Campeonato Mundial de Endurance: o novo desafio de Fernando Alonso

30 de setembro de 2019
Após suas muitas consagrações na Fórmula 1, Fernando Alonso vem experimentando outras categorias do automobilismo. Uma delas é o WEC, do qual vamos falar a seguir.

Já longe da Fórmula 1, o astro espanhol do automobilismo Fernando Alonso se voltou para outra das categorias mais competitivas do mundo, o Campeonato Mundial de Endurance. Você sabe do que se trata? Vamos explicar a seguir.

É uma competição oficial organizada pela Federação Internacional de Automobilismo. Nela participam carros de escuderias com muita história, tais como BMW, Toyota, Aston Martin, Ford e Porsche, juntamente com outras emergentes como, por exemplo, Rebellion Racing, SMP Racing, Dragon Speed e MR Racing.

O famoso WEC (World Endurance Championship, na sigla em inglês) está na sua sétima edição. No entanto, a particularidade é que a de 2018 – 2019 foi a primeira que aconteceu em dois anos.

Campeonato Mundial de Endurance: em que consiste?

O Campeonato Mundial de Endurance consiste em quatro categorias, de acordo com as características dos veículos utilizados. Para a divisão, são considerados os cavalos de potência do motor, a capacidade do tanque de combustível e o peso do carro, bem como o nível dos pilotos. Assim, há quatro categorias:

  • LMGTE AM: 500 bhp, 900 – 1200 litros de combustível e 1245 kg, no mínimo. Deve haver 1 ou 2 pilotos nível bronze ou prata para cada equipe.
  • LMGTE PRO: igual à anterior, mas sem limitações em termos da categoria dos pilotos.
  • LMP2: 600 bhp, 75 litros de combustível e pelo menos 930 kg.
  • LMP1: +1000 bhp, 62,3 – 75 litros y 818 – 833 kg. Pilotos nível bronze não são permitidos.
Campeonato Mundial de Endurance: em que consiste

Imagem: Facebook WEC FIA .

Cada equipe é composta por 3 pilotos. As rodadas de classificação são feitas em duas séries de 20 minutos cada. Uma para os LMGTE e outra para os LMP. Outra particularidade tem a ver com o sistema de pontuação, que é diferente para as corridas de 6 horas, para as 1000 Milhas de Sebring e para as 24 horas de Le Mans.

A temporada 2018 – 2019 da categoria conta com 25 equipes e mais de 30 pilotos participantes. Além disso, há 8 provas, entre as quais as 24 horas de Le Mans 2018 e 2019.

24 horas de Le Mans

A famosa corrida de 24 horas de Le Mans faz parte do Campeonato Mundial de Endurance. Essa é uma prova de resistência que acontece no mês de junho de cada ano no Circuito de la Sarthe, na cidade francesa de Le Mans.

O mais especial dessa corrida é, precisamente, a sua duração e propósito. O piloto vencedor é aquele que tiver percorrido a maior distância nas 24 horas da competição.

Embora em épocas antigas as equipes fossem compostas por dois ou até mesmo um piloto, hoje em dia as medidas de segurança são mais rígidas. Assim, as equipes devem ser compostas por três pilotos. Nenhum deles pode dirigir durante mais de quatro horas consecutivas ou mais de catorze horas no total.

As 24 horas de Le Mans têm como objetivo testar a confiabilidade dos carros além de, é claro, a sua velocidade. Sem dúvida, é uma corrida única no mundo. Porsche (19 vitórias), Audi (13) e Ferrari (9) são as escuderias que mais venceram. Quanto aos pilotos, o dinamarquês Tom Kristensen é o maior vencedor, com 9 vitórias.

O desempenho de Fernando Alonso no WEC

Depois de deixar a Fórmula 1 no Grande Prêmio de Abu Dhabi em 2018, Alonso decidiu participar de corridas icônicas do automobilismo mundial. Foi assim que ele chegou ao Campeonato Mundial de Endurance, uma competição na qual os resultados não demoraram a chegar.

O desempenho de Fernando Alonso no WEC

Imagem: Facebook Fernando Alonso.

A bordo do seu Toyota, o asturiano se consagrou nas 1000 Milhas de Sebring em 2019. Além disso, ele também conseguiu levar as 6 horas de Spa Francorchamps, na Bélgica.

Antes disso, em janeiro do mesmo ano, ele havia terminado em primeiro nas 24 horas de Daytona. No entanto, ele não conseguiu se classificar para as 500 Milhas de Indianápolis, o que ainda é uma questão pendente.

De qualquer forma, já foi confirmado que o espanhol não fará parte da equipe para a temporada 2019-2020 do Campeonato Mundial de Endurance. Sua última corrida foi em Le Mans, em junho. Seu lugar será ocupado por Brendon Hartley, ex-piloto da F1. No momento, pouco se sabe do futuro de Fernando Alonso.

  • World Endurance Championship. FIA Sitio Oficial. Disponible en: https://www.fiawec.com/en/regulations/31
  • VÍDEO: Toyota se despide de Alonso, que deja el WEC tras Le Mans. Auto Bild. https://www.autobild.es/noticias/video-toyota-alonso-wec-mans-429907