Los Angeles 1932. A melhor marca mundial é da americana Kendra Harrison, desde 2016.

2. Salto em altura

A segunda prova do heptatlo tem como objetivo saltar por cima de uma barra horizontal localizada em diferentes alturas entre duas hastes a quatro metros de distância. Quando essa altura é excedida, o saltador pode aumentar 3, 4, 5 e 6 centímetros. O importante é que a barra não caia em nenhum momento durante o salto.

O salto em altura feminino estreou como prova olímpica nos Jogos de Amsterdã em 1928. O recorde mundial é da búlgara Stefka Kostadinova, com 2,09 metros, desde 1987.

3. Arremesso de peso

O arremesso de peso é outra das provas do heptatlo e consiste em arremessar uma bola de aço tão longe quanto possível. Nas competições femininas, a bola pesa quatro quilos.

O recorde mundial para mulheres é da soviética Natalia Lisovskaya, que marcou 22,63 metros em 1987. Enquanto isso, a melhor marca olímpica foi para a alemã Ilona Slupianek, com 22,41 metros em Moscou, em 1980.

as provas do heptatlo

Imagem: alo.com.co

Outras arremessadoras de peso muito boas na sua época foram as alemãs Ruth Lange e Grete Heublein e as soviéticas Galina Zybina, Tamara Press e Nadezhda Chizhova.

4. 200 metros rasos

Esta é a prova que fecha o primeiro dia de competição no heptatlo feminino. Essa corrida de velocidade começa na curva da pista, de modo que as atletas não estão todas na mesma altura inicial.

As marcas masculinas nessa prova pertencem ao mesmo atleta – o jamaicano Usain Bolt. O mesmo acontece com as femininas, tanto olímpicas quanto mundiais, que pertencem à americana Florence Griffith Joyner. Ela levou 21,34 segundos para completar a prova em Seul, em 1988, e também no Mundial desse mesmo ano.

Outras excelentes velocistas são a americana Marion Jones, a holandesa Dafne Schieppers e as jamaicanas Marlene Ottey e Elaine Thompson.

Provas do heptatlo: segundo dia

As três provas a seguir completam o heptatlo ao ar livre no segundo dia de competição:

5. Salto em distância

Esta é uma prova que consiste em percorrer a maior distância horizontal a partir de um salto. Após uma corrida, o atleta salta a partir de uma linha marcada no chão e termina deixando as suas pegadas na areia.

A categoria feminina é disputada desde os Jogos Olímpicos de 1948, e a categoria masculina é conhecida como uma das que sobrevive até hoje desde os jogos da antiguidade.

O recorde mundial entre as mulheres pertence à soviética Galina Chistiakova (7,52 metros em Seul, 1988) e a olímpica é da americana Jackie Joyner-Kersee (7,40 metros no mesmo ano).

6. Lançamento de dardo

A segunda prova do heptatlo no segundo dia se baseia, como o próprio nome indica, no lançamento de um dardo, que é um bastão fino com uma ponta – baseado em armas pré-históricas – tão longe quanto possível.

Embora esteja presente desde os Jogos Olímpicos de Londres em 1908 para os homens, só foi aceito para as mulheres em Los Angeles, em 1932. O mundial de lançamento de dardo – masculino e feminino – é realizado desde Helsinque 1983.

as provas do heptatlo

O recorde mundial é da tcheca Barbora Spotakova (72,28 metros em 2008, e também uma medalha de ouro em Pequim 2008 e Londres 2012) e o olímpico é da cubana Osleidys Menéndez (71,53 metros em Atenas 2004).

7. 800 metros rasos

Esta é a última das provas do heptatlo. Trata-se de uma corrida de meio-fundo que, na modalidade feminina, é disputada desde Amsterdã 1928.

As melhores marcas nessa difícil prova de resistência são da tcheca Jarmila Kratochvilova (recorde mundial de 1:53.28 em 1983) e da soviética Nadezhda Olizarenko (recorde olímpico de 1:53.43 em Moscou, 1980).

Finalmente, devemos enfatizar que as maiores vencedoras de provas do heptatlo são a alemã Ramona Neubert, a americana Jackie Joyner-Kersee, a sueca Carolina Kluft, a belga Nafissatou Thiam e a britânica Jessica Ennis. Atreva-se a experimentar essa modalidade tão exigente!

  • Gavilanes, P. El heptatlón conjuga la fuerza física y lo mental. Octubre de 2019. El comercio https://www.elcomercio.com/deportes/heptatlon-conjuga-fuerza-fisica-mental.html
  • Garcia León, J. Yorgelis Rodríguez: heptatlón más alto. Mayo de 2018. Trabajadores de Cuba. http://www.trabajadores.cu/20180527/yorgelis-rodriguez-heptalon-mas-alto/